Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
09 Out, 2019 - 13:15

10 hábitos de vida saudável que todos devemos adoptar

Teresa Campos

Nunca é de mais destacar os hábitos de vida saudável que todos devemos ter. Tome nota e comece já hoje a mudar a sua vida para muito melhor.

manter uma vida saudável

Para aproveitar o dia a dia, é importante apostar em hábitos de vida saudável capazes de tornar os nossos dias melhores e o nosso quotidiano mais equilibrado. Comer bem e praticar desporto são hábitos de vida saudável essenciais, mas não são os únicos.

Evitar o stress, dormir bem e ter uma boa auto-estima também são medidas indispensáveis para um estilo de vida positivo, mais saudável e otimista. Fique a conhecer os “segredos” para um dia a dia mais feliz.

10 hábitos de vida saudável para toda a família

habitações saudáveis para a família
Qualquer idade é boa para adoptar hábitos de vida saudáveis

1. Comer bem e de forma equilibrada

Evite alimentos ricos em gorduras saturadas, sódio e açúcares que podem causar doenças como enfarte, derrames, hipertensão, obesidade, diabetes e cancro.

Aposte em oleaginosas (nozes, castanhas, avelãs e amêndoas) que reduzem o risco de problemas cardíacos e ajudam a uma vida saudável.

2. Dormir bem

Uma boa noite de sono pode mesmo ser o segredo para a longevidade. Os estudos indicam que quem sofre de insónia corre mais riscos de morrer prematuramente. No geral, o sugerido são cerca de 7 horas e meia de sono por dia.

3. Praticar atividade física

Os benefícios da atividade física para a saúde do organismo são vários. Desde logo, evitar doenças como obesidade, hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes e hipertensão.

A prática desportiva pode ser, simplesmente, a realização de caminhadas, as quais beneficiam, além do corpo, a própria mente e a atividade cerebral.

Quem tem uma atividade profissional que obriga a estar muitas horas sentado, deve procurar fazer intervalos mais regulares e exercícios de alongamentos, já que o simples facto de estar sentado muitas horas contribui para o aumento do colesterol e da pressão arterial.

4. Controlar o peso

Comer bem e praticar desporto são dois passos importantes para manter o peso ideal.

Escusado será dizer, que ter o peso certo previne um sem número de doenças (obesidade, diabetes, derrame, hipertensão, apneia e cancro), além de contribuir para hábitos de vida saudável e de melhorar e a autoestima.

5. Evitar o stress

O stress é capaz de provocar o aparecimento de doenças psico-fisiológicas. Portanto, há que controlá-lo ao máximo. Procure ter uma vida tranquila, com hábitos saudáveis e faça exercícios de relaxamento com frequência.

Yoga no trabalho: 5 posições para melhorar a sua saúde
Não perca Yoga no trabalho: 5 posições para melhorar a sua saúde

6. Ter boa disposição

A investigação evidencia que quem tem sentido de humor e é otimista vê o seu risco de morte diminuir até duas vezes. Conviver, divertir-se e conversar são algumas das atividades que potenciam a auto-estima e o bem estar interior.

7. Deixar de fumar

Não só os fumadores ativos, como também os passivos estão sujeitos a uma série de doenças e problemas de saúde, tais como cancros de pulmão, de boca e doenças cardiovasculares.

Por essa razão, deixar este e outros vícios é o primeiro passo para adquirir hábitos saudáveis e melhorar a sua qualidade de vida.

8. Trabalhar a auto-estima

Uma auto-estima sólida é um dos passos para encarar o dia a dia com mais confiança, motivação e alegria. Por isso, há que apostar no amor próprio e em coisas que o façam sentir bem.

9. Dosear a tecnologia

O excesso de tecnologia é responsável por vários problemas comportamentais, nomeadamente pelas insónias ou pelas dificuldades em adormecer.

Por essa razão, os especialistas aconselham a que, antes de se ir deitar, não faça uso da televisão, computador ou telemóvel. Além disso, a importância em desconectar-se é crescente e cada vez mais recomendada, até para evitar o stress.

10. Relaxar

São cada vez mais as modalidades que permitem a meditação e a boa notícia é que elas podem ser postas em prática individualmente, em qualquer lugar e em qualquer altura.

O ioga é apenas um exemplo de uma panóplia de práticas de relaxamento (muitas de origem asiática) que são capazes de fazer reduzir o stress do dia a dia.

Veja também