ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Assunção Duarte
Assunção Duarte
25 Jan, 2021 - 12:50

Saiba como higienizar o cão depois do passeio

Assunção Duarte

Em tempos de pandemia, higienizar o cão depois do passeio não pode ser como dantes. É preciso deixar o vírus lá fora depois de cada ida à rua.

Dicas para higienizar o cão depois do passeio

Higienizar o cão depois do passeio é essencial para manter a sua casa segura e livre da Covid 19. Sabemos que este vírus pode permanecer algum tempo no solo e em diferentes tipos de superfícies no exterior, quer faça sol ou chuva, e que pode ser transportado para o interior pelos nossos sapatos, roupa e também pelo nosso cão. 

Se é importante ter cuidado com a roupa e sapatos que usamos na rua, separando-os num espaço próprio e lavando-os logo que possível, é igualmente importante ter cuidado com o nosso cão quando ele vem do exterior. O risco é ele pisar, cheirar e roçar o corpo em superfícies contaminadas, trazendo secreções ou partículas virais no pelo que pode espalhar pela casa, pondo em risco a saúde de todos os que lá vivem.

Higienizar o cão depois do passeio: cuidados durante o passeio

Mesmo sabendo que tem de limpar o seu cão sempre que chegar a casa, não deixa de ser importante minimizar o risco dele trazer contaminação consigo. O primeiro passo é alterar a forma como o passeia. Reduza as vezes que vai lá fora às estritamente necessárias, limite o tempo que passa no exterior e escolha, sempre que possível, os momentos em que há menos fluxo de pessoas a passear.

Mantenha-o com a trela para poder controlar o que faz e evite que ele brinque com outros cães, que se esfregue no chão e que outras pessoas lhe façam festas. Para já, qualquer convívio habitual que tivesse o hábito de fazer com outros donos e cães da vizinhança deve ser evitado. 

E, se o seu cão for dos que não se importa de ser vestido com capas e mesmo com botas para as patas, utilize essa vantagem a seu favor. Pode arranjar-lhe mudas de roupa alternativas que deve tratar como trata a sua roupa que vem da rua. Deve despir a roupa do cão logo que entra em casa. Se a for reutilizar, deve mantê-la em local isolado e fora de contacto com pessoas da casa ou outros animais de estimação. Deve lavá-la regularmente.

Cuidados ao chegar a casa

Sempre que regressar a casa de um passeio na rua, deve higienizar o seu cão.  O ideal era que ele pudesse tomar banho todos os dias ou pelos menos lavar as patas com água e sabão antes de entrar em casa. Tomar banho todos os dias já sabemos que é prejudicial para a saúde do seu cão, mas se não houver contraindicações do seu veterinário, deve dar-lhe um banho todas as semanas enquanto durar a pandemia. 

Entre cada banho tem no entanto de o higienizar depois de todas as idas à rua. A forma como o faz vai depender do passeio que o cão deu. Pense no que ele fez na rua durante o passeio e, de acordo com o que aconteceu, decida se ele precisa de uma higienização rápida, de uma higienização mais profunda ou se é a altura certa para lhe dar o banho semanal.

Higienização rápida

A higienização rápida pode ser feita utilizando toalhetes de limpeza próprios para cão ou uma toalha limpa, humedecida com o champô habitual do seu cão ou com sabão neutro. Lembre-se que nem um nem outro são desinfectantes pelo que deve demorar no processo de limpeza tal como o faz quando lava as mãos com sabão. Mais tempo de lavagem, menos vírus. Nunca use álcool, álcool gel, lixívia ou outros produtos de desinfecção, ainda que diluídos. Vão fazer mal à pele do seu cão e ele pode ingeri-los ao lamber as zonas onde foram aplicados.

A higienização rápida é indicada para cães que gostam de andar vestidos, que não têm pelo comprido e não têm o hábito de se esfregar no chão ou nas paredes quando cheiram as redondezas. Também pode ser a melhor opção para os cães mais altos, cuja barriga não toca a erva, e para os que vão à rua em locais onde pouca gente circulou. 

Como fazer?

Crie uma zona de descontaminação à entra de casa ou leve-o para um local que depois possa facilmente higienizar como uma banheira ou varanda de azulejo. Use os toalhetes ou os panos húmidos e ensaboados para passar suavemente e várias vezes nas zonas a limpar que estiveram mais expostas no passeio: patas até ao cotovelo, focinho, barriga, orelhas e cauda (se forem de pelo comprido). 

Se possível, utilize água morna e deve fazê-lo com lentidão, molhando pouco a pouco, para conseguir uma maior cooperação. Deve utilizar um toalhete ou um pano diferente para cada zona a lavar. Assim não estará a passar nenhuma contaminação de uma zona para a outra. Tenha especial atenção às almofadas das patinhas, ao espaço entre os dedos e às unhas. No final deite fora os toalhetes, coloque os panos para lavar e higienize bem as suas mãos.

raças de cães para ter num apartamento
Não perca Cães para apartamento: 8 raças ideais para a sua casa

Higienização profunda

O seu cão é felpudo e encosta-se a tudo na rua. Alguns vizinhos não resistiram a fazer-lhe uma festinha nas costas quando você estava distraído e não conseguiu evitar que ele desse uma corridinha com outro cão, acabando os dois a rebolar no chão? Se não quiser dar-lhe banho porque tomou o último há muito pouco tempo, pense num meio banho, dentro de uma bacia de água colocada à entrada de casa ou mesmo na banheira.

Como fazer?

Basta encher a bacia ou a banheira com água, preferencialmente morna, em quantidade suficiente para cobrir as patas. Depois utilize vários panos ensaboados com o seu champô habitual ou sabão neutro, passando-os lentamente pelas patas até ao cotovelo, focinho, barriga, orelhas, cauda e lombo. 

É quase um banho, mas sem o stress do chuveiro e da água a correr e utilizando menos champô. Trata-se mais de uma sessão de festas, mas molhadas.  Lembre-se de lhe secar o corpo muito bem antes de o deixar andar pela casa e de separar os panos que utilizou para serem lavados. Higienize as suas mãos e o local onde o lavou.

Mulher a higienizar cão

Higienizar o seu cão depois do passeio: truques para ele aderir

É essencial que o tutor adopte uma postura de calma e paciência durante o processo de higienização. Não tente despachar a limpeza. Um tempo de limpeza mais demorado ajuda a eliminar este vírus e é necessário não perder a paciência se ele não cooperar. 

Tente brincar com ele durante o processo. Fale com ele e diga-lhe palavras encorajadoras com um tom que ele possa reconhecer como positivo. Utilize algum brinquedo para o manter distraído ou deixe-o brincar com a água se for apreciador.

Nunca se esqueça de o premiar quando a higienização acaba. Ou com mais brincadeira, que pode incluir corridas pela casa, ou com uma recompensa de comida que ele goste muito. Como vai ter de repetir a experiência pelo menos uma ou duas vezes por dia, mesmo o mais avesso às limpezas vai acabar por associar as sessões de higienização a algo muito positivo e terá mais paciência para se deixar limpar das próximas vezes.

Veja também