Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
13 Jul, 2020 - 10:22

O que fazer em caso de insolação e como evitá-la?

Teresa Campos

Com a chegada do verão, as temperaturas sobem e a exposição solar é maior. Neste contexto, faz sentido falar em insolação. Sabe o que é?

mulher com insolação

Em traços gerais, a insolação acontece quando o corpo é sujeito, durante longos períodos de tempo, a temperaturas elevadas. Para isso não é preciso estar na praia. Basta que esteja exposto ao sol ou a altas temperaturas, seja numa esplanada, piscina, parque ou outro local. Fique a perceber melhor este problema e, sobretudo, os seus riscos.

Insolação: tudo o que precisa de saber

A insolação carateriza-se, então, por um sobreaquecimento do corpo, o qual pode chegar aos 38ºC/40ºC. Embora esteja, habitualmente, relacionada com a exposição prolongada ao sol e às altas temperaturas, a insolação também pode ser causada pela prática de exercício físico intenso; uso de roupa demasiado quente e desadequada à estação; desidratação; e/ou consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

É importante sublinhar que, se não for combatida de imediato, a insolação pode causar danos em órgãos vitais e conduzir mesmo à morte (caso do “golpe de calor” em que a temperatura corporal ultrapassa os 40ºC).

Fatores de risco

Há pessoas mais vulneráveis a este problema, devido à sua idade e condição de saúde.

As crianças e os idosos estão mais sujeitos a esta desregulação da temperatura corporal, pois a sua capacidade de gerir o calor não é idêntica à de um adulto. Além disso, os mais novos, assim como os mais velhos, apresentam mais dificuldades em manterem-se devidamente hidratados.

Há, ainda, doenças que tornam a pessoa mais suscetível a este problema, como é o caso, por exemplo, da diabetes, da obesidade e das doenças pulmonares, cardíacas ou renais.

Existem também medicamentos que podem afetar a capacidade de hidratação e de resposta ao calor do indivíduo.

mulher com calor

Sintomas de insolação

Além da temperatura corporal entre os 38ºC e os 40ºC, existem outros sinais que podem evidenciar que está a sofrer uma insolação, nomeadamente:

  • Queimaduras solares;
  • Urina mais escura;
  • Pele corada;
  • Respiração rápida e ofegante;
  • Alterações no processo de transpiração;
  • Dor de cabeça;
  • Alteração do estado mental (confusão, agitação, discurso incoerente, irritabilidade, delírio, convulsões);
  • Fraqueza muscular e cãibras;
  • Tonturas;
  • Palpitações;
  • Náuseas e vómitos.

O que fazer

Em caso de insolação, é importante ser observado por um médico. Porém, enquanto tal não for possível, há algumas medidas que deve adotar, tais como:

  • Beber água (não muito fria) abundantemente e/ou bebidas desportivas;
  • Deslocar-se para uma zona mais fresca, ou seja, com uma temperatura mais baixa;
  • Vestir uma roupa mais leve e folgada;
  • Tentar baixar a temperatura corporal tomando um banho de água fresca; usando uma toalha embebida em água fria; aplicando gelo envolto em panos e/ou recorrendo a uma ventoinha, procurando refrescar zonas chave do corpo como a testa, o pescoço, as axilas e as virilhas.
Queimaduras solares: perigos e tratamentos
Veja também Queimaduras solares: perigos e tratamentos

Como prevenir

Naturalmente que a insolação deve ser prevenida ao máximo, tendo em conta todos os riscos para a saúde que ela comporta. Para isso, há algumas recomendações a ter em conta:

  • evitar a exposição solar entre as 11h e as 17h, optando pelas sombras e não por uma exposição demasiado direta ao sol;
  • aplicar protetor solar sempre que sair de casa;
  • preferir roupa leve e confortável, incluindo chapéu e óculos de sol;
  • manter-se hidratado, bebendo cerca de 1,5 L de água por dia e evitando refrigerantes e álcool;
  • não praticar atividades físicas nas horas de mais calor e que obriguem a uma exposição prolongada ao calor.

A mensagem final é para que se proteja e, havendo suspeitas de insolação, não deixe de consultar um médico, mesmo que melhore e consiga baixar a temperatura corporal.

Nunca se esqueça que a insolação não acontece só a quem está deitado numa toalha na praia. Portanto, não facilite e siga os conselhos úteis que lhe deixámos.

Veja também