ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Catarina Reis
Catarina Reis
14 Dez, 2021 - 08:55

Jovens empreendedores: dicas para o sucesso

Catarina Reis

Revê-se no empreendedorismo? Estas são as nossas dicas para jovens empreendedores.

jovens empreendedores

Cada vez existem mais jovens empreendedores, empenhados em fazer a diferença no mercado de trabalho e em criarem um melhor futuro para si próprios.

Um ato de empreendedorismo é o que acontece quando um profissional (geralmente por conta própria) está determinado a encontrar soluções para problemas de forma criativa. Ser um bom empreendedor significa tentar encontrar sempre novas oportunidades, mesmo quando elas parecem não existir, e colocar em prática os ideais e sonhos pessoais.

O termo empreendedorismo aplica-se na criação de novos negócios, mas não só: pode estar relacionado também com a capacidade de encontrar novas soluções em empresas já estabelecidas.

O que define um jovem empreendedor?

Seja pelo desafio ou pela vontade de querer criar um negócio próprio, a verdade é que, independentemente, das razões que motivam os jovens empreendedores existem características comuns. Veja algumas.

dicas de jovens empreendedores
1

Acredita até ao fim

Todos os jovens empreendedores são pessoas com grandes níveis de confiança e determinação e, acima de tudo, gostam e acreditam nos seus projetos. Razões que lhes permitem manter-se motivados e serem grandes “vendedores” das suas ideias.

2

É criativo, toma iniciativa e age

Esta característica fundamenta a própria definição de empreendedorismo. Falar de jovens empreendedores é falar de pessoas atentas ao mundo que os rodeia e em busca de novas oportunidades de negócios. Ser empreendedor é o oposto do ser empregado subordinado. Um bom empreendedor não fica à espera que lhe digam o que fazer – ele próprio segue as suas ideias, baseado na intuição ou no conhecimento.

3

Capacidade de liderança

Apesar de quererem criar o seu próprio negócio, estes jovens empreendedores não querem chefiar, mas sim liderar. Constroem as suas equipas de trabalho e valorizam os seus conhecimentos, mantendo a coesão do grupo em torno do projeto.

4

Não esmorece com os insucessos

Sabem à partida que não vai ser fácil, mas isso não os impede. Dedicam-se a 100% ao seu negócio, focam-se no seu grande objetivo e não têm medo de correr riscos. Para os jovens empreendedores, as dificuldades são etapas do caminho que escolheram e por isso fazem parte do desafio. E se não conseguirem à primeira, levantam a cabeça e tentam novamente.

5

Constrói e investe continuamente na sua rede de contactos

Ser empreendedor implica necessariamente ter uma forte rede de relações e parcerias profissionais forte. Regra geral, uma das primeiras coisas que qualquer empreendedor aprende é que sozinho dificilmente não vai a lado nenhum. Para conseguir manter uma rede de contactos forte precisa de ser um bom vendedor – é fundamental fazer com que as pessoas em seu redor acreditem no seu projeto.

Dicas para jovens empreendedores

Para quem tem um projeto inovador no qual acredita, o pior que pode acontecer é deixá-lo na gaveta ou cair no esquecimento. Antes de cometer esse erro, veja algumas dicas que o podem ajudar na execução do seu projeto.

Ser paciente e resiliente

Muitas vezes demora muito tempo até ser recompensado financeiramente. Um empreendedor normalmente precisa investir, especialmente nos primeiros tempos, pagando muitas vezes a terceiros sem não ter retorno para si. Leva tempo e dá trabalho construir um projeto com bases sólidas, e que se torne lucrativo.

Criar uma equipa sólida

Para desenvolver o seu projeto vai precisar de estar rodeado de uma boa equipa, constituída por pessoas que acreditem no projeto e tenham algo a acrescentar à sua ideia.

Faça um bom plano financeiro

Tente ter objetivos claros na sua cabeça. Anote as metas a alcançar, e trace planos para alcançar cada uma. Junte tudo isso e organize-se de modo a construir um bom plano financeiro, sempre com a obtenção de lucro em mente.

Defina o público-alvo do seu projeto

Para poder vender o seu produto/serviço precisa de saber quem poderá estar interessado nele. Antes de sair para a rua para encontrar clientes, defina o seu público-alvo. Desta forma vai poder ajustar a sua oferta às necessidades dos seus potenciais clientes.

Enfrente o fracasso como uma oportunidade

O “não” é sempre uma possibilidade (senão mesmo uma certeza), mas não encare as respostas negativas como um falhanço sem volta a dar. Pense que todos os “nãos” (e provavelmente vão ser muitos) que ouvir, vão ajudá-lo a perceber onde está a errar e o que deve melhorar. O fracasso deve ser um processo de aprendizagem e não uma derrota.

Que apoios existem em Portugal para jovens empreendedores?

Existem vários, só precisa de saber onde os encontrar. Mas isso é fácil. Atualmente os projetos empreendedores são valorizados e estimulados; e são vários os apoios financeiros disponibilizados. 

Apoios IEFP:

Outros apoios:

  • Portugal 2020 – candidaturas a fundos estruturais da União Europeia;
  • Programa Finicia – iniciativa do IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento);
  • Microcrédito: obtenha financiamento até 15 mil euros sem ter rendimentos ou garantias. Consulte a Associação Nacional de Direito ao Crédito (ANDC);
  • Cidade das Profissões;
  • Vendus – um apoio ao empreendedorismo que disponibiliza a utilização gratuita durante 3 meses do software de faturação online Vendus;
  • Crédito Bancário;
  • Capital de Risco;
  • Business Angels;
  • Crowdfunding.

Se tem um projeto inovador, não tenha medo e arrisque. A sua ideia pode colocá-lo no caminho certo para o sucesso.

Veja também