Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Bárbara do Carmo
Bárbara do Carmo
03 Set, 2019 - 15:44

La Paz: 3 dias na capital mais alta do mundo

Bárbara do Carmo

Chegar a La Paz, na Bolívia, é um choque cultural. Dois milhões de habitantes, trânsito caótico e uma paisagem infinita a mais de 4 mil metros de altitude.

La Paz: 3 dias na capital mais alta do mundo

Visitar La Paz marca, normalmente, o início de um tour pela Bolívia, ou término de uma viagem pelo Peru, vindo do Lago Titicaca.

A verdade é que La Paz é uma cidade capaz de surpreender pela sua história muito presente nas ruas e pelas tradições ancestrais que ainda fazem parte do quotidiano.

La Paz: passado austero no topo do mundo

la paz

O centro histórico da capital boliviana, é uma mistura entre a pobreza e o passado austero, com casarões parcialmente desfeitos a comporem as ruas. Comece a sua visita pela Plaza San Francisco, vá sem pressas, primeiro porque a altitude pode dar cabo de si, e depois para conseguir aperceber-se da dinâmica da cidade.

Por entre as ruas do centro histórico visite o Mercado das Brujas, onde pode encontrar todo o tipo de amuletos que lhe prometem trazer muita sorte em todas as áreas da sua vida. Aproveite este passeio pelo centro para beber um café na Calle Jaén, e para recuperar o fôlego.

Outro passeio imperdível é andar de teleférico. Na verdade La Paz está ligada por linhas de teleférico, capazes de o levar a todos os pontos da cidade. É uma excelente oportunidade para estar perto da realidade dos bolivianos, uma vez que este é o meio de transporte mais usado na capital, e para perceber a real dimensão da cidade. Para vistas panorâmicas, o Miradouro Killi Killi é também um bom ponto de passagem para tirar umas fotografias. 

Passear calmamente pelo centro de La Paz é uma boa opção para o primeiro dia, enquanto se vai habituando à altitude. Deixe para os dias seguintes os passeios que pode fazer aos arredores da cidade.

la paz

Valle de la Luna e Chacaltaya

O Valle de la Luna é uma formação rochosa que se assemelha ao solo lunar e vale a pena se decidir ir um dia visitar a antiga estância de sky, no Pico Chacaltaya. Este pico está a mais de 5400 metros de altitude e as vistas são deslumbrantes.

Este é um passeio que vale a pena se está de passagem por La Paz.

Estrada da Morte

É talvez um dos roteiros mais conhecidos dos turistas que visitam a Bolívia, a estrada mais perigosa do mundo. Esta aventura é para os mais resistentes. Há várias agências que fazem descidas de bicicleta pela Estrada da Morte. Contrate a que lhe inspirar mais confiança. 

Visitar a capital boliviana, pode não ser um dos seus destinos de sonho, mas se algum dia calhar encontrar-se com La Paz no seu roteiro, mantenha a mente aberta e deixe-se surpreender.

la paz

Como ir?
A Iberia e a Air Europa, são algumas das companhias que ligam Porto e Lisboa a La Paz, com voos a começar nos 800€ por pessoa. Caso já esteja na América do Sul, do Peru, por exemplo, tem autocarros que o levam de Copacabana, junto ao Titicaca, até La Paz. 

Onde comer?
Visitar a América do Sul é provar comida de rua, tendo consciência do que isso pode causar. Em La Paz, não arrisque muito, peça recomendações. Se procurar algo especial, visite o Gusto, um restaurante que já esteja na lista dos melhores restaurantes do continente. E deixe-se surpreender pelos sabores típicos com um toque de modernidade. 

Onde ficar?
Os preços são bastante baixo quando comparados com outros países da América do Sul, mas as condições também ficam abaixo dos padrões. Por isso escolha hotéis superiores, pois por cerca de 70€, 80€ por noite pode ficar num local de topo e ter a certeza que vai estar confortável. O hotel El Consulado, no centro pode ser uma boa opção. Ou então escolha em airbnb, a oferta é vasta e bastante acessível.

Veja também: