Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
12 Set, 2022 - 14:24

Mégane E-Tech Elétrico: a nova revolução da Renault

Valdemar Jorge

O Mégane E-Tech 100% Elétrico já está nos concessionários da Renault. Conheça o modelo que revoluciona o paradigma da marca francesa.

Novo Mégane E-Tech Elétrico

Com uma experiência de mais de 10 anos no segmento dos veículos elétricos a Renault colocou, recentemente, em Portugal o novíssimo Mégane E-Tech 100% Elétrico (é assim a designação oficial do novo modelo).

Sem dúvida uma das novidades mais aguardadas do ano após o anúncio, em setembro de 2021, da versão de produção no IAA, em Munique, enquanto as vendas na Europa começaram em fevereiro deste ano.

O modelo, que registou mais de 25 mil intenções de compra aquando da sua revelação, na Europa, cruza o design do concept Mégane eVision, revelado em outubro de 2020, com as linhas de um segundo protótipo – Morphoz – revelado em junho de 2021.

O facto é que o Mégane E-Tech 100% Elétrico tem uma nova linguagem de estilo muito marcada pelo design das ópticas e dos farolins, dos quais partem as linhas de força deste SUV que se estreia no segmento C.

Assenta na plataforma CMF-EV e a comercialização arranca, precisamente, este mês de setembro.

Mégane E-Tech: a Renault na frente da revolução

“Tirar partido do passado, no presente… rumo ao futuro!”. Segundo a marca francesa esta frase poderia ser o leitmotiv que inspirou o “nascimento do Mégane E-Tech 100% Elétrico” que chegou aos concessionários nacionais.

“Na Europa, um em cada cinco veículos elétricos é vendido pela Renault, enquanto 10 mil milhões de ‘e-quilómetros’ já foram percorridos por 400.000 veículos elétricos da marca”, sustenta a marca francesa.

Números mais que suficientes para garantir que o Mégane E-Tech 100% Elétrico é um veículo com potencial e antecipa as próximas gerações dos modelos franceses que darão continuidade ao plano “Renaultion”.

De uma assentada, a Renault apresenta no segmento C um automóvel que rompe com o atual paradigma. Apresenta-se com motorização 100% elétrica revoluciona no design e filosofia. Uma curiosidade é que habitará, comercialmente, com os “irmãos” Mégane com motores de combustão.

Otimizar os 26 anos de história Mégane

Ao herdar 26 anos de história das várias gerações Mégane (a atual é a quarta), o Mégane E-Tech 100% Elétrico mantém, segundo a marca, o prazer de condução, design tecnologia, conforto e habitabilidade. Elementos que contribuíram para o sucesso do modelo.

Mas, acima de tudo, reforça-os pois “um automóvel elétrico também pode ser sinónimo de emoção ao volante, mas com todas as vantagens associadas à mobilidade elétrica, seja nos custos de utilização, como na relação amiga com o ambiente”, sustenta a Renault.

Mégane Elétrico
O novo Mégane E-Tech Elétrico tem uma autonomia assinalável

Mégane E-Tech: exterior apelativo

Sem dúvida que ao observar o Mégane E-Tech 100% Elétrico rapidamente se percebe que o modelo emana charme. É inovador nas linhas de força, sendo único no formato: ar de SUV que cruza elementos com linha de cintura elevada e rodas de generosa dimensão (até 20 polegadas).

Não é um coupé, mas apresenta linha de tejadilho descendente, vias largas e puxadores das portas táteis de série. Elementos que remetem para o universo de automóveis com caráter mais desportivo.

É pois com este cruzar de estilos que o Mégane E-Tech 100% Elétrico quer marcar a diferença num segmento C povoado por muitas e interessantes propostas.

A utilização da plataforma CMF-EV acrescenta um habitáculo espaçoso e funcional, bem como a particularidade de receber as baterias no piso, entre eixos. O que acaba por jogar a favor da distribuição de peso do veículo.

Magia exterior chega ao habitáculo

A animação exterior das luzes dianteiras e traseiras e a projeção do novo logotipo Renault no chão, preparam a receção do utilizador. A estas boas-vindas a “magia” continua depois no habitáculo. O mesmo logo e nome da marca aparecem no ecrã OpenR, enquanto surge a iluminação ambiente e os altifalantes reproduzem o novo som da assinatura Renault. É esta a arte de bem receber do novo Mégane E-Tech 100 % Elétrico.

O tablier apresenta estilo moderno, com o volante ligeiramente achatado, e com comandos que permitem operar as principais  funções da viatura. O botão Multi-Sense (colocado do lado direito) dá acesso aos vários modos de condução – Eco, Conforto, Desporto e Perso.

Atrás do volante está o painel de instrumentos digital – ecrã de 12 polegadas –, com possibilidade de adoção de diversos modos de visualização.

Ao meio do tablier (por cima da consola central) um segundo ecrã de 12,3 polegadas colocado em posição vertical dá acesso ao sistema multimédia OpenR Link com sistema operativo Android Automotive OS, desenvolvido pela Google.

De destacar que a Renault é a primeira marca generalista a recorrer a esta tecnologia que permite acesso ao “mundo” Google Maps ou ao Assistente de Voz da Google.

No entanto, a marca francesa continua a disponibilizar a sincronização de smartphone com as conhecidas funções Android Auto e Apple CarPlay.

Interior espaçoso e acolhedor

O moderno habitáculo apresenta materiais e acabamentos de nível Premium. A modernidade e inovação estão ao serviço do conforto do condutor e dos passageiros, num amplo espaço que reivindica a melhor relação comprimento/habitabilidade da categoria.

O Mégane E-Tech 100 % Elétrico mede, 4,9 metros de comprimento, 1,50 metros de altura e 1,77 metros de largura, com distância entre eixos de 2,69 metros. Números que são referência no segmento C.

Mais espaço para as pernas atrás (20,9 cm) do que numa clássica berlina compacta, 33,1 litros de espaço de arrumação a bordo, assento 6 cm mais alto para facilitar o acesso e bagageira com 440 litros, onde existe espaço específico para arrumar os cabos de carregamento, são outras das características deste modelo.

Duas motorizações para o Mégane E-Tech

O Mégane E-Tech 100 % Elétrico é comercializado com dois motores que são combinados com duas capacidades de bateria de iões de lítio NMC (Níquel, Manganês, Cobalto), de 40 e 60 kWh.

O reduzido formato da bateria (a mais fina do mercado com apenas 110 mm) e a elevada capacidade (de 40 kW ou 60 kW) proporcionam excelente autonomia, sem reduzir o espaço interior ou o volume da bagageira (440 litros ou 1332 litros com o banco rebatido).

A bateria de 60 kW garante viagens até aos 450 km (segundo a norma WLTP) ou 300 km de condução em autoestrada, enquanto a de 40 kW oferece uma autonomia real de até 300 km (segundo a norma WLTP).

Isto significa que, em condições normais, e em ambos os casos, uma carga por semana é suficiente para percorrer a grande maioria dos trajetos, não sendo necessário proceder a carregamentos diários.

Para tornar a condução mais fácil, o Mégane E-Tech 100 % Elétrico disponibiliza quatro níveis de retenção, os quais podem ser escolhidos pelo condutor nas patilhas que se encontram no volante. Selecionando o nível mais elevado, a condução pode ser feita utilizando só o pedal do acelerador.

No que confere a carregamentos, a nova proposta francesa, apresenta múltiplas opções: tomadas domésticas até 3,7 kW, Wallbox de 7,4 kW, postos públicos até 22 kW (trifásica) e de até 130 kW – carga rápida na autoestrada que possibilita 300 km de autonomia em cerca de 30 minutos.

Renault 5
Veja também Renault 5: um clássico absoluto que regressará como elétrico

Segurança: 5 estrelas EuroNCAP

O Mégane E-Tech 100 % Elétrico já passou pelo crivo do EuroNCAP. O ‘crash-test’ do modelo foi realizado segundo as normas aprovadas para 2022 e o resultado foi cinco estrelas., com o valor a atestar a segurança dos ocupantes adultos (86%) e proteção de crianças (88%). O resultado obtido refere ainda uma pontuação de 79% no que diz respeito às ajudas à condução.

É precisamente neste capítulo que este automóvel se destaca ao disponibilizar 26 sistemas de apoio e auxílio à condução.

Parceria Google, insonorização e som

Com o objetivo de tornar o Mégane E-Tech 100 % Elétrico único no seu segmento a Renault apostou na conetividade. Este é o forte argumento que tem no sistema multimédia OpenR Link o ponto de partida.

Trata-se de um conceito que junta capacidades na área da gestão da bateria com a possibilidade de operar em conjunto com o universo Google, nomeadamente o Google Assistant, Google Maps ou mesmo o Google Play. Para que a experiência de utilização seja mais agradável é permitida ligação à conta pessoal no Google.

Outro pormenor que emana da presença no habitáculo do novo Mégane elétrico é o silêncio. Na construção do modelo a marca francesa utilizou espuma para isolar a plataforma da bateria. Esta solução, além de servir como proteção da bateria, reforça o isolamento sonoro para o habitáculo.

Nota ainda para o sistema de som montado no Mégane E-Tech 100 % Elétrico e que tem assinatura da prestigiada marca Harman Kardon.

O modelo recebe um sistema de som com 9 canais de áudio, mais subwoofer, colocado na zona da bagageira. Ao todo a potência anunciada é de 410W de som de alta qualidade.

Equipamentos e preços

O Mégane E-Tech 100 % Elétrico  é comercializado em três níveis de equipamento – Equilibre, Techo e Iconic – de forma a responder às necessidades dos compradores.

Os modelos diferenciam-se no design exterior e interior, quantidade e qualidade dos equipamentos, material dos assentos e jantes.

Ao todo são dez os “packs” opcionais, diferentes, que possibilitam a personalização do modelo:

  • pack advanced driving assist
  • pack city
  • pack augmented vision
  • pack comfort
  • pack winter comfort
  • pack winter performance
  • pack navegation
  • pack infotainment
  • pack remote services
  • pack connect.

Cinzento Rafale, Branco Glaciar, Cinzento Schiste, Azul Noturno, Vermelho Flamme e Preto Estrela são as cores disponíveis para a carroçaria, que podem ser combinadas (para personalização) com as cores do tejadilho, pilares e estruturas dos retrovisores exteriores, nas cores Cinzento Xisto, Preto Estrela e Branco Glaciar. São possíveis 30 combinações diferentes.

Quanto a preços, o Renault Mégane E-Tech 100% Elétrico está disponível a partir dos 35.200€, quando equipado com a bateria de 40kWh e o e-motor de 130cv e, a partir de 40.200€, com a bateria de 60kWh de capacidade e motor de 218 cavalos.

Veja também