Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ekonomista
Ekonomista
04 Out, 2019 - 10:10

10 melhores Opel de sempre

Ekonomista

A história desta marca de automóveis alemã está pautada por modelos icónicos. Descubra agora os melhores Opel de sempre.

Opel Astra

Apesar de ter sido criada em 1863, a Opel apenas criou o seu primeiro automóvel em 1899, e desde então fez alguns modelos de renome, que marcaram a indústria automóvel por várias razões. Apesar de ser difícil eleger os melhores Opel de sempre, e de se tratar de uma escolha com critérios subjetivos, decidimos arriscar e avançar com alguns modelos.

Adam Opel mudou para sempre a história do mundo automóvel em 1862, na cidade alemã de Rüsselsheim. Desde então, alguns dos melhores Opel de sempre têm feito parte da vida de milhões de pessoas em todo o mundo.

Estes são alguns dos veículos que marcaram o universo das quatro rodas e que ficarão para sempre na memória dos apaixonados pelas quatro rodas. Prepare-se para uma viagem ao volante de alguns dos modelos mais icónicos da marca alemã.

Melhores Opel de sempre: 10 modelos imperdíveis

Opel Corsa

É a coqueluche da marca alemã. Um autêntico sucesso de vendas em todo o mundo e que tem conquistado diversas gerações (já lá vão mais de 13 milhões de unidades em todo o mundo). Vem equipado com motores Euro 6 que debitam entre 70 cv e 150 cv e promete continuar a fazer as delícias dos fãs das quatro rodas.

Opel Kadett

É um dos melhores Opel de sempre e é o pai do recente Astra (que também faz parte desta lista). Era um carro bastante económico, com reparações baratas e de fácil condução. Foi um sucesso de vendas e, entre 1973 e 1979, foram produzidos cerca 1,7 milhões de unidades.

 

Opel Crossland X

Chegou em 2017 com dois níveis de equipamento: Edition e Innovation. Está disponível com três motores a gasolina e um bloco turbodiesel com dois níveis de potência. Bastante versátil e espaçoso, é tudo o que possa desejar de um SUV. Ainda assim, é um modelo extremamente compacto à conta dos seus 4,212 metros de comprimento, 1,765 metros de largura e 1,590 metros de altura.

 

Opel Astra

A história deste modelo que é, sem dúvida, um dos melhores Opel de sempre, remonta a 1936 (na altura, Kadett). Já lá vão 11 gerações e este é já um nome muito sonante e bastante icónico no mundo automóvel. Em 2015 foi completamente renovado e chegou mais leve, ágil e confortável do que nunca. O design mais atual tem marca portuguesa: Pedro Lazarino é o responsável pela nova imagem que tem conquistado todo o mundo.

 

Opel Adam

Um “citadino cheio de personalidade”. Opções não faltam para agradar a todo o tipo de condutores. O ADAM chega com uma gama alargada de motores eficientes: 1.0 ECOTEC injeção direta Turbo de 3 cilindros com 90 cv ou 115 cv. Com tecnologia ecoFLEX, este modelo reduz os consumos e emissões de CO2.

 

Opel Commodore

Este modelo icónico celebrou 50 anos em 2017. Foi produzido até 1982 e inspirou o surgimento do não menos incrível Insignia (falaremos deste modelo já de seguida). Foi a derivação do luxuoso Rekord e continua a ser um dos modelos favoritos dos fãs deste construtor de automóveis.

 

Opel Calibra

Em 1996, este modelo foi o campeão internacional de carros de turismo ao vencer três provas com o piloto Manuel Reuter. Com 650 cv, tração às quatro rodas e motor 2.5, o Calibra fez suspirar muitos amantes da alta velocidade.

 

Opel Insignia

O novo modelo é bastante elegante e, para muitos, inconfundível. O peso total reduziu em cerca de 175 kg e o comprimento total aumentou exatamente 55 milímetros. A nova versão é bastante espaçosa, principalmente para os passageiros dos lugares traseiros.

Em relação à segurança, chega com avisos de aproximação perigosa a outro veículo, transposição involuntária de faixa de rodagem, sistema de travagem automática com reconhecimento de peões e monitorização de trânsito na traseira. Este modelo tinha mesmo de fazer parte da nossa lista de melhores Opel de sempre.

 

Opel GT

Este modelo, lançado em 1968 com o slogan “Só voar é melhor”, chegou para ser a versão europeia barata do famoso Corvette. Tinha apenas 90 cv à conta do motor 1.9, mas chegava aos 185 km/h à conta da sua aerodinâmica.

 

Opel Eco-Speedster

Com um motor 1.3 diesel de 112 cv, deixou meio mundo boquiaberto à conta do seu rendimento: era capaz de chegar aos 250 km/h com um consumo médio de 2,5 litros aos 100 km.

Veja também