Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
28 Ago, 2020 - 11:40

Novo MBUX: a assistente de luxo da Mercedes

André Freitas

A Mercedes-Benz apresentou a segunda versão do MBUX, a sua assistente pessoal de luxo. Conheça e surpreenda-se com as novidades do inteligente sistema da estrela alemã.

MBUX

“Olá Mercedes”. Esta simples frase é tudo o que precisa dizer para iniciar a interação com o sistema MBUX da Mercedes-Benz.

E o que é o sistema MBUX? Este sistema, cujo acrónimo significa “Mercedes-Benz User Experience” e em português se traduz como “Experiência de Utilização Mercedes-Benz” é precisamente isso: o sistema multimédia de inteligência artificial que equipa os automóveis Mercedes-Benz.

Apresentado pela primeira vez em 2018 como parte do novo Classe A, este sistema surge agora com bastantes melhorias naquela que é a sua segunda geração, e que será lançada como parte integrante do novo Classe S, juntamente com os novos volantes da Mercedes, e que chegará ao mercado automóvel no início de 2021.

Este sistema inteligente adapta-se às preferências do passageiro (e não apenas do condutor), melhorando constantemente, e pode ser comandado por voz, com gestos, ou através do toque.

Precisa enviar uma mensagem? Não precisa pegar no telemóvel. Basta ditar a mensagem para o MBUX. Tem calor? Basta pedir ao MBUX para ligar o ar condicionado na temperatura pretendida. E se quiser que o MBUX defina o trajeto mais rápido para determinado destino e em versão 3D? O sistema faz mesmo isso. E de forma automática, se assim o quiser.

Fique agora a conhecer melhor o novo sistema MBUX.

MBUX: a sua assistente pessoal mercedes

MBUX

Este sistema digital e inteligente tem a capacidade de aprender para se adaptar constantemente às preferências e necessidades de todos os passageiros do automóvel. 

Todos os passageiros sim, porque este sistema está disponível não apenas na parte dianteira do veículo através dos ecrãs táteis do cockpit, mas também na parte traseira do veículo com outros dois ecrãs táteis instalados na parte de trás dos bancos dianteiros.

Uma vez que está disponível para vários utilizadores, é possível criar perfis com as preferências individuais de cada um. Ao selecionar determinado perfil, o carro vai saber quais as preferências desse passageiro e adaptar-se-á a essas mesmas preferências.

O condutor, como é expectável, tem muitas mais funcionalidades disponíveis que os restantes passageiros. Isto porque é possível analisar as suas preferências de condução e é também o condutor que tem o poder de controlar maior parte dos comandos do veículo.

Para criar um ambiente adequado ao seu estilo de condução e preferências pessoais, o condutor pode criar temas para o cockpit que alteram a iluminação e aspeto do painel de instrumentos de acordo com o tema escolhido.

Se preferir, pode escolher simplesmente um dos quatro estilos de visualização predefinidos: “Clássico”, “Discreto”, “Desportivo” e “Progressivo”.

O sistema MBUX é como que um assistente pessoal de verdade. Vamos perceber porquê.

A conectividade do sistema MBUX

MBUX
Der neue Mercedes-Benz Marco Polo jetzt mit MBUX und MBAC – Interieur, Leder Lugano seidenbeige, Zierelement in Holzoptik Ebenholz, Küchenzeile, Drehbare Fahrersitze, Zweiersitz/Liegebank, Dachbett The new Mercedes-Benz Marco Polo now with MBUX and MBAC – Interior, Silk beige Lugano leather, Wood-look ebony trim element, Kitchenette, Rotating driver seat, Two-seater bench/bed, Roof bed

O MBUX aprende e adapta-se constantemente ao recolher e tratar os dados de utilização do veículo.

O sistema regista os trajetos mais percorridos (o que permite que apresente sugestões nomeadamente quando deteta constrangimentos no tráfego); regista os contactos mais utilizados pelo condutor; as músicas ou estações de rádio mais ouvidas; entre outros.

Estes registos permitem que o sistema esteja preparado para responder aquilo que são os hábitos do condutor.

Para além disto, o sistema é também altamente interativo e permite controlar diversos equipamentos do automóvel através da voz, do toque, ou simplesmente através da realização de determinado gesto.

Como interagir com o sistema MBUX?

O sistema de comando de voz LINGUATRONIC permite que interaja com o veículo simplesmente através da voz.

Pode pedir para mudar de estação de rádio, ditar uma mensagem, realizar uma chamada, pedir para que seja definido determinado trajeto, ligar o ar condicionado, alterar a posição do banco…uma infinidade de ações.

Tudo isto sem ser necessário utilizar comandos de voz predefinidos.

Se preferir, pode comandar todas as ações relacionadas com a condução do automóvel através do toque. Para tal, basta utilizar o ecrã tátil da consola central. Este reconhece a sua caligrafia e, até, gestos.

Os restantes ecrãs táteis do automóvel permitem realizar ações que não estejam diretamente ligadas ao ato de condução.

Por último, pode ainda realizar alguns gestos que serão reconhecidos pelo automóvel como comandos para determinadas ações. Abrir o teto panorâmico com apenas um gesto é bastante mais divertido que utilizar botões, não é?

O novo Mercedes Classe S e o papel do MBUX

MBUX

A partir das opiniões e sugestões dos seus clientes, a Mercedes atualizou o sistema MBUX criando aquela que é a segunda geração do sistema e se vai estrear no novo Mercedes Classe S.

O objetivo? Criar um assistente no automóvel que disponibilizasse as mesmas funcionalidades que encontramos nos smartphones, como é exemplo da Siri (nos iPhone) ou em casa com a Alexa, por exemplo. 

Tudo isto facilitaria a vida aos passageiros do automóvel e melhoraria a experiência de condução, acrescentando valor ao próprio veículo.

Mas o que mais vai mudar no novo Classe S? Em primeiro lugar, muitos dos botões físicos vão deixar de existir. O ecrã de infoentretenimento vai passar do painel de instrumentos para a consola central. Nesta posição, o ecrã está melhor posicionado e é de mais fácil acesso ao condutor.

O ecrã tátil OLED de 12,8 polegadas inclui vários dos botões touch que até então eram físicos como, por exemplo, os comandos do ar condicionado.

O novo MBUX vem também equipado com um sistema de segurança biométrica, uma vez que é possível fazer login na aplicação Mercedes Me e fazer compras online, por exemplo.

Este sistema permite fazer login na conta do utilizador através de PIN, sensor de impressão digital, reconhecimento facial ou reconhecimento de voz.

O novo ecrã tátil, juntamente com os comandos por gestos permitem substituir 27 botões físicos. O seu aspeto semelhante ao de um tablet permite rápido e fácil acesso a todas as funcionalidades disponíveis.

O processador do novo sistema MBUX será também melhorado, permitindo um funcionamento sem quebras.

O painel de instrumentos também traz novidades. Este terá câmaras que seguem o movimento ocular do condutor, criando um interface, ou head-up display, com efeito 3D. 

Neste poderá ver indicações sobre a estrada (sinalização, por exemplo) ou instruções sobre o trajeto a percorrer (com setas a indicar a direção). Se as instruções em 3D lhe fizerem confusão, podem sempre ser desativadas.

Os comandos por voz também possuem agora mais funcionalidades, como até a indicação da localização do kit de primeiros socorros.

A interação será agora mais natural, estando o veículo preparado para responder a questões de conhecimento geral ao estilo da Siri, Google Assistant ou Alexa. O sistema está preparado para reconhecer 27 idiomas.

Como explicado anteriormente, todos os passageiros podem interagir com o MBUX.

Nos bancos traseiros encontram-se microfones e ecrãs táteis que permitem a interação com o veículo e os restantes passageiros. Podem ser definidos trajetos e enviados como sugestão para o condutor, ou compartilhadas músicas, por exemplo.

É expectável que, no futuro, todos os modelos Mercedes sejam equipados com a nova geração do sistema MBUX. Para já, apenas o Classe S vai conter este equipamento.

Os proprietários de veículos Mercedes equipados com a atual versão do MBUX poderão adquirir alguns recursos da nova geração na loja Mercedes Me. Contudo, para já, vai ser preciso aguardar.

Veja também