André Freitas
André Freitas
26 Ago, 2019 - 05:28
Conheça os problemas mais comuns do Mercedes Classe A, segundo os proprietários

Conheça os problemas mais comuns do Mercedes Classe A, segundo os proprietários

André Freitas

Está no mercado à procura de um Mercedes Classe A usado? Conheça os principais problemas registados por proprietários deste modelo.

O artigo continua após o anúncio

O Mercedes Classe A foi, desde o seu lançamento, um carro muito desejado. Com o passar dos anos, o seu valor no mercado de usados têm-se aproximado de preços mais apetecíveis, e como tal a procura tem aumentado. No entanto, quando se compra um carro, seja ele novo ou usado, convém sempre saber o que nos espera. Neste caso, e com base nos relatos de proprietários e de estudos feitos, vamos conhecer quais são os principais problemas do Mercedes Classe A.

O modelo em questão é o da 3ª geração, que foi lançado em 2013 e foi comercializado até 2018. Mas atenção, o facto de apresentarmos estes problemas, não é imperativo que todos os modelos o tenham, e convém realçar que na sua generalidade, este carro tem um histórico de manutenção invejável.

A informação compilada neste artigo foi retirada através de publicações de vários proprietários de Mercedes Classe A em alguns fóruns especializados em manutenção e em páginas de renome internacionais, focadas em avaliar os principais problemas existentes em carros usados, como a Car Buyer ou a What Car.

Principais problemas do Mercedes Classe A

Mercedes Classe A

Fonte: Mercedes/ Divulgação

1. Filtro de partículas

Trata-se de um dos problemas do Mercedes Classe A mais comuns, e não só. Aliás, é bastante comum a todos os automóveis que contém esta peça: o filtro de partículas diesel (DPF).

Este filtro pode ficar entupido, especialmente quando o veículo é utilizado para a realização de viagens curtas, nomeadamente dentro da cidade.

Se o filtro entupir, a luz de aviso do filtro de partículas acenderá no painel.

2. Airbags

Mercedes

Fonte: Mercedes/ Divulgação

O artigo continua após o anúncio

Problemas com os airbags são também um dos principais problemas do Mercedes Classe A.

O problema mais grave é o problema no fabrico do painel do airbag do passageiro dianteiro.
Ao não ser acionado conforme foi projetado, devido aos referidos erros de fabrico do painel, o risco de ferimentos para o passageiro da frente aumenta exponencialmente.

Este defeito levou até à necessidade de recolha de veículos para substituição do conjunto de airbag.

Outra falha detetada e relacionada com o funcionamento dos airbags, neste caso do condutor, foi a de que se a coluna de direção tiver algum defeito ou estiver danificada, uma descarga eletrostática poderá fazer com que o airbag do condutor seja acionado.

Caso isto se verifique, as consequências do acionamento do airbag sem colisão podem ser gravíssimas.

Por último, e como se já não fossem bastantes os problemas com os airbags deste modelo, é possível que o airbag do passageiro dianteiro não seja acionado em caso de acidente.

3. Fuga de óleo

O anel de vedação entre a correia de distribuição e o motor pode deixar vazar óleo, o que pode resultar no derramamento de óleo na estrada.

Para além da poluição, esta situação coloca em perigo qualquer veículo que transite na estrada onde o óleo foi derramado.

O artigo continua após o anúncio

Esta fuga de óleo poderá ainda causar danos a nível mecânico e, em casos extremos, um incêndio no próprio veículo.

4. Perda de tração

Sob condições de condução extremas, os anéis de retenção do eixo de transmissão podem partir, causando uma perda de tração, criando um risco para os ocupantes do próprio veículo e para outras pessoas que circulam na estrada.

Problemas na embraiagem na versão de caixa automática deste modelo potenciavam também perda de tração e levaram, até, a que fossem recolhidos alguns exemplares para resolução do problema.

5. Sistema de travagem

Mercedes

Fonte: Mercedes/ Divulgação

Existe a possibilidade de que uma conexão de linha de vácuo do propulsor do travão se possa romper, resultando na perda de toda a assistência ao acionamento dos travões.

Isto significa que o condutor terá que aplicar imensa pressão no pedal do travão para parar o veículo.

6. Abertura da mala

Foram reportados problemas do Mercedes Classe A relativamente à abertura da mala, que está relacionado com o sistema de bloqueio de portas.

A solução passa, simplesmente, por substituir a fechadura antes que necessite de abrir a mala e não consiga mesmo.

O artigo continua após o anúncio

7. Encosto de assento

Mercedes

Fonte: Mercedes/ Divulgação

Alguns veículos, equipados com assentos AMG, tiveram um problema com os assentos condutor e passageiro dianteiro.

Mais especificamente, e no caso de um impacto lateral, os encostos poderiam soltar-se e, obviamente, diminuir a segurança dos ocupantes do veículo.

8. Limpa pára-brisas

Um dos problemas mais comuns no Mercedes Classe A são os limpa pára-brisas dianteiros e traseiros.

As falhas nos limpa pára-brisas dianteiros estão, geralmente, relacionados com problemas nos jatos e mangueiras. Por outro lado, falhas nos limpa pára-brisas traseiros devem-se, muitas vezes, ao facto de a mangueira simplesmente se soltar.

Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp