Ana Graça
Ana Graça
08 Ago, 2018 - 09:05
Saiba o que comer na gravidez para ter mais saúde

Saiba o que comer na gravidez para ter mais saúde

Ana Graça

É através de si que o seu filho recebe o que precisa para crescer. Por isso, deve saber o que comer na gravidez e tomar os suplementos recomendados.

O artigo continua após o anúncio

Durante a gravidez, as necessidades nutricionais aumentam para apoiar o crescimento e desenvolvimento do bebé bem como o metabolismo materno. As grávidas devem adotar um estilo de vida saudável e procurar conhecer o que comer na gravidez.

O que comer na gravidez?

o que comer na gravidez

Adotar uma alimentação saudável e variada na gravidez é essencial para o crescimento saudável do bebé e para o bem-estar da mãe. A grávida tem necessidades aumentadas de energia e de nutrientes, sendo este aumento dependente do trimestre em que se encontra. Há algumas recomendações nutricionais que ajudam a futura mamã a escolher o que comer na gravidez:

1. Proteína

  • As necessidades proteicas estão aumentadas no 2º e 3º trimestre;
  • Ingerir diariamente fontes proteicas a partir de laticínios (leite, queijo, iogurte), leguminosas verdes e secas;
  • Ingerir moderadamente fontes proteicas de origem animal (carne, pescado e ovos).

2. Hidratos de carbono

  • É de elevada importância o seu consumo durante a gravidez;
  • É através dos hidratos de carbonos que a mãe ingere que se obtém glicose, fundamental para o desenvolvimento do bebé;
  • Ingerir várias vezes ao dia alimentos ricos em hidratos de carbono como o pão integral, a batata, o arroz, a massa e a aveia.

3. Gordura

  • Fornece energia, transporta algumas vitaminas, protege contra o frio, e contribui para o desenvolvimento do cérebro e visão;
  • As grávidas apresentam necessidades aumentadas de ácidos gordos essenciais;
  • O que comer na gravidez rico em boas gorduras? Azeite, frutos secos, sardinha, salmão e cavala, por exemplo.

4. Ácido fólico

  • Desempenha um papel chave na redução do risco de desenvolvimento de malformações do tubo neural do bebé;
  • Importantes fontes de ácido fólico: lentilhas; ervilhas; feijão; grão-de-bico; favas; pão integral; massa e arroz integrais.

a gestante deve procurar conhecer o que comer na gravidez

6. Iodo

  • A deficiência de iodo durante a gravidez pode comprometer o desenvolvimento cognitivo fetal;
  • Importa incluir na dieta alimentos que são fontes de iodo, nomeadamente: peixes; crustáceos; leguminosas e hortícolas; sal iodado; leite e outros produtos lácteos.

7. Cálcio

8. Vitamina D

9. Zinco

  • Desempenha funções cruciais em diversos processos biológicos do organismo;
  • Necessário para o bom desenvolvimento neurológico do bebé;
  • As melhores fontes de zinco são a carne, o peixe, as leguminosas, produtos lácteos e os cereais.

10. Magnésio

  • O consumo de magnésio durante a gravidez está associado à diminuição do risco de pré-eclampsia, de nascimentos prematuros e de atraso no crescimento intrauterino;
  • Exemplos de alimentos ricos em magnésio: miolo de amêndoa, com pele; miolo de amendoim, com pele; flocos de aveia; flocos de trigo integral; tofu; espinafres; banana; abacate.

Cuidados a ter com a alimentação na gravidez!

  • Lavar muito bem os alimentos que se comem crus;
  • Preparar e cozinhar os alimentos de forma simples;
  • Fazer 5/6 refeições pequenas ao longo do dia;
  • Beber cerca de 1,5 litros de água por dia;
  • Retirar sempre a gordura visível da carne e evitar as partes queimadas;
  • Reduzir o consumo de alimentos muito condimentados e com demasiado sal;
  • A ingestão de alimentos ricos em iodo ou ácido fólico não dispensa a suplementação recomendada.

Veja também: