ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Inês Silva
Inês Silva
22 Jul, 2021 - 11:50

Plano 21|23 Escola+: apoiar a recuperação de aprendizagens

Inês Silva

Governo divulgou o Plano 21|23 Escola+, que integra medidas de recuperação de aprendizagens para mitigar o impacto da COVID-19 nos alunos dos ensinos básico e secundário.

Plano 21|21 Escola +

A par da aprovação do calendário escolar para o ano letivo de 2021-2022, o Governo divulgou também o Plano 21|23 Escola+ que, tendo em conta o contexto de pandemia causada pela COVID-19 e as consequências que esta trouxe aos alunos nos dois últimos anos letivos, tem por objetivo apoiar a recuperação de aprendizagens.

De acordo com o Despacho n.º 6726-A/2021, este plano integra várias medidas para os alunos dos ensinos básico e secundário, “com vista à recuperação de aprendizagens e procurando garantir que ninguém fica para trás”.

Saiba mais sobre este plano de recuperação escolar e em que consistem as medidas previstas.

Em que consiste o Plano 21|23 Escola+?

Este plano apresenta um conjunto de medidas que têm por objetivo não só a recuperação das aprendizagens e das competências que foram comprometidas pelo impacto da pandemia, mas também a promoção do sucesso escolar, além do combate às desigualdades através da educação.

Representando um investimento superior a 900 milhões de euros na escola pública, prevê o reforço dos recursos humanos nas escolas, formação e capacitação do pessoal docente e não docente, aumento dos recursos digitais e apetrechamento das escolas com equipamentos e infraestruturas.

No página oficial do plano são apresentados os objetivos estratégicos apresentados, nomeadamente:

  • Recuperação das competências mais comprometidas;
  • Diversificação das estratégias de ensino;
  • Investimento no bem-estar social e emocional;
  • Confiança no sistema educativo;
  • Envolvimento de toda a comunidade educativa;
  • Capacitação, através do reforço de recursos e meios;
  • Monitorização, através da avaliação do impacto e eficiência das medidas e recursos.

Plano 21|23 Escola+: 3 principais eixos de atuação

crianças em aula para combater insucesso escolar

O Plano 21|23 Escola+ assenta em três eixos principais, a saber:

1

Ensinar e Aprender

Este eixo prevê uma dar uma maior autonomia às escolas e os meios pedagógicos necessários para um desenvolvimento curricular mais flexível.

As estratégias focam-se, essencialmente, na atividade escolar e comunitária bem como no apoio aos alunos para desenvolvimento das competências mais afetadas pelo contexto pandémico.

As medidas abrangem, em concreto, os seguintes domínios:

  • Leitura e escrita;
  • Autonomia curricular;
  • Recursos educativos;
  • Família;
  • Avaliação e diagnóstico;
  • Inclusão e bem-estar;
  • Território.
2

Apoiar as comunidades educativas

Aqui o objetivo é capacitar as escolas com recursos e meios para o desenvolvimento de medidas de natureza extraordinária, que possibilitem o reforço da capacidade de resposta dos agentes educativos e das comunidades para a melhoria das aprendizagens, inclusão e envolvimento comunitário.

As ações específicas visam os seguintes aspetos:

  • Equipas qualificadas;
  • Formação;
  • Ensino profissional;
  • Digital.
3

Conhecer e avaliar

Neste eixo, pretende-se a monitorização das medidas implementadas para divulgação de estratégias eficazes, estudos de eficiência, partilha de práticas e reavaliação.

Dados e informação sãos os domínios, sendo que as ações específicas incluem a construção de indicadores e monitorização, bem como partilhar a eficácia e a eficiência, respetivamente.

Plano 21|23 Escola+: recursos

Para contextualizar os eixos e os domínios, são também disponibilizados roteiros com ações específicas para o desenvolvimento e capacitação dos alunos e escolas:

  • Semestralização do calendário escolar;
  • Promoção de abordagens curriculares interdisciplinares;
  • Avançar recuperando;
  • Organização de equipas educativas;
  • Organização de turmas dinâmicas;
  • Começar um ciclo;
  • Gestão do ciclo;
  • Diário de escritas com a biblioteca;
  • Oficinas de escrita;
  • Cenários integrados de aprendizagem nas áreas de STEAM;
  • Ler com mais livros;
  • Orientar;
  • Apoio tutorial específico;
  • Leitura orientada em sala de aula;
  • Ler com a biblioteca.

Recuperar para ninguém ficar para trás

A COVID-19 trouxe mudanças a todos os níveis e o ensino não foi exceção. As medidas de distanciamento social para evitar os contágios fecharam escolas, dificultando, assim, a vida dos alunos nos últimos dois anos letivos.

O recurso aos meios digitais e ao Estudo em Casa ajudaram a colmatar algumas das dificuldades, no entanto nem todos os alunos conseguiram ou tiveram meios para desenvolver plenamente competências e conhecimentos.

Em jeito de resumo, o Plano 21|23 Escola+ visa dar às escolas meios e autonomia para criar currículos escolares personalizados, tendo em conta as dificuldades de cada aluno e, assim, ser possível esbater as desigualdades que possam existir nas diferentes escolas públicas nacionais causadas pelo contexto pandémico.

No plano integrado para a recuperação das aprendizagens dos alunos dos ensinos básico e secundário estará envolvida toda a comunidade escolar que, obviamente, vai para além dos professores e alunos.

Veja também