Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
05 Jul, 2020 - 15:35

Estes são os pneus que fazem mais quilómetros. Conheça-os

Afonso Aguiar

Está na hora de trocar de pneus e não sabe por quais deve optar? Descubra os resultados deste teste para saber quais são pneus mais duradouros.

pneus frente tras

A qualidade e durabilidade dos pneus está diretamente interligada a um melhor funcionamento do sistema de travagem e também a um menor consumo de combustível.

Como sabemos que os pneus são uns dos componentes mais caros de um automóvel, e que implicam um grande peso na carteira na hora de os trocar, saber quais são os pneus que duram mais quilómetros pode ser bastante útil para si da próxima vez que necessitar “trocar os sapatos” do seu carro.

Quais são os pneus que duram mais quilómetros: deco proteste dá a resposta

pneus para carros

Um estudo realizado pela Deco Proteste concluiu que a escolha dos pneus corretos pode ajudar o seu carro a percorrer mais 12 mil quilómetros do que a marca com pior avaliação.

No total, foram entrevistados quase cinco mil portugueses para recolher a opinião e experiência sobre 25 marcas. Porém, antes de se elaborar a análise final, a Deco partilhou dados com as suas congéneres espanholas, italianas e belgas.

Após confrontados todos os resultados foram obtidas mais de 37 mil respostas e a seguinte conclusão:

1. Michelin46 393km
2. BF Goodrich44 096km
3. Continental43 258km
4. Bridgestone42 944km
5. Goodyear42 927km
6. Dunlop42 551km
7. Yokohama42 311km
8. Toyo Tires41 794km
9. Hankook41 599km
10. Uniroyal41 413km
11. Matador41 190km
12. Fulda41 095km
13. Pirelli41 021km
14. Vredestein40 573km
15. Firestone40 059km
16. Khumo39 149km
17. Kléber37 589km
18. Barum37 504km
19. Sempert37 444km
20. GT Radial36 597km
21. Nokicin Tyres35 323km
22. Mabor35 118km
23. Kormoran34 975km
24. Falken34 494km
25. Nankang34 210km

Apesar destes resultados, a duração dos pneumáticos não está diretamente relacionada com a sua performance. Há que recordar que a suavidade do piso interfere também com a sua aderência.

Um pneu com um piso mais suave terá maior aderência, mas um desgaste mais rápido. No entanto, um pneu com uma superfície de mistura mais dura mas com uma boa altura de piso, terá inevitavelmente maior aderência (sobretudo em piso seco) do que um pneu de piso macio mais desgastado.

Há por isso que saber, não só olhar para a marca e durabilidade do pneu, mas também para a sua avaliação de performance nas diferentes situações: resistência ao rolamento, performance em piso seco e performance em piso molhado.

Recorde também que estes valores são o resultado médio de vida útil de cada pneu, e não os valores máximos ou mínimos registados.

A duração dos pneus é diretamente impactada pelo estilo de condução dos condutores, por isso, ao volante, pratique sempre uma condução defensiva e prudente, aumentando não só a sua segurança mas também a vida útil de todos os componentes.

Veja também