Ekonomista
Ekonomista
12 Mai, 2020 - 12:40

Trabalhadores podem pedir apoio excecional à família até dia 13

Ekonomista

Prazo terminava este domingo, mas foi alargado até quarta-feira, 13 de maio. Em causa está o apoio do mês de abril.

Mãe em casa a tomar conta do filho

O prazo para os trabalhadores pedirem o apoio excecional à família relativo ao mês de abril terminava este domingo, mas a Segurança Social decidiu alargar o prazo até amanhã, dia 13 de maio.

Em causa está o apoio no âmbito da crise da pandemia COVID-19 para os trabalhadores por conta de outrem, trabalhadores independentes ou do serviço doméstico que faltem ao trabalho por motivos de assistência a filhos menores de 12 anos ou com deficiência/doença crónica independentemente da idade, decorrente do encerramento das escolas.

Recorde-se que, no caso dos trabalhadores por conta de outrem, o apoio corresponde a dois terços da remuneração base e tem como limite mínimo 635€ e máximo de 1.905€.

Já os trabalhadores independentes têm direito a um apoio correspondente a um terço da base de incidência contributiva mensualizada referente ao primeiro trimestre de 2020, com limites mínimo de 438,81€ e máximo de 1.097,03€.

Os trabalhadores do serviço doméstico têm direito a um apoio correspondente a dois terços da remuneração registada com limites mínimo de 635€ e máximo de 1.905€, sendo o apoio suportado pela entidade empregadora e pela Segurança Social em partes iguais.

Importa ainda frisar que a entrega do pedido relativo ao apoio do mês de maio terá de ser feita entre os dias 1 e 10 de junho, segundo as datas publicadas no site da Segurança Social.

Veja também

Para descomplicar a informação

As informações sobre os temas que envolvem o impacto social do novo Coronavírus são dinâmicas e constantemente atualizadas. Por isso, os conteúdos publicados nesta secção não devem substituir a consulta com profissionais e especialistas, tanto da saúde como do direito e temas afins.