Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Inês Pereira
Inês Pereira
17 Out, 2019 - 11:35

Como lidar com a pressão psicológica no local de trabalho

Inês Pereira

É frequente passarmos por momentos de pressão psicológica, especialmente no trabalho. Damos-lhe agora algumas dicas para que consiga lidar com o problema.

trabalho stressante

Acorda de manhã e a vontade de ir para o emprego é zero? Já não aguenta trabalhar com o seu chefe de tal forma que quase sente receio de falar com ele? Passa os dias a contar as horas para ir para casa e afastar-se da rotina? Se estes cenários lhe são familiares então é bastante provável que esteja a sofrer de pressão psicológica e não esteja a conseguir gerir bem a situação.

Lidar com reuniões, prazos apertados, tarefas que se acumulam e o stress habitual do dia-a-dia já complicado para qualquer um. Mas a situação pode agravar-se se as pessoas à sua volta tornam o horário de trabalho mais insuportável. Resultado? O stress atinge níveis que se tornam insustentáveis e isso pode refletir-se na sua vida em geral.

A boa notícia é que temos um conjunto de dicas que vão ajudar a lidar com a pressão psicológica no trabalho e a contrariar a situação. Está na hora de tornar os seus dias mais calmos e felizes.

9 formas de lidar com a pressão psicológica

1. Aceitar que existe sempre alguma pressão

Esta pode parecer uma dica estranha, mas a verdade é que o primeiro passo para lidar com este problema é mesmo aceitar que ele é inevitável, mas apenas até certo ponto. Isto significa que qualquer local de trabalho implica alguma pressão, dado que a concorrência é cada vez maior e os prazos mais apertados.

Neste sentido, deve procurar formas de lidar melhor com esta pressão natural. Uma boa hipótese será apostar em pausas ao longo do dia e, claro, esquecer o trabalho assim que sai do escritório. Só assim conseguirá desanuviar.

2. Organize o seu dia

a organização faz com que evite a pressão psicológica

Um dos fatores que mais contribuem para o aumento da pressão psicológica é a desorganização. É normal que sinta mais pressão sobre si quando não tem noção de todas as tarefas que tem para cumprir ou daquilo que esperam de si.

Deve começar o dia por organizar a sua agenda para evitar este tipo de situações. Uma boa opção será também falar com o seu chefe de modo a esclarecer qualquer dúvida que tenha acerca dos compromissos e prazos estabelecidos.

3. Seja direto e claro

Já não consegue ser produtivo com tanta pressão psicológica? A sua saúde está a sofrer as consequências do stress? Então está na hora de falar sobre o assunto com quem de direito e arranjar uma forma de resolver o problema.

Peça ao seu superior para se reunir consigo e explique-lhe de forma clara e sem rodeios que se sente assoberbado e que é impossível lidar com a quantidade de assuntos que tem em mãos de momento. Faça-se entender e garanta que não é mal interpretado.

4. Aprenda a dizer “não”

É um facto que o stress no emprego existe e que é necessário dar vazão às tarefas que vão surgindo. No entanto, isto não significa que tenha de dizer sempre “sim” a todo o trabalho que lhe cai no colo.

É imperativo que saiba dizer “não” quando os limites estiverem a ser ultrapassados, justificando os seus motivos. Não caia no erro de entrar num ritmo totalmente alucinante que o leve até ao nível da exaustão total.

Estes comportamentos não são saudáveis e não devem ser alimentados pelos chefes nem pelos seus colegas.

5. Comece bem o dia

Muitas pessoas já chegam ao local de trabalho, de manhã sob elevado stress. As razões, essas, podem ser várias, desde o tempo perdido a preparar as os filhos para irem para a escola até ao tempo perdido no trânsito.

O melhor que pode fazer é planear a sua manhã na noite anterior para evitar atrasos ou imprevistos. Certifique-se que acorda com a antecedência necessária para ter tempo para tudo e não se esqueça de tomar um pequeno-almoço completo e saudável.

6. Faça desporto

desporto para lidar com a pressão psicológica

Já não é novidade que o desporto é um ótimo modo de descarregar as frustações e aliviar o stress. Assim, a solução ideal para melhorar um dia mau pode mesmo ser uma ida ao ginásio.

Seja à hora de almoço ou ao final do dia, o importante é que invista em si e na sua saúde. O seu corpo vai agradecer e o cérebro também.

7. Recorra a amigos e familiares

O dia-a-dia é uma correria e o tempo não estica. No entanto, é importante que arranje forma de ter disponibilidade para as pessoas da sua vida.

Caso não consiga estar com elas pessoalmente pode sempre pegar no telefone e desabafar sobre o seu dia. Nada melhor do que passar tempo com os seus amigos e familiares para se esquecer da pressão psicológica que sente no trabalho.

8. Coma alimentos saudáveis

Não deve colocar a sua saúde em segundo plano, especialmente quando o stress está a deixá-lo ainda mais exausto. Por isso mesmo, e porque os alimentos saudáveis têm um efeito positivo no seu humor, deve apostar numa alimentação equilibrada e que garanta o seu bem-estar.

Muitas vezes, a falta de tempo leva-o a escolher fast food e pratos pouco amigos da sua saúde. Contudo, se investir nos vegetais, na fruta e nos pratos de qualidade vai sentir-se melhor e verá efeitos positivos a todos os níveis.

9. Encontre formas alternativas de relaxar

É possível que nunca lhe tenha ocorrido mas existem formas de relaxar e melhorar a sua saúde física e mental que talvez não lhe passem pela cabeça no dia-a-dia. Já pensou em experimentar meditação? Ou, por exemplo, investir em sessões de acupuntura ou massagens?

Abra os seus horizontes e dê uma oportunidade aos métodos menos convencionais. Talvez se surpreenda.

Veja também