Inês Pereira
Inês Pereira
27 Jun, 2018 - 11:31
Refluxo do bebé: causas, sintomas e tratamento

Refluxo do bebé: causas, sintomas e tratamento

Inês Pereira

O refluxo do bebé é um fenómeno muito frequente e, geralmente, pouco alarmante. No entanto, é importante que saiba o que causa esta reação e o que fazer.

O artigo continua após o anúncio

Não é surpresa que os bebés com menos de um ano de idade têm, muitas vezes, a tendência de regurgitar pequenas quantidades de leite após a amamentação, sem motivo aparente. Por vezes, podem mesmo chegar a vomitar. A isto chama-se refluxo do bebé e é um fenómeno bastante comum e, geralmente, temporário.

No entanto, quando a situação persiste durante vários meses pode ser necessária uma atenção redobrada e uma visita ao pediatra para despistar problemas mais graves. É, por isso, crucial que conheça bem as causas que podem despoletar o refluxo do bebé, os sintomas e o tratamento.

Tudo sobre o refluxo do bebé

saiba tudo sobre o refluxo do bebé

O refluxo é a subida do conteúdo do estômago até ao esófago e, consequentemente, até à boca. Em conjunto com a presença do ácido gástrico, este fenómeno provoca desconforto e pode originar episódios de azia, regurgitação, dificuldade em engolir ou, até mesmo, vómitos.

Habitualmente, os casos de refluxo do bebé devem-se apenas à imaturidade de uma válvula que se encontra à entrada do estômago, que, por vezes, não isola corretamente a entrada do órgão. Assim, à medida que a criança cresce também o organismo se desenvolve e o problema acaba por se resolver.

A frequência das regurgitações tende a diminuir após os 6 meses de idade, graças à introdução da dieta sólida e à adoção de uma postura mais reta por parte da criança. Na maioria dos casos, o problema desaparece até o bebé atingir os 2 anos.

A intensidade e frequência dos episódios de refluxo do bebé variam de criança para criança. Contudo, em alguns casos, esta situação pode ocorrer devido a uma alergia a algum alimento ou, por outro lado, devido a um estreitamento na válvula entre o estômago e o intestino delgado.

Sintomas

O principal sintoma do refluxo do bebé é a regurgitação de pequenas quantidades de leite após a amamentação. Contudo, em alguns casos, esta situação pode vir acompanhada por outros sintomas:

  • Vómitos;
  • Falta de apetite;
  • Dificuldade em mamar;
  • Problemas de sono;
  • Choro excessivo;
  • Dificuldade em ganhar peso;
  • Laringe inflamada;
  • Problemas nos ouvidos.

Na presença destes sintomas, deve levar a criança ao médico para um diagnóstico detalhado e bem orientado.

O artigo continua após o anúncio

Prevenção e tratamento

refluxo do bebe

No que se refere à prevenção do problema, existem determinadas práticas que devem ser seguidas de modo a evitar episódios:

  • Não alimentar o bebé na posição horizontal;
  • Não balance o bebé após as refeições;
  • Mantenha a criança em posição vertical durante 20 minutos após as refeições;
  • Deite o bebé de lado do berço;
  • Ofereça pequenas quantidade de comida de cada vez;
  • Durante a amamentação, garanta que as narinas do bebé se encontram destapadas para respirar;
  • Caso o bebé se alimente com leite artificial, experimente várias fórmulas até encontrar a mais adequada;
  • Não ofereça alimentos que agravem o problema, como gorduras, chocolate ou bebidas açucaradas.

Contudo, algumas crianças podem precisar de medicamentos para controlar os sintomas do refluxo e prevenir problemas mais graves. Habitualmente, recomendam-se medicamentos antiácidos ou anti-refluxo. Podem ser também recomendados produtos para engrossar o leite.

Veja também: