ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Teresa Campos
Teresa Campos
05 Abr, 2021 - 10:58

Regresso à escola com saúde: check-up para o seu filho

Teresa Campos

Um regresso à escola com saúde é fundamental para o bem-estar do seu filho e para garantir que ele continua em plena forma! Saiba mais!

criança a ser auscultada por uma médica

As crianças estão de volta às aulas presenciais e para garantir um regresso à escola com saúde e, para isso, nada melhor do que fazer um check-up médico ao seu filho.

Ainda para mais, num ano atípico como este ano letivo anterior, devido à pandemia de COVID-19, nada como garantir um regresso à escola com saúde, prevenindo alguns problemas e concentrando atenções em especialidades que são particularmente relevantes na infância e na adolescência.

Sabia que uma boa adaptação à escola é determinante para o sucesso escolar do seu filho e para evitar problemas emocionais, de saúde mental e de adição, como alcoolismo e toxicodepedência? Então, siga o nosso check-up para um regresso à escola com saúde!

Regresso à escola com saúde: check-up essencial

Pediatra

Comece por levar o seu filho ao pediatra para fazer alguns exames de rotina. Além disso, esta é uma consulta em que o pediatra pode dar algumas dicas úteis sobre como lidar com a criança nesta fase de adaptação ou de readaptação à escola, alertando para alguns cuidados a ter e, no contexto atual, sensibilizando a criança para as precauções a tomar de modo a evitar o contágio pelo coronavírus.

Oftalmologista

Os rastreios visuais são muito importantes e devem ser repetidos ao longo da vida. Mesmo que o seu filho já tenha feito um e não tenha revelado quaisquer problemas, é muito importante levá-lo a um oftalmologista neste regresso à escola.

As dificuldades de visão podem estar diretamente relacionadas com um mau aproveitamento escolar. Portanto, não deve prescindir desta avaliação por um especialista. No caso do seu filho já usar óculos, então é altura de verificar a graduação, de modo a certificar-se de que ela está adequada às necessidades visuais da criança.

criança em consulta de oftalmologia

Otorrinolaringologista

Muitas das crianças que ouvem mal não apresentam indícios evidentes disso. Por vezes, é a entrada na escola que serve de pedra de toque para este problema que conduz, frequentemente, ao insucesso escolar.

Se a criança não ouvir adequadamente, irá ter necessariamente dificuldades de aprendizagem, nomeadamente em disciplinas como o Português. Portanto, não deixe de levar o seu filho a um especialista para fazer um rastreio auditivo e verificar se está tudo bem com a audição da criança.

Nutricionista

Nem sempre é fácil conseguir que as crianças tenham uma alimentação saudável e equilibrada. Muitos são os pais que se debatem com um de dois problemas: ou têm filhos que comem de mais; ou têm filhos que comem de menos.

A ida para a escola pode agudizar esta situação, dificultando o controlo dos pais sobre a quantidade e qualidade dos alimentos que os seus filhos consomem. Por isso, ir a um nutricionista pode ser muito importante tanto para pais, como para filhos, nada medida em que este especialista pode dar dicas preciosas sobre como preparar lanches nutritivos, que os filhos adorem e que façam bem ao organismo.

Segunda fase do plano de desconfinamento
Não perca País entra segunda-feira na segunda fase de desconfinamento

Dentista

Várias crianças não gostam, mas ir ao dentista é muito importante, sobretudo durante a infância e adolescência, altura em que a dentição não pára de mudar e, muitas vezes, se começam a manifestar as primeiras cáries e os primeiros problemas orais.

Todos sabemos a influência que os dentes podem ter no bem-estar de todo o corpo. Portanto, é essencial fazer um check-up oral, antes do seu filho regressar à escola.

Já aqui falámos da importância que uma boa adaptação à escola pode ter no futuro das crianças e dos jovens. Se há miúdos que encaram o regresso à escola de forma entusiasmada e feliz; há outros que não anseiam por esse momento e vivem muito angustiados com essa etapa.

Especialmente nestes casos, consultar um psicólogo pode ser da máxima importância, pois pode ajudar a criança a lidar com esses seus sentimentos e emoções, bem como a orientar os pais acerca da forma como devem gerir toda esta situação. Este apoio é particularmente valioso no caso de crianças com alguma perturbação comportamental, como a hiperatividade ou o défice de atenção, por exemplo.

Veja também