Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ekonomista
Ekonomista
08 Jul, 2020 - 12:08

Renovação de matrículas automática para a maioria dos alunos

Ekonomista

Portal das Matrículas foi alvo de um ataque informático e o Ministério decidiu dispensar a renovação de matrículas para a maioria dos alunos.

Mãe a inscrever filha no Portal das Matrículas

As inscrições no próximo ano letivo, que terão de ser feitas até ao dia 12 de julho através do Portal das Matrículas, passam a ser obrigatórias apenas para os alunos que começam novos ciclos (5.º, 7.º e 10.º anos) e para aqueles que vão fazer transferência de escola. O Ministério dispensou, esta terça-feira, os alunos dos restantes ciclos da renovação das matrículas, que passará a ser feita de forma automática.

A decisão foi comunicada pelo Ministério da Educação, após o Portal das Matrículas ter sido alvo de ataques informáticos. Foram registados “ataques informáticos de elevada complexidade, que provocaram graves bloqueios no sistema e que estão agora a ser acompanhados pelo Centro Nacional de Cibersegurança”, avançou fonte do Ministério à imprensa.

Ainda segundo a informação veiculada pelo Governo, as matrículas já efetuadas no Portal das Matrículas estão salvaguardadas, uma vez que a natureza dos ataques informáticos prendeu-se com bloqueios no acesso ao sistema e não com a tentativa de violação de dados.

Recorde-se que, este ano, e pela primeira vez, as matrículas passaram a ser feitas exclusivamente online, por causa da pandemia, de modo a evitar a deslocação dos encarregados de educação às escolas. A inscrição no Portal das Matrículas era obrigatória para os alunos de todos os ciclos de escolaridade.

Veja também