Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
27 Jan, 2020 - 17:06

Sitges: o mar que embala o caminho até Barcelona

Márcio Matos

Sitges fica bem perto de Barcelona e é conhecida pelas suas praias. Mas mesmo no inverno, este destino tem muito para oferecer. Fique a saber o quê.

vista de sitges

Mais popular pelas suas praias, a cidade de Sitges fica perto de Barcelona e tem muito mais para ver e visitar além dos seus extensos areais. As suas casas caiadas de branco e as ruas típicas convidam a passeios super agradáveis por uma localidade tradicional e com muito para fazer.

Sitges fica a apenas 40 minutos de comboio de Barcelona. Este é o destino indicado para uma escapadinha de fim-de-semana. Tanto no verão, como no inverno, não faltam atividades para ocupar o seu dia. A cidade encontra-se repleta de lojas, restaurantes, museus e o ambiente é calmo, romântico e cheio de paisagens e vistas bonitas.

Sitges é muito mais que uma estância balnear

A origem e história de Sitges remonta ao Neolítico. O nome da cidade advém do termo silos, depósitos onde se armazenam os cereais e que são muitos comuns na cidade. Mais tarde, já na época medieval, foi construído no cimo da colina de la Punta um castelo que serve, atualmente, de sede da câmara municipal.

arquitetura de sitges

No início do século XX, a cidade recebeu vários espanhóis (conhecidos por “indianos”) abastados que regressavam das colónicas espanholas situadas na América. Eles construíram palacetes modernos e sumptuosos na cidade que ainda hoje a adornam e embelezam.

Nesta mesma fase, a cidade passou a ser um destino de verão, sobretudo para artistas e escritores que encontravam ali uma espécie de refúgio. Assim, não é de admirar que o passeio marítimo de Sitges tenha sido construído nesta altura.

Ao percorrer este passeio e as ruas da cidade é possível contactar com toda a sua beleza, nomeadamente das casas modernistas da Rambla. Porém, todo este desenvolvimento urbano foi travado com a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

Agenda cultural

Após o período negro da guerra, a cidade foi recuperando esplendor, nomeadamente através da celebração de uma das suas festas mais carismáticas: o Carnaval. Até hoje, o carnaval de Sitges é um dos melhores da Catalunha, caraterizado pelo seu desfile de carros alegóricos e pela multidão de pessoas mascaradas.

Outro ponto alto da agenda cultural da cidade é o festival de cinema fantástico, o festival das flores e o Sitges Gay Pride, visto que esta cidade é a capital gay da Europa.

Vista dos lagos nas Astúrias
Veja também Astúrias: a Espanha que se estende até aos Picos da Europa

os Pontos turísticos de Sitges

Já reforçamos a oferta rica e diversificada deste destino. Mas, agora, vamos concretizar quais são alguns dos seus principais pontos de interesse.

vista sobre igreja de sitges

Igreja

Uma das suas atrações turísticas mais importantes é a igreja de San Bartomeu e Santa Tecla que fica no alto da colina de la Punta, onde tem acesso a uma vista incrível sobre a praia.

Museus

No que respeita a museus, em Sitges pode visitar o Museu Cau Ferrat, o Museu Maricel e o Museu Romântico.

Ainda em circuito cultural pode ir até à Casa Bacardí. A Bacardí nasceu em 1862, em Santiago de Cuba, pelo catalão Facundo Bacardí Massó que era natural, nada mais nada menos, do que de Sitges, tendo emigrado para Cuba em 1830. Após uma vida cheia e de muito trabalho, Bacardí finalmente produzir o seu próprio rum e criar a sua empresa que é a maior destilaria de rum do mundo.

Nesta casa existente em Sitges, pode ficar a conhecer a história do fundador, o processo de fabrico do rum e o papel de Barcadí neste mercado. No final da visita, ainda é possível preparar um Mojito e um Cuba Libre.

O preço da experiência tem um custo de 9€, podendo degustar da bebida no final.

Praias

Especialmente nos meses de verão, é aconselhável usufrui da agradável praia de Sitges. Seja para apanhar banhos de sol e mar, seja apenas para ficar sentado no areal a contemplar o mar, visitar esta praia é uma experiência essencial para quem visita este destino. Não é por acaso que esta cidade também é conhecida como a Saint Tropez de Espanha.

Este destino conta com 11 praias, entre as quais a platja de Sant Sebastià e a platja dels Balmins, ambas com um ambiente muito familiar. Os restantes areais dão pelo nome de: platja de la Fragata, platja de la Ribera, platja de la Bassa Rodona, platja de l’Estanyol, platja de la Rieira Xica, platja de la Barra, platja de Terramar, platja de les Antuines e platja del Cellerot.

passeio por sitges

Caminhas pelas ruas

Percorrer as ruas da cidade e passear é a melhor forma de ficar a conhecer esta localidade por dentro, a qual por vezes se assemelha a uma cidade grega. Contacte com os habitantes locais e tire partido dos seus hábitos e costumes.

Gastronomia

Como em toda a Espanha, aqui a gastronomia também não desilude. A sugestão é para que se deixe render aos frutos do mar, mariscos, ostras, camarões, além da tradicional paella. Outra opção deliciosa são as tapas e petiscos, de azeitonas, jamón ibérico, anchovas, sopa fria (gaspacho), lulas, entre outras especialidades.

Para acompanhar, experimente o espumante local ou a sangria. Se não despensa um bom doce, então prove os suspiros, tortas e biscoitos da cidade.

Veja também