Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
19 Set, 2019 - 07:05
Como ajudar as crianças com os trabalhos de casa: 8 dicas essenciais

Como ajudar as crianças com os trabalhos de casa: 8 dicas essenciais

Catarina Milheiro

A hora de fazer os trabalhos de casa é, provavelmente, a mais odiada pelas crianças em geral. Saiba de que forma pode ajudar os seus filhos.

O artigo continua após o anúncio

Os trabalhos de casa podem significar, para muitas crianças, um momento do dia bastante aborrecido e em que a diversão fica totalmente de fora. É, por isso, essencial que a sociedade tente modificar um pouco esta visão que as crianças têm em relação aos trabalhos que trazem da escola para fazerem em casa.

O ano letivo 2019-2020 já arrancou, e com ele, vem também uma mudança nas rotinas dos mais pequeninos, principalmente para aqueles que iniciam agora o 1º ciclo do ensino básico.

É extremamente importante que, tanto os pais como os professores, compreendam que a mudança que se dá na vida das crianças a partir do momento em que existe uma quebra nas suas rotinas diárias (principalmente quando estão de férias), pode resultar num conflito entre pais e filhos, onde as brigas para realizarem os trabalhos de casa passam a ser diárias e aborrecidas.

Além disso, as crianças que irão agora iniciar o seu percurso escolar, podem não compreender a importância dos trabalhos de casa e é crucial que tanto os pais como os professores tentem incutir algumas regras e rotinas diárias que permitam a inclusão dos trabalhos de casa no dia a dia de cada uma das crianças.

Quando falamos nesta pequena alteração de rotinas, estamos automaticamente a relembrar que a rotina dos pais, por consequência, também terá de se alterar, de modo a que se consigam arranjar formas para ajudar os seus filhos.

8 dicas para ajudar na hora de fazer  dos trabalhos de casa

trabalhos de casa

Todos sabemos que há muita polémica envolvida na questão dos trabalhos de casa e é normal que surjam questões como:

  • “Devem as crianças, depois de um longo dia de aulas, trazer deveres para casa?”;
  • “Será recomendável que os pais ajudem os filhos com os trabalhos de casa?”;
  • “Será que isto não acaba por desgastar a relação entre pais e filhos?”.

A verdade é que a resposta a todas estas perguntas pode perfeitamente ser diferente de família para família e é importante que cada uma das famílias repense as suas rotinas e compreenda o que é melhor para o seu filho. No entanto, sabemos que as crianças são mais bem-sucedidas quando os pais mostram interesse, se preocupam e arranjam estratégias para lidar com a vida escolar dos seus filhos, incluindo esta questão da realização dos trabalhos de casa.

Se os seus filhos vão agora iniciar o seu percurso escolar, é essencial que, como pai ou mãe, adote algumas estratégias para que o choque da introdução de trabalhos de casa na vida do seu filho não seja tão grande:

O artigo continua após o anúncio
  • Comece por explicar a importância que a escola tem na vida do seu filho;
  • Opte por ir preparando, em conjunto com os seus filhos, o local de estudo onde irão ser feitos os trabalhos de casa e o estudo diário;
  • Explique-lhes a importância de existirem horas para brincar e horas para estudar e que há sempre tempo para tudo;
  • Vá com os seus filhos comprar o material escolar necessário e torne esse momento numa experiência agradável e divertida para ambos;
  • Para que as crianças não fiquem assustadas com o início do percurso escolar, dê o seu exemplo ou conte algumas histórias da altura em que entrou para a escola.

Lembre-se que, independentemente do ano escolar em que o seu filho se encontra, fazer os trabalhos de casa por ele, nunca deve ser uma opção; ajudá-lo não significa fazer por ele. Se tem alguma dificuldade em ajudar os seus filhos, atente nas dicas que temos para si.

1. Defina o local de estudo do seu filho

Para que as crianças compreendam que existem espaços para brincar e espaços para estudar, definir um local de estudo é o primeiro passo para tornar todo este processo mais simples.

Assim, opte por arranjar um local adequado, confortável e equipado com tudo o que é essencial para estudar sem que existam outro tipo de distrações (como telemóveis, tablets, televisões ou computadores).

2. Tenha paciência e não transmita energias negativas

Independentemente de o seu filho se encontrar já a estudar há alguns anos, ou de iniciar agora o percurso escolar, é extremamente importante que mantenha a paciência mesmo nas situações mais agudas, onde a realização dos trabalhos de casa se torna num autêntico inferno.

Por isso já sabe, mantenha-se calmo e transmita boas energias ao seu filho para que ele se possa sentir confiante e bem orientado. Lembre-se que o seu papel é oferecer apoio, transmitir confiança e segurança e orientar os seus filhos para o melhor caminho.

3. Planeie com antecedência um tempo de estudo, ou seja, uma rotina com um horário definido

Planeie uma rotina com antecedência e não “em cima do acontecimento”. Para desenvolver bons hábitos de estudo, é importante estabelecer uma rotina diária de estudo, sempre no mesmo horário. Através desta rotina, o seu filho conseguirá estar mentalmente preparado para dedicar algum tempo do seu dia aos trabalhos de casa, sendo muito mais produtivo e eficaz.

trabalhos de casa

4. Elabore uma lista de tarefas semanalmente e organize cada um dos dias da semana

Nem sempre é fácil organizarmos os nossos dias, mas quando o assunto são as crianças, é essencial que os pais façam um esforço para estabelecerem um dia por semana (por exemplo ao domingo), para elaborarem uma lista de tarefas semanais para os filhos se organizarem.

Reúna-se com o seu filho ao domingo e elabore uma lista para a semana que se avizinha, incluindo não só as horas para os trabalhos de casa, como também as atividades extracurriculares, os planos com os amiguinhos e as tarefas de casa.

O artigo continua após o anúncio

5. Partilhe técnicas de estudo

Atualmente é mais fácil encontrarmos várias informações do que pretendemos na Internet. No entanto, se quiser partilhar técnicas de estudo com o seu filho sem ter que recorrer ao online, pode optar por outro método: converse com a professora para conseguir ter ferramentas que ajudem o seu filho a fazer os trabalhos de casa de forma mais eficiente.

Se os resultados não estão a ser tão bons quanto ambos desejariam, talvez a solução passe por mudar a forma de estudo.

6. Demonstre ao seu filho que a organização é o primeiro passo para o sucesso

As crianças não nascem ensinadas e não pode esperar que o seu filho seja um mestre da organização se não lhe passa esse exemplo nas mais pequenas coisas em casa.

Sabemos que é desde pequeno que se vão criando alguns hábitos e, por isso, deve conversar com o seu filho e explicar-lhe a importância da organização para a sua vida, de forma a que consiga cumprir horários e prazos.

7. Esteja presente e disponível para o ajudar na hora dos trabalhos de casa

É essencial que esteja presente nas horas em que o seu filho está a fazer os trabalhos de casa, para que o possa ajudar no caso de surgir alguma dúvida.

Sabemos que nem sempre os nossos horários de trabalho nos permitem estar presentes em todos estes momentos, mas é essencial que (no caso de não conseguir estar presente neste horário), opte por se sentar com o seu filho antes do jantar e verificar os deveres que foram feitos.

8. Dê o exemplo

Se o seu filho nunca o vê a ler, dedicado a uma tarefa ou a fazer algo com entusiasmo, é possível que também ele não se interesse por muito. Por isso, opte por ler um jornal ou uma revista, ver programas televisivos com um conteúdo interessante e que permitam alargar a sua cultura geral (e a dos seus filhos), e ponha de parte o telemóvel enquanto está com eles.

Se passar todos os momentos com os seus filhos com o telemóvel na mão, o mais certo é que eles comecem a seguir o seu exemplo.

O artigo continua após o anúncio
Veja também