Assunção Duarte
Assunção Duarte
17 Jan, 2023 - 11:19

Como transferir dados entre iPhones

Assunção Duarte

Conheça as opções mais fáceis para transferir dados entre iPhones e escolha se precisa de uma transferências total ou parcial.

Transferir dados entre iphones

Transferi dados entre iPhones ficou mais fácil desde que a Apple passou a disponibilizar o Início Rápido (Quick Start) com a versão iOS 11, um recurso integrado que é utilizado para configurar automaticamente novos iPhones ou iPads.

Uma opção bem vinda já que as transferências clássicas via cartões de memória, tão habituais no ecossistema Android, não são possíveis nos iPhones. Mas esta opção de transferência rápida e automática tem nuances que podem não agradar a todos os utilizadores. 

Uma delas é o facto de não funcionar se um dos iPhones envolvidos no processo não possuir o iOS 11 ou superior. Outra está relacionada com o facto de, até à versão iOS 12.4, o recurso precisar sempre de recorrer a um backup armazenado na iCloud para poder efetuar a transferência de dados.

Outra dificuldade pode residir no próprio facto do Início Rápido funcionar apenas para a transferência da totalidade dos dados do dispositivo antigo, o que pode não ser do interesse de todos. 

O utilizador pode apenas querer recorrer temporariamente ao novo dispositivo, pelo que não necessita de ter tudo no novo telemóvel, ou, no caso da compra de um novo dispositivo, pode querer reformular a sua utilização, indo buscar apenas o que mais lhes interessa.

Por estas razões, deixamos-lhe aqui diferentes opções para que possa transferir dados entre iPhones da forma que melhor se adequa às suas necessidade.

Transferir dados entre iPhones: transferência total

Através do Início Rápido (Quick Start)

Se o seu objetivo é duplicar o conteúdo do seu telemóvel antigo num novo dispositivo, a melhor opção é mesmo o Início Rápido. Este recurso precisa que haja um backup do iPhone antigo na iCloud para as versões a partir do iOS 11 e até ao iOS 12.4, versão do sistema operativo a partir da qual passou a não ser necessária.

Para ambos os casos, basta que coloque os dois iPhones lado a lado e ligue os recursos Wi-Fi e Bluetooth no dispositivo antigo, aquele do qual quer transferir o conteúdo. De seguida ligue o novo iPhone pela primeira vez e aguarde que o ecrã do modo Início Rápido apareça.

Ao mesmo tempo que esse ecrã aparece, no ecrã do iPhone antigo irá surgir uma janela pop-up para que possa se usar a sua ID Apple. Deverá introduzi-la e escolher >Continuar. Neste momento uma animação irá aparecer nos dois ecrãs em simultâneo, similar graficamente ao QR Code.

Deverá então pegar no seu iPhone antigo e apontar a câmara para o padrão circular que surgiu no ecrã do novo iPhone, permitindo assim a sincronização entre ambos. Basta agora introduzir o código de acesso do iPhone antigo no novo iPhone, quando lhe for pedido, configurar o Face ID ou o Touch ID e inserir a sua ID Apple.

Neste momento, se os dois equipamentos tiverem o iOS 12.4, a transferência terá iniciado, mas se um dos equipamentos tiver uma versão inferior à 12.4 (e igual ou superior à 11), será pedido que escolha >Transferir os dados a partir da iCloud. O processo pode demorar algum tempo, num caso e noutro (a duração pode atingir os 15 minutos ou mais).

Tudo irá depender da velocidade da rede, da qualidade dos dois iPhones e da quantidade de dados que será necessário transferir. Se o processo estiver a acontecer entre os dois dispositivos, sem recurso à nuvem, não poderá utilizar o telemóvel até estar concluído. Se for através da iCloud, algumas funcionalidades já poderão estar ativas antes do processo terminar.

Limitações do Início Rápido: 

As contas gratuitas facultadas pelas nuvens nunca disponibilizam muito capacidade de armazenamento. Na iCloud a conta free oferece apenas 5 GB, muito pouco para um backup se pensarmos que os modelos de iPhone podem atingir capacidades de armazenamento de 64 GB ou mais.

Neste caso, se o seu Início Rápido precisar de um backup na nuvem, o melhor é aderir a um pacote pago durante o tempo necessário para fazer essa transferência, que posteriormente poderá cancelar. Senão optar por esta solução, salte para a frente neste texto e procure outras opções.

A transferência entre dispositivos através do Início Rápido pode ser acelerada se for feita via hardware e não ligação Bluetooth. Para tal basta comprar um cabo do género adaptador de câmara Lightning para USB para o acoplar ao cabo Lightning para USB padrão que vem com o iPhone e assim conseguir ligar os dispositivos um ao outro. 

Iphones 14
Há várias formas de assegurar que não perde dados do seu smartphone

Através do iTunes do computador, via cabo USB

À semelhança do que se acontece com a iCloud, neste método é necessário que possua um backup do seu telemóvel na aplicação iTunes do seu Mac.

Para conseguir esse backup basta ligar o iPhone antigo ao computador usando um cabo USB e abrir o iTunes. Escolha clicar no >Dispositivo, em >Resumo e depois no >Fazer backup agora, para dar início ao backup do iPhone antigo. 

Quando terminar desligue o iPhone antigo do cabo e ligue o novo iPhone. Siga as etapas de configuração até abrir o ecrã de aplicativos e dados.

Nesse momento escolha >Restaurar a partir do Mac ou PC, e ligue o seu novo iPhone ao computador que utilizou para fazer o backup via cabo USB. No iTunes, clique em >Dispositivo e selecione >Restaurar Backup. Agora escolha o backup que fez e aguarde a conclusão do processo.

Depois basta concluir as restantes etapas de configuração no novo dispositivo.

Transferir dados entre iPhones: transferência parcial

O AirDrop é um recurso do iOS que permite transferir todo o tipo de conteúdo (fotos, vídeos, documentos, sites, etc.) entre dispositivos compatíveis da Apple. Para dar início ao processo ative nos dois dispositivos as ligações Bluetooth e Wi-Fi e coloque-os bem perto um do outro.

Desligue o Personal Hotspot nos dois iPhones e active o AirDrop em ambos. Pode definir os aquivos que quer enviar de um para o outro, por exemplo escolhendo “Contactos” ou “Tudo” e depois >Partilhar, clicando em AirDrop e selecionando o dispositivo de destino.

No iPhone de destino, só tem de aceitar o que lhe está a ser enviado para garantir a transferência. 

Transferir algum conteúdo para um Mac ou um PC

Se ligar o iPhone antigo a um Mac, através do Finder (ou via iTunes para Windows/PC), pode arrastar apenas os arquivos e os conteúdos específicos que queira posteriormente transferir.

Desta forma, quando ligar o novo iPhone a esse mesmo computador, poderá arrastar estes itens para no novo dispositivo. Funciona bem se o objetivo não é transferir muitos dados.

Armazenamento na iCloud ou outra nuvem

Se o objetivo não é fazer um backup completo, pode sempre recorrer a uma conta gratuita na nuvem para guardar os dados do seu telemóvel antigo que posteriormente poderá transferir para o novo.

Conforme a sua gestão essa transferência até pode ser feita por sincronização o que permite uma atualização controlada dos seus conteúdos.

Veja também