ebook
           
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Patrocinado por Escola Virtual - Grupo Porto Editora
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
17 Jul, 2022 - 19:39

Vasos decorativos para interior: 7 dicas para usá-los

Catarina Milheiro

Saiba como utilizar vasos decorativos para interior e veja a diferença que eles podem fazer em qualquer ambiente.

Os vasos decorativos para interior são acessórios essenciais para quem quer ter um ambiente cuidado e bem decorado. Na verdade, se existe um objeto versátil, bonito e indispensável na decoração de interiores é precisamente o vaso decorativo.

Independentemente do tamanho, formato, cores e acabamentos, os vasos decorativos podem ser usados em diversos estilos de decoração, acabando muitas vezes, por serem as peças que chamam mais a atenção num determinado ambiente.

Por isso, se o objetivo é dar algum destaque à decoração de uma divisão em sua casa, opte por incluir este tipo de vasos em alguns locais – verá que fará toda a diferença. Não sabe como usar? Fique connosco.

Como usar vasos decorativos para interior

Se também quer dar algum destaque aos ambientes da sua casa, então saiba que recorrer a vasos decorativos para interior pode ser uma solução bastante simples e eficaz.

Atualmente, os vasos decorativos ganharam uma relevância maior e são muito mais do que um objeto onde se colocam plantas ou flores. Por serem bastante versáteis, este tipo de objetos podem ser dispostos em todas as divisões da casa – seja sozinhos ou numa composição.

Analise o espaço onde vai inserir os vasos decorativos

A primeira dica para aprender a usar vasos decorativos para interior é analisar muito bem o espaço onde os pretende colocar. Ou seja, se o objetivo for inserir vasos decorativos na sua sala (por exemplo), deve observar o espaço, o estilo da decoração, os móveis e as cores presentes.

A partir dessa observação vai encontrar as melhores características para os seus vasos: desde o tamanho, o formato até às cores. Normalmente, a melhor coisa a fazer passa por imaginar a peça desejada no local para tentar identificar aquilo que pode ou não valorizar no espaço.

Os vasos decorativos devem seguir o mesmo estilo da restante decoração

Tente seguir o mesmo estilo do seu ambiente. Isto é, se o espaço segue uma decoração um pouco mais clássica, opte por colocar vasos que também apresentem essa linha de design. Pode escolher peças com acabamentos mais sofisticados, em tons de dourados, que remetam ao requinte seguindo um padrão clássico.

Por outro lado, se o ambiente tiver um estilo minimalista e moderno, escolha vasos decorativos para interior mais simples e joviais.

Defina o tamanho ideal para os seus vasos

As dimensões mais indicadas do vaso vão depender do espaço para onde foi destinado. E nesta fase, é crucial que se lembre que tudo deve estar em proporção para que seja possível o ambiente ficar em harmonia.

Por exemplo: vasos demasiado grandes em espaços pequenos ficam normalmente estranhos, enquanto peças pequenas demais ficam desproporcionais para os requisitos do ambiente.

Se o ambiente onde quer inserir os vasos for pequeno, uma boa dica passa por optar por vasos mais pequenos e colocá-los em prateleiras ou até numa mesa de centro.

No fundo, o importante é determinar bem aquilo que precisa: se vasos para um centro de mesa, para colocar num canto do quarto ou em cima de uma cómoda.

Tenha cuidado com os materiais

Uma das dicas para adicionar vasos decorativos aos ambientes passa por escolher bem os materiais dos mesmos. Por isso, deve observar muito bem o espaço e o local exato onde o vaso vai ficar exposto.

Existem vasos de cerâmica, vidro, metal e até em pedra. E nos ambientes internos todos estes materiais são bem-vindos, mas a escolha deve ser feita com base do estilo de decoração.

Por exemplo: se a sua sala é moderna, com mobília em tons claros, pode incluir vasos de pedra ou metal. Normalmente ficam sempre bem e adicionam um toque especial ao ambiente.

Escolha as cores dos vasos

Imagine uma sala ampla e com um esquema de cores neutro – nada melhor do que acrescentar cor através de um conjunto de vasos decorativos sobre a mesa central, não é verdade?

No entanto, se se tratar de um espaço que já tenha cores presentes, os vasos podem funcionar como um suporte visual e enriquecer simplesmente a composição com a sua simples presença. Neste caso, escolha cores que neutralizem e combinem com as de fundo.

Se não sabe qual a cor ideal para os seus vasos, utilize o esquema cromático do ambiente a seu favor. Hoje em dia já o pode fazer através do seu telemóvel: tire uma fotografia e insira neste site. No final, tem acesso ao esquema cromático total e ainda aos códigos das cores.

Plantas nos vasos: sempre?

Esta é uma questão bastante comum. Contudo, os vasos decorativos não precisam necessariamente de ter plantas ou flores. De facto, como o próprio nome indica, eles são objetos de decoração – peças que já foram pensadas para se destacarem num ambiente.

Mas se gosta de plantas e quer utilizar um vaso decorativos com elas, não tenha medo. As plantas encaixam perfeitamente na maioria dos casos e podem complementar ainda mais a decoração do espaço. Pode, de igual forma, experimentar decorar os vasos com arranjos ou ramos de flores/folhas secas.

Alguns locais onde pode inserir os seus vasos decorativos

Como referimos anteriormente, os vasos decorativos podem ser colocados sobre as mesas de centro, mesas de jantar ou até nas mesinhas laterais. Podem ser utilizados em prateleiras, sobre cómodas ou outros móveis. Tudo vai depender do tamanho, estilo e da forma como se encaixam no ambiente.

Além disto, saiba que os vasos maiores também podem ser colocados diretamente no chão – esta é uma tendência que proporciona por norma, um design muito moderno e chic.

Nas casas de banho também podemos inserir vasos: seja por cima do lavatório ou até mesmo num cantinho no chão.

Para o ajudar fizemos uma listagem com alguns locais onde os pode colocar. Inspire-se connosco:

  • Nas mesinhas de cabeceira;
  • No cantinho do lavatório;
  • Por cima das cómodas;
  • No chão, por baixo de uma consola;
  • Sobre um aparador;
  • No centro da mesa de jantar;
  • Na ilha ou bancada da cozinha;
  • Em prateleiras;
  • No parapeito da janela.
Veja também