Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Araújo
Ana Araújo
26 Abr, 2018 - 16:30

5 alimentos anti-inflamatórios para incluir no pequeno-almoço

Ana Araújo

Aveia, ovos, frutos secos, iogurte e azeite. O que têm em comum estes ingredientes? Além de integrarem a dieta mediterrânica, são alimentos anti-inflamatórios.

5 alimentos anti-inflamatórios para incluir no pequeno-almoço

A inflamação é uma resposta do corpo a uma agressão externa. O objetivo do processo inflamatório é defender o organismo do agressor e dos problemas que este pode provocar, destruindo-o e bloqueando os seus efeitos. Conheça alguns alimentos anti-inflamatórios, que o podem ajudar a começar bem o dia.

Como tirar o melhor proveito dos alimentos anti-inflamatórios

Aveia

aveia

Considerado um superalimento, os benefícios da aveia são variados: redução dos níveis de colesterol; regulação do trânsito intestinal; regulação da pressão arterial e dos valores de açúcar no sangue, etc.

Além de todas estas vantagens, temos ainda de acrescentar o facto de não engordar e de fazer ainda parte dos alimentos anti-inflamatórios, ou seja, não é à toa que este alimento está na moda.

Uma forma de incluir este cereal na sua rotina é através das papas de aveia, sendo que a aveia é uma saudável alternativa aos cereais que as crianças consomem. As opções são várias e pode escolher fazer as suas papas com água, leite vegetal ou mesmo iogurte.

Pode ainda enriquecê-las com frutos vermelhos, banana, chocolate, canela, sementes, etc. Outra vantagem é que pode prepará-las no dia anterior, sendo que de manhã só terá de as aquecer.

Ovos

ovos

Estrelados, cozidos, mexidos, benedict, escalfados ou omolete? Os ovos assumem-me como um alimento versátil, rico em proteína e vitaminas, com pouca gordura saturada e, sobretudo, com baixo impacto no colesterol sanguíneo. São ainda considerados alimentos anti-inflamatórios, sobretudo pela sua riqueza em vitamina D.

A vitamina D é muito importante para o nosso organismo, uma vez que facilita a absorção do cálcio e diminui o risco de problemas ósseos e cardíacos. Além disso, esta vitamina é fundamental para um crescimento saudável, bem como para o fortalecimento dos dentes e dos ossos, diminuição do acne e até mesmo melhoria dos níveis de fertilidade.

Uma forma de tornar os seus ovos ainda mais saudáveis é cozinhar os mesmos com azeite.

Frutos secos

frutos secos

Ideais para quem gosta de petiscar entre refeições, as inúmeras vantagens dos frutos secos não são de menosprezar. As suas propriedades saciantes merecem especial destaque, assim como a sua riqueza em gorduras saudáveis e fibras, associado ao facto de contribuírem para o combate ao mau colesterol.

No entanto, também aqui há cuidados a ter. Deve evitar os preparados de frutos secos, que incluem doces, assim como os frutos secos salgados, como é o caso do caju com sal, as pipas ou ainda as amêndoas. Neste sentido, pode sempre fazer as suas próprias barras de cereais, combinando os diferentes benefícios dos frutos secos.

Iogurte

iogurte

Kefir, skyr, grego, natural, sem lactose, de aromas ou com pedaços! A variedade é enorme e muitos são os benefícios do iogurte.

Uma das particularidades deste alimento é o facto de ser uma prova de que as bactérias também podem ser benéficas. Um dos exemplos mais comuns é a lactobacillus e a capacidade que esta tem de atuar contra doenças inflamatórias do intestino. É ainda uma grande fonte de vitaminas e cálcio, sendo útil no combate à osteoporose e à hipertensão.

Por outro lado, a sua variedade é também sinónimo de versatilidade. Deste modo, ao adicionar outros alimentos de igual valor nutricional, consegue obter uma riqueza extra, tal como é sugerido na imagem ilustrativa, com chia e frutos vermelhos. Ainda assim, pode utilizá-lo para preparar as suas entradas, como é o caso do humus.

Azeite

azeite

Por fim, apresentamos um dos alimentos anti-inflamatórios que não podia faltar nesta lista: o azeite, também conhecido como ouro líquido. Ingrediente de presença obrigatória na dieta mediterrânica, não são de descurar os vastos benefícios do azeite.

Neste sentido, deixamos-lhe uma saudável sugestão para começar bem o seu dia: copiar um pouco da gastronomia espanhola, nomeadamente o pequeno-almoço. Para tal, nas suas torradas só tem de substituir a habitual manteiga pelo azeite. Deste modo, vai usufruir de todas as suas propriedades, nomeadamente o facto de ajudar no combate à dor, uma vez que possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

Uma recomendação final: sempre que possível, opte pelo azeite extra-virgem. Este tipo de azeite, de acidez mais baixa, não contém óleo refinado e é consideravelmente mais rico em antioxidantes.

Veja também: