Helena Peixoto
Helena Peixoto
02 Jun, 2019 - 00:00
7 dicas para aproveitar ao máximo a luz natural em casa

7 dicas para aproveitar ao máximo a luz natural em casa

Helena Peixoto

Qualquer casa com boa luz natural parece mais ampla, confortável e acolhedora, mas nem sempre sabemos tirar o melhor partido desta iluminação. Saiba como!

O artigo continua após o anúncio

Quando entramos numa casa com bastante luz natural ficamos sempre com a mesma sensação: a de não querer sair dali. Se for num dia bastante soalheiro, então não há nada como apreciar essa luz no sofá enquanto, até quem sabe, tiramos uma pequena sesta.

E se é verdade que existem algumas casas que, pela sua localização ou orientação, são mais “abençoadas” com esta característica natural, também é verdade que existem algumas dicas e truques que pode colocar em prática para que entre o máximo de luz natural para o seu lar.

Fique connosco e surpreenda-se com a facilidade de implementação de algumas delas.

Aproveitar ao máximo a luz natural: 7 conselhos úteis

1. Fachadas de vidro

As fachadas de vidro são um dos maiores aliados da luz natural que pode encontrar numa casa. Ao evitar uma grande quantidade de tijolo e pedra opaca e substituir por um material que, além de transparente ajuda a refletir a luz, vai tornar qualquer espaço mais amplo e iluminado. Por isso, se está a fazer um projeto de raiz ou se vai efetuar obras em casa e tiver oportunidade de escolher, pondere esta possibilidade para uma das zonas da casa!

Importante,no entanto, é mesmo escolher o tipo certo de vidro, geralmente entre o temperado e o laminado e com proteção de raios UV pelo bem da sua mobília.

2. Cores

pintar casa

A escolha de cores é outro ponto absolutamente fundamental na hora de deixar “entrar” a luz natural numa casa. Cores sombrias e escuras vão sempre absorver mais luz solar, pelo que deve evitar utilizá-las como cores dominantes.

Prefira tons mais neutros e até brilhantes, pois são os mais indicados para tirar o máximo partido da claridade que vem de lá de fora. O branco é a “piece de resistance” na hora de cumprir esta tarefa.

3. Atenção à vegetação circundante

Para garantir que o processo de iluminação natural vai ter sucesso na sua casa, convém verificar também o contexto cá fora. Vive numa moradia com jardim? Então, talvez não seja má ideia fazer uma análise a todas as árvores e arbustos que circundam a casa.

O artigo continua após o anúncio

Se forem bastante altos, vão, obviamente, bloquear a passagem do sol e da luz natural. Apare-os de forma a garantir que não vão ser um obstáculo para este seu objetivo. No caso de viver num prédio num andar baixo e identificar que as árvores do condomínio estão a afetar, reporte à equipa de gestão do prédio essa mesma preocupação.

4. Cuidado com os móveis

Sabia que ao colocar móveis em frente às janelas está a contribuir para que essa zona fique automaticamente mais escurecida? Deve antes optar por escolher peças decorativas que se adaptem à altura da janela, idealmente com o máximo de um metro de altura.

No caso de estarmos a falar de uma janela desde o chão até ao teto, então, deve mesmo deixar o espaço livre para conseguir aproveitar ao máximo a entrada de iluminação natural.

5. Janelas limpas

Esta dica pode até parecer um pouco estranha, mas a verdade é que a limpeza das janelas é aquela tarefa que acabamos sempre por adiar, seja por falta de tempo ou até por impossibilidade de lhes chegar, nomeadamente no caso de prédios altos ou em casas de pé direito elevado.

Mas, acredite, se quer dar um “boost” na luz natural de sua casa, não deve desconsiderar a importância desta tarefa. Mesmo que tenha de contratar uma equipa profissional, vai ver que vai valer a pena o esforço.

6. Iluminação zenital

iluminação zenital

Já ouviu falar neste termo? A iluminação zenital consiste, essencialmente, em toda a iluminação natural que surja de cima. Clarabóias, tetos e telhados transparentes pertencem a este grupo e contribuem, claro está, para aumentar em grande percentagem a luz natural de uma casa.

No entanto, este é um tipo de estrutura que necessita de bastante investimento e é indicada para áreas de maiores dimensões ou, então, para locais onde as janelas por si só não são suficientes para captar a luz natural.

7. Espelhos

Esta dica não será certamente uma novidade para si, mas nunca é demais reforçar a ideia: use e abuse de espelhos! Além de serem um objeto bastante útil e acessível em termos de preço, eles são também uma excelente alternativa para aprimorar a iluminação.

O artigo continua após o anúncio

Estude bem os locais onde os posicionar, sendo que preferencialmente deve colocá-los em frente a uma janela, de modo a que o reflexo da luz natural seja potenciado ao máximo.

Dicas gerais para tirar o maior partido da luz natural em sua casa

Fique com mais algumas das boas práticas gerais que deve considerar na hora de potencializar ao máximo a iluminação oferecida pela mãe Natureza lá por sua casa:

  1. Analise bem onde é que a luz bate em cada altura diferente do dia;
  2. Calcule a incidência solar e faça o cruzamento com o posicionamento dos móveis;
  3. Analise as variações de temperatura, o percurso do sol e a ventilação nos ambientes de sua casa;
  4. Se optar por fachadas transparentes, não se esqueça de ter cuidado com a questão da privacidade;
  5. Verifique se existe a necessidade de obter uma aprovação para alterações que queira fazer lá em casa.
Veja também