Publicidade:

12 ideias para poupar: simples e eficientes

Precisa de novas ideias para poupar? Nunca é tarde para adquirir novos hábitos que ajudem a aliviar o orçamento.

12 ideias para poupar: simples e eficientes
Alguns novos hábitos

Nunca é tarde para poupar alguns euros, através de hábitos que pode implementar no seu dia a dia. Se tem tido algumas dificuldades em imaginar onde cortar algumas despesas, deixamos-lhe algumas ideias para poupar. Simples, mas eficientes, para conseguir uma poupança significativa no seu orçamento.

12 ideias para poupar

1. Planeamento e preparação

Não é uma dica nova, nem inovadora, mas é a base de tudo. Se organizar as suas finanças, listas de desejos e listas de compras, vai evitar “asneiras” e gastos desnecessários. Pode confiar no papel e caneta, na sua agenda, nas listas que muitos sites e aplicações de compras já dispõem, ou numa das muitas apps do género que já existem. Vão ajudá-lo a identificar gastos supérfluos e a manter uma lista organizada. Não descuide de consultar os folhetos da semana e os cupões que pode utilizar.

2. Marcas brancas

supermercado

Ao ir ao supermercado, pode poupar uns bons euros ao preferir marcas brancas. Já não existem preconceitos sobre as mesmas, têm qualidade semelhante aos produtos de marca e saiba que muitas vezes têm a mesma origem. A diferença pode estar apenas nas embalagens. Experimente trocar dois produtos de marca para marca branca (detergentes e leite, por exemplo) e comprove a diferença no talão de compra.

3. Reaproveitar e reutilizar as embalagens de plástico

Esta é uma das melhores ideias para poupar e ao mesmo tempo, ajudar o meio ambiente. O plástico é um dos principais inimigos do meio ambiente, hoje em dia e, infelizmente, não é todo reciclado. Se o fosse, o impacto seria menor.

É importante limitar a utilização única de utensílios plásticos. Tente reutilizar garrafas (duas ou três vezes não terá problemas para a saúde), reaproveite caixas de gelado para embalar restos, frascos para fazer compotas ou guardar bolachas e biscoitos… Evite também usar palhas para beber e copos de plástico. Acabará por poupar alguns cêntimos também, o que a longo prazo poderá ser significativo.

4. Fazer os próprios presentes

Ao fazer presentes em casa está a poupar e a oferecer algo único e inimitável. Poupe os dez, vinte ou trinta euros que ia gastar num presente e faça os presentes de aniversário ou de Natal para oferecer a familiares e amigos. Desde bijuteria, molduras, golas e cachecóis em tricot, até produtos de beleza e bens alimentares.

5. Ser sustentável

sustentavel

É um facto que as promoções dos grandes supermercados são uma tentação, mas pense neste aspeto: quantas vezes o levam a comprar coisas que depois ficam acumuladas em casa? Quantas vezes pensa que está a comprar para o futuro, quando de facto, passados largos meses, os produtos continuam na despensa, por usar? Use as promoções para o que de facto usa. Seja sustentável ao combater esta espécie de desperdício. Acredite que é uma das melhores ideias para poupar.

6. Comprar localmente

Não deixe de consultar os preços que a mercearia, a peixaria e o talho da sua zona estão a praticar. Assim como agricultores da sua zona e os mercados diários. Pode ser agradavelmente surpreendido. Além disso, ter uma pequena horta no jardim ou num canteiro na varanda pode traduzir-se numa certa poupança.

7. Comer o que cozinha

Se não é adepto de levar marmita para o trabalho, reconsidere. Vai poupar dinheiro e comer de forma mais saudável. Dá algum trabalho, mas os benefícios são grandes a curto prazo. Dedique uma ou duas horas de um fim de tarde de domingo a preparar as refeições para a semana. Cozinhar mais em casa também o ajudará a poupar.

8. Rentabilizar equipamentos

Com esta dica queremos explicar-lhe que pode, por exemplo, usar o forno para cozinhar pelo menos dois pratos ao mesmo tempo, poupando assim uma utilização mais tardia e um gasto extra de eletricidade.

9. Ter atenção aos equipamentos electrónicos

poupar luz

Desligue o televisor quando não está a ver, apague as luzes quando sai de uma divisão, programe as máquinas de roupa e louça para lavar durante a noite (se tiver o tarifário correspondente), tenha atenção ao aquecimento da sua casa, etc. Uma série de comportamentos sustentáveis que poupam alguns euros.

10. Consolidar e saldar dívidas

Já ouviu falar em crédito consolidado? Pode ser a resposta aos créditos que tem contraídos e às prestações mensais que se vão acumulando, porque ajudam a poupar nas taxas de juro. Concentre-se também em direcionar dinheiro extra para pagar estas dívidas. Quanto mais cedo o fizer, melhor.

11. Vender o que já não é preciso

É sempre uma boa ideia fazer uma limpeza profunda aos armários e estantes de casa, para decidir o que já não precisa ou usa. Existem equipamentos electrónicos, ou de desporto, livros ou DVDs, mobília, e vários outros objetos, que pode vender online, em sites como o OLX ou Ebay.

12. Negociar contratos

Eletricidade, água, gás, televisão e internet, ginásio, subscrições que tenha… Organize estas despesas fixas e perceba se as pode negociar e recuperar algum dinheiro ao seu orçamento mensal. Precisa de tantos canais no pacote de televisão? Esse dinheiro pode ser destinado a uma viagem ou a um plano de poupança.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.