Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Helena Peixoto
Helena Peixoto
29 Out, 2018 - 16:03

Saiba como utilizar as cores neutras na sua decoração

Helena Peixoto

Se quando pensa em cores neutras pensa em coisas aborrecidas e pouco apelativas, leia este artigo. Uma correta utilização pode ter um resultado fantástico!

sala decorada em tons neutros

Vamos perceber, em primeiro lugar, o que são as cores neutras. As cores neutras são formadas essencialmente pelo preto, branco e cinza. Além disso, todas as possíveis tonalidades (claras e escuras) e intensidades (fracas e fortes) formadas através da mistura destas três, podem entrar no conceito – tal como o bege e o acastanhado.

O ABC das cores neutras

Apesar de, aparentemente, serem cores aborrecidas e sem arrojo, quando bem aplicadas estas cores podem transformar espaços decorativos em zonas em que todos querem estar e dignos de uma revista de decoração!

cores neutras

Mas, sendo neutras, serão mesmo cores?

Nunca é demais lembrar que as cores não são nada mais do que percepções visuais, isto é, são na verdade, impressões de faixas luminosas captadas pelos nossos olhos. No que toca às cores neutras, importante explicar que o branco é, na verdade, a soma de todas as cores do espectro e o preto é precisamente o oposto – é a ausência de luz.

Se misturarmos o branco com o preto surge, então, cor cinza, outra das cores neutras que contém pouco reflexo.

Cores neutras quentes e frias

Sim, as cores neutras também podem ser quentes ou frias; o que vai definir essa questão é o seu sub-tom. A verdade é que não há propriamente um consenso que defina objetivamente uma lista de cores neutras, daí que muitas pessoas se guiem pela regra de ‘se for uma cor discreta, ela é neutra’. Por exemplo: o azul marinho é considerado neutro por algumas pessoas, enquanto que para outras não o é. Já o rosa bebé reúne mais consenso, assim como o rosa ‘cor de pulga’ ou o cinza ‘cor de rato’.

Como utilizar as cores neutras?

Regra geral, as cores neutras não são utilizadas sozinhas, mas sim como complemento. Como elas possuem uma baixa intensidade, reflexo e energia, podem facilmente ser conjugadas com cores mais berrantes e de maior intensidade.

Seja em termos decorativos ou até mesmo no vestuário, as cores neutras são consideradas as mais elegantes e também aquelas que não exigem atenção para si, mas que realçam o visual e fazem resplandecer a pessoa que usa a roupa e não a peça. Certamente que já ouviu uma frase que disse, de alguma forma, que “umas calças pretas e uma camisa branca nunca falham”. O mesmo acontece nos ambientes decorativos. Não há que enganar com uma mobília branca, uma moldura preta ou um sofá cinzento. Estas cores nunca o vão cansar e vão imprimir aquela elegância decorativa que tanto procura.

Outra das vantagens das cores neutras é que pode utilizá-las e conjugá-las com cores mais intensas. Se é daquelas pessoas que adora um rosa choque, um vermelho bem vivo ou até um lilás elétrico, tenha em mente que o melhor será mesmo associá-las a cores neutras de forma a que a vista não fique muito cansada ou até mesmo confusa.

Guia prático de como usar cores neutras

cores neutras

Agora que já sabe um pouco mais sobre estas cores, vamos partilhar consigo algumas sugestões de utilização específicas na decoração de uma casa. Fique connosco e inspire-se!

Sala

A sala é uma das zonas da casa em que passamos mais tempo e não deve, por isso, ser uma divisória muito cansativa em termos de decoração. Uma das formas de usar as cores neutras na sala é a colocação de sofás brancos, por exemplo, paredes mais para o cinza, mobiliário branco também e depois apostar em pormenores com splash de cor: umas almofadas verdes bem alface, um candeeiro de pé com abajour vermelho, ou até mesmo uma das paredes da sala pintada de cor quente ou com papel de parede com algum padrão.

Cozinha

Na cozinha é super fácil utilizar cores neutras, além de que torna o espaço bem elegante e chique. Aposte em armários brancos – podem ser lacados ou não, revestimento de parede nos tons de cinza claro, mármores em tons beges e, se possível, eletrodomésticos metalizados. Vai conseguir um ambiente super moderno e muito agradável de se estar. E se tem medo que fique aborrecido, não se preocupe: coloque uns vasos com plantas bem verdes, flores e uma cesta de flores bem garridas.

 

Casa de banho

A casa de banho deve ser um local de relaxamento, boas energias e calma. E é por isso que faz todo o sentido usar as cores neutras! Tente aplicar cores neutras mais claras, sobretudo se a divisória for pequena, e balanceie depois com alguns itens decorativos mais escuros ou, se for do seu agrado, mais ‘berrantes’.

Pode, por exemplo, aplicar um tipo de revestimento em tons beges, mobiliário com brancos e depois uns toques de madeira aqui e ali.

 

Quarto

Faça do seu quarto o seu refúgio. Com ou sem cores neutras, este é o principal item a ter em conta, sempre! Mas, sendo o artigo sobre elas, aqui deixamos algumas dicas de utilização: paredes bege, uma parede de cinza mais escuro, cama e mobiliário branco, têxteis um pouco mais escuros, não necessariamente de cores neutras, almofadas em diferentes tonalidades… Dê asas à imaginação!

 

No fundo, a indicação nestes casos é mesmo utilizar as cores neutras como base de ponto de partida e depois brincar em pormenores com as outras cores. Vai ver que se seguir esta equação não há grande margem para erros. Boas decorações!

Veja também