Ekonomista
Ekonomista
01 Jul, 2022 - 16:28

Subsídios e pensões. Saiba qual o dia de pagamento em julho

Ekonomista

Conheça as datas de pagamento da Segurança Social em julho e fique a saber em que dia vai receber a pensão ou subsídio social a que tem direito.

Datas de pagamento da Segurança Social em julho

Como já vem sendo habitual, damos-lhe conta das datas de pagamento da Segurança Social em julho para que possa saber, com rigor, como gerir o seu mês do ponto de vista financeiro.

Com o objetivo de prestar um melhor serviço ao cidadão, a Segurança Social tem uma data fixa mensal para o pagamento dos subsídios sociais e pensões, permitindo um melhor planeamento e uma salvaguarda para os beneficiários, na medida em que sabem exatamente o dia em que recebem o subsídio.

Se é pensionista ou beneficiário de prestações atribuídas pela Segurança Social, consulte de seguida quais as datas de pagamento em julho de 2022.

Datas de pagamento da Segurança Social em julho

PRESTAÇÃOPagamentos (2)
Prestações Familiares15 de julho
Rendimento Social de Inserção22 de julho
Complemento Solidário para Idosos (1)8 de julho
1ª ParcelaDesemprego / Doença / Ação Social15 de julho
2ª Parcela: Desemprego / Doença / Ação social28 de julho
Prestação Social para a Inclusão8 de julho
Doença Profissional: pensões e subsídios1 de julho
Pensões8 de julho
Subsídio de Apoio ao Cuidador Informal28 de julho

1) Pago juntamente com a pensão.
2) Pagamentos por transferência bancária e vale postal. O pagamento por vale postal é feito a partir desta data. A emissão dos vales é efetuada por ordem alfabética.

Importa lembrar que no que diz respeito aos pagamentos que seguem por via postal, o tempo de chegada dos vales de correio está dependente dos CTT.

Adira aos pagamentos por transferência bancária

Se é pensionista ou recebe subsídios sociais pode optar pelo pagamento destas prestações da Segurança Social por transferência bancária. O dinheiro entra diretamente na sua conta bancária e fica disponível de imediato.

Além de mais rápido e cómodo, no atual contexto de pandemia esta é também a forma mais segura de receber os seus pagamentos, uma vez que não tem de se deslocar a um balcão dos correios para levantar o dinheiro.

Para aderir à transferência bancária, também não precisa de sair de casa. Pode fazê-lo através da internet no site da Segurança Social Direta. Se ainda não tem acesso à Segurança Social Direta, veja neste artigo como pedir a sua senha na hora.

A adesão à transferência bancária é gratuita, segura e simples. Só precisa de ter uma conta no banco e registar o seu IBAN na Segurança Social Direta. Veja como neste passo a passo e comece a receber os pagamentos sem atrasos nem extravios.

Veja também