David Afonso
David Afonso
14 Dez, 2021 - 13:59

Como eliminar ruídos parasitas no seu carro

David Afonso

Se lhe perguntarmos como eliminar ruídos parasitas no seu carro, sabe o que deve fazer? Se a resposta é não, descubra neste artigo!

Eliminar ruídos parasitas no carro

Ainda que não pareça, os nossos carros, por vezes, são como uma “enorme” caixa de ruído sobre rodas, com tantos componentes que podem gerar ruídos irritantes que, se algo começar a fazer barulho, enlouquecem-nos ao tentar encontrar a fonte. Há uma enorme variedade, mas vamos tentar ajudá-lo a descobrir como eliminar ruídos parasitas do seu carro.

No entanto, é importante ter em mente que alguns deles têm uma solução e outros não e que, dependendo da área de que falamos, correspondem a um tipo em específico. Sim, porque podem existir dois tipos de ruídos parasitas: internos (ruídos no habitáculo do carro) e externos (ruídos de motor ou mecânicos). Logo, se identificarmos que o barulho se enquadra num destes tipos, torna-se então mais fácil de agir.

Com efeito, vejamos então como resolver esta problemática e, saiba como soam e o que significam os ruídos parasitas mais comuns internos e externos.

Ruídos parasitas internos: quase um filme de terror

Como diz o nome, são todos os ruídos que surgem no habitáculo do veículo. Podem ser os mais simples possíveis, mas são os que mais chateiam. Os mais comuns são:

Fios folgados

Se ouvir barulho no tabliê, é provável que sejam os fios a bater em superfícies duras, por isso envolva-os em fita isolante ou espuma de borracha para evitar isto.

Assentos “chatos”

Se os assentos rangerem independentemente do peso do ocupante, as peças de ajuste podem estar mais “perras”, o que dificulta o seu ajuste. A solução é passar um pouco de óleo próprio para um melhor deslize.

Sistema de som diferente

Se notar barulhos nos painéis das portas quando o áudio toca sons mais graves, pode ser devido a altifalantes mal fixados, substituir os forros das portas de espuma e fixá-los corretamente.

Pedais

Os pedais quando rangem, especialmente quando desengata a embraiagem, deve-se frequentemente às juntas de pedais secas, que podem ser remediadas lubrificando-as com um spray próprio para o efeito. Este pode ser considerado também um ruído parasita no motor.

Caixa de velocidades

Se ouvir constantemente um som como o de um zumbido toda a vez que muda de velocidade, isso significa que precisa de trocar o óleo da caixa de velocidades. Tal como os pedais, este também pode ser considerado um ruído parasita no motor.

Ar condicionado

Quando o sistema de ventilação ou ar condicionado é acionado e ouve-se um zumbido, verifique se a entrada de ar está obstruída por poeira ou folhas e limpe-os.

Portas

Normalmente, a porta parece fechar corretamente, mas se não parar de bater, pode significar algum tipo de dano no pino da dobradiça. A solução passa por trocar esta peça.

Por isso, se algum destes barulhos alguma vez o incomodaram já sabe o que tem a fazer. Logo, eliminar ruídos parasitas internos vai ser com “uma perna atrás das costas”. Vejamos agora quais são os ruídos externos.

homem a conduzir carros emprestados

Ruídos externos: quando o exterior “bate” no ouvido

Quando o silêncio a bordo do carro é perturbado por ruídos externos, o mais comum é estarem ligados a estas situações.

Curvas

Estes barulhos podem ser percetíveis nas curvas. Isto pode ser devido a defeitos de rolamento da roda. Se o ruído aparecer numa curva para a direita, o rolamento da roda esquerda é provavelmente afetado, e vice-versa. Este problema terá de ser remediado no seu mecânico.

Vibração em alta velocidade

Vibração sentida no volante ou até mesmo quando acelera. Isto pode ser devido à entrada em funcionamento do ESP (em português, controlo de estabilidade de trajetória). Eliminar ruídos parasitas deste género é bastante comum. No caso, é corrigir este componente.

Eixos das rodas

Também são barulhos que se sentem mais em curvas, especialmente mais denunciadas. Pode dever-se a danos no eixo de transmissão das rodas, que terão de ser substituídos numa oficina.

Travões “barulhentos”

Mais um exemplo de como eliminar ruídos parasitas é essencial. Quem é que nunca experimentou ouvir estes barulhos vindos dos travões? No caso, as pastilhas de travão podem estar gastas e o suporte das pastilhas de travão esfregar contra o disco. As pastilhas de travão devem ser substituídas imediatamente; por vezes, o disco de travão também terá de ser substituído.

Escape

O tubo de escape solto fará um som de chocalho. Embora o ruído pareça um problema muito sério, a solução é simples: apenas se certifique de que todos os ganchos ou suportes de borracha estão no lugar.

Correias

Quando sob tensão, o alternador e a correia da bomba de água farão um ruído estridente. Se o ruído for proveniente da correia de transmissão, procure o seu mecânico imediatamente. Isto porque pode causar sérios danos ao motor.

Escovas limpa para-brisas incomodativas

O ranger das escovas limpa para-brisas pode ser bastante incomodativo. Para eliminar ruídos parasitas como este, basta substituir por umas novas.

Com efeito, estes são então alguns dos ruídos parasitas mais frequentes. Em qualquer caso, se houver um som estranho e mais constante, é altamente recomendável que se dirija imediatamente à oficina. Isto irá ajudá-lo a evitar um problema grave que vai para além de um ruído irritante e pode chegar à sua carteira (e não convém!).

Veja também