Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
25 Nov, 2019 - 12:03

7 hidratos de carbono que ajudam a emagrecer

Teresa Campos

Há hidratos de carbono que ajudam a emagrecer ou, pelo menos, podem ser incluídos sem peso na consciência na sua dieta. Saiba quais são!

Mulher a ver o peso numa balança

Habitualmente, os hidratos de carbono são vistos como o vilão de qualquer dieta e é o seu consumo que mais se aconselha reduzir. Porém, há nutricionistas que defendem que existem hidratos de carbono que ajudam a emagrecer e que devem fazer parte de uma dieta saudável e equilibrada.

Apesar de existirem dietas low carb (assentes no pressuposto de diminuir a ingestão de hidratos), também já há dietas dos “super hidratos”, onde este grupo alimentar ganha destaque e deixa de ser o “bicho papão” da alimentação.

Como em quase tudo, o segredo reside essencialmente no equilíbrio e em saber fazer as melhores opções, tendo em conta a variedade de alimentos disponíveis. E é isso que o vamos ajudar a fazer, partilhando consigo quais os hidratos de carbono que ajudam a emagrecer.

7 hidratos de carbono que ajudam a emagrecer

Mulher a decidir que hidratos de carbono comer

1. Arroz integral

Este arroz possui vitaminas A e B e muito pouca gordura. Além disso, é rico em magnésio, que é uma fonte de energia e ajuda a prevenir lesões.

Como tem fibra, este hidrato é muito saciante e capaz de melhorar o trânsito intestinal. Outras vantagens é não conter glúten e ajudar a prevenir a diabetes tipo 2.

2. Frutos secos

Apesar de um pouco calóricos, este snack é rico em proteína, fibra e gordura saudáveis. Um punhado por dia é a dose diária recomendada e que, por isso, não deve ser ultrapassada.

3. Pão de centeio

Numa dieta, não é necessário prescindir do pão, desde que se escolha o pão certo e se modere o seu consumo. Este cereal contém proteínas e vitaminas A e B, capazes de transformar os nutrientes em energia.

Além disso, possui minerais, como sódio e potássio, uma importante fonte de energia para o nosso corpo.

4. Abacate

Apesar de ser uma das frutas mais calóricas (talvez não soubesse disso!), o abacate possui um alto teor de gorduras saudáveis (equivalentes às do azeite).

Daí ser um alimento bastante recomendado, até porque é bastante versátil no que toca ao seu uso culinário.

5. Quinoa

A quinoa tem um alto teor de proteína, ácidos gordos (como os ómegas 6 e 3) e minerais, como potássio, magnésio, cálcio, fósforo e zinco. Além disso, contém vitaminas B e E que dão energia e têm um efeito antioxidante.

6. Fruta

Apesar de possuirem açúcares naturais, as frutas são essenciais em qualquer dieta, pois são também muito saciantes.

Assim, as frutas e os vegetais devem sempre estar presentes na alimentação diária, desde que não excedendo as doses recomendadas.

7. Aveia

A quantidade de fibra e proteína que este cereal possui tornam-no extremamente saciante, o que acaba por ser uma vantagem para quem está a fazer dieta.

Constituído por vitaminas, minerais e ácidos gordos (ómega 3), que trazem muitos benefícios para o organismo, é considerado um hidrato de carbono de absorção lenta, pelo que evita os picos de açúcar no sangue.

Colesterol
Não perca Bom e mau colesterol: conheça as diferenças e os seus impactos

a dieta dos “super hidratos”

Na dieta dos “super hidratos”, não pode comer descontroladamente hidratos de carbono. A ideia é incluir o seu regime alimentar quantidades moderadas de hidratos, gordura e proteína, rejeitando os modelos ‘high-fat’ ou ‘low-carb’.

Além disso, “super hidratos” não são todos os hidratos. O “super hidratos” devem ser ricos em fibra, funcionar como fonte de energia e desacelerar o processo digestivo. Estes hidratos devem ser ingeridos antes do treino ou de manhã.

Todavia, além dos hidratos de carbono, nesta dieta é também importante haver um consumo equilibrado de proteínas, gorduras e fibras, desde que ricas do ponto de vista nutricional.

Veja também