Luísa Santos
Luísa Santos
11 Set, 2019 - 14:38
iPhone 11 já chegou e não vem sozinho

iPhone 11 já chegou e não vem sozinho

Luísa Santos

O iPhone 11 é a nova aposta da Apple no mercado dos smartphones. Há mais câmara, mais bateria e melhor performance.

O artigo continua após o anúncio

O iPhone 11 já foi apresentado. Com ele, chega um “irmão mais velho”, o iPhone 11 Pro, em dois tamanhos diferentes. As fugas de informação que aconteceram durante o ano confirmaram-se em grande parte, fazendo antever melhorias na câmara e um novo design e construção da mesma.

iPhone 11: a grande novidade é a câmara

A concorrência é (muito) alta e tanto a Samsung como a Huawei apostaram muito na qualidade da câmara nos seus mais recentes smartphones. Tanto a família do Galaxy S10 como o P30 e P30 Pro estão equipados com as melhores câmaras do mercado.

O iPhone 11 tinha, por isso, que se tentar aproximar dos seus principais “rivais”, ainda que tenha ficado pouco próximo disso. A décima primeira geração da Apple vem substituir o iPhone XR e mantém a câmara dupla do XS, com diferenças no segundo sensor, que agora é um ultra angular e não um telephoto.

As câmaras

Ambas as lentes têm 12MP, uma angular com abertura de 26mm f/1.8 e outra ultra angular com abertura de f/2.4. A câmara frontal, por sua vez, foi agraciada com a tecnologia TrueDepth, para além de uma lente grande angular, capaz de incluir mais pessoas numa só fotografia. O Face ID está, também, mais rápido.

Outra das novidades da marca é o Night Mode, altamente melhorado face aos modelos anteriores. Há mais brilho, pormenores com melhor qualidade e outras melhorias do software da câmara, possibilitados pelo iOS 13.

Em termos de vídeo, a Apple afirma que o iPhone 11 é o telemóvel que melhor filma no mercado, com estabilização ótica nos dois sensores e possibilidade de gravação em 4K, a 60fps.

Novo design? Nem por isso

Em termos de design e construção, o iPhone 11 não foge muito àquilo que já conhecemos da marca, isto é, um aspeto muito minimalista e elegante. O notch frontal mantém-se, assim como a ausência do botão home.

A grande novidade está na parte traseira do smartphone, formando um quadrado de duas câmaras e um flash. Em termos dos materiais utilizados, houve um reforço na construção de forma ao smartphone ser mais resistente.

O artigo continua após o anúncio

O iPhone 11 tem 6.1” e é resistente à água segundo a certificação IP68. O leque de cores aumentou para seis: preto, verde, amarelo, roxo, vermelho e branco.

iphone 11

Fonte da Imagem: Apple/Divulgação

As melhorias internas

Para além das mudanças do aspeto exterior da câmara traseira, também internamente existem mudanças. O iPhone 11 está equipado com um processador SoC A13 Bionic, 20 a 40% mais potente que o anterior A12 e capaz de desempenhar várias tarefas em simultâneo sem comprometer o seu normal funcionamento – para além de contribuir ativamente para a poupança de bateria.

O iPhone XR já tinha uma das melhores baterias do mercado, mas o iPhone 11 promete mais uma hora de autonomia em comparação com o modelo anterior.

Em termos de memória, o novo smartphone estará disponível em três versões: 64GB, 128GB e 256GB, sem possibilidade de aumento como, de resto, já tem vindo a ser prática da Apple. Tudo se altera, e está melhorado, no caso do iPhone 11 Pro, que conta com três câmaras traseiras.

Preço e lançamento

O iPhone 11 pode ser reservado a partir do dia 13 de setembro e chaga oficialmente às lojas no dia 20 de setembro, com um preço inicial de 829€. Nem todos os preços baixaram, ao contrário daquilo que Tim Cook tinha afirmado.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp