Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Inês Pereira
Inês Pereira
02 Jan, 2020 - 07:43

O que significa ir a recurso na faculdade

Inês Pereira

O ensino superior é uma altura stressante para qualquer aluno. Assim, é importante saber tudo sobre ir a recurso na faculdade.

estudante a apontar notas no caderno

Além da avaliação contínua e dos exames de época normal, existe também a possibilidade de ir a recurso na faculdade. Afinal, apesar de todo o esforço, nem sempre se consegue ter uma avaliação positiva em todas as cadeiras na primeira tentativa.

Depois de três anos de esforço no secundário para conseguir uma média que permita ingressar na faculdade de eleição, a entrada no ensino superior pode ser assustadora. Novos professores, mudança de escola (e, por vezes, de cidade), novas pessoas e, claro, maior exigência. E, como seria de esperar, os maiores culpados de toda a ansiedade são os exames.

Nos casos em que os alunos não passam nos exames da época normal, o recurso podem ser uma valiosa ajuda.

Assim, parece importante saber de cor e salteado toda a informação sobre este tipo de avaliação que, em tantos casos, é a salvação dos alunos. Ir a recurso na faculdade pode ser a solução para passar de ano.

Ir a recurso na faculdade: saiba tudo sobre esta forma de avaliação

exame de avaliação

Entrar na faculdade significa uma adaptação que chega até aos métodos de avaliação. Está na altura de esquecer os dois testes por período e começar a ganhar o hábito de fazer vários trabalhos e apresentações, estudar para os exames e, quem sabe, fazer as tão temidas avaliações orais.

Antes de mais, e importante saber quais as metodologias de avaliação possíveis no ensino superior:

  • Avaliação contínua: assim como no ensino secundário também na faculdade é possível passar numa cadeira através de avaliação contínua. Nesta modalidade o aluno é avaliado com base em trabalhos, individuais ou de grupo, e testes, sempre realizados ao longo do semestre. Claro está que nem todas as cadeiras prevêem este tipo de método, pelo que existem variações;
  • Exames de época normal: nas cadeiras que não contemplam avaliação contínua os alunos obtêm a sua nota final através do exame de época normal. Contudo, também os alunos que chumbaram em avaliação contínua têm nos exames de época normal uma hipótese de passar à cadeira em causa;
  • Exames de época de recurso: estes exames representam a segunda e última oportunidade para obter aprovação a uma cadeira. No caso de chumbarem na época normal, é na época de recurso que os alunos poderão apostar as suas fichas. Esta é também a oportunidade dos alunos que queiram fazer melhoria da sua nota final (que tenha sido obtida por avaliação contínua ou por exame de época normal);
  • Exames de época especial: a época especial destina-se a casos muito específicos, como o caso dos estudantes finalistas (que em caso de aprovação obtêm o grau) e aos trabalhadores estudantes, entre outros exemplos previstos nos regulamentos da instituição de ensino;
  • Avaliação contínua e exame: embora seja raro, algumas instituições de ensino prevêem ainda outra metodologia, que mistura a avaliação contínua com a realização do exame em época normal. Nestes casos, são realizados trabalhos ao longo do semestre e o único teste de avaliação é precisamente o exame final da cadeira.

Posto isto, importa referir que existem dois períodos de avaliações por exames e que, regra geral, decorrem em janeiro/fevereiro e junho/julho, altura em que terminam o primeiro e o segundo semestre, respetivamente.

Quem pode ir a recurso na faculdade?

Bom, todo e qualquer aluno que não tenha conseguido avaliação positiva numa cadeira e que procure, através deste exame, passar, pode ir a recurso.

Em algumas faculdades, o aluno fica automaticamente inscrito nos exames a partir do momento em que chumba, mas alguns estabelecimentos de ensino exigem que seja o próprio a fazer a inscrição. No caso de se tratar de uma melhoria de nota o aluno fica obrigado a tratar da inscrição junto dos serviços académicos.

Existem duas grandes vantagens de ir a recurso na faculdade:

  • a possibilidade de melhorar uma nota menos feliz;
  • a oportunidade de conseguir avaliação positiva aquando do chumbo em avaliação contínua ou em época normal.

Trata-se de um recurso de grande importância para os alunos, na medida em que lhes dá a confiança de que nem tudo está perdido e que têm ainda uma oportunidade de atingir o seu objetivo.

Veja também