Júlia de Sousa
Júlia de Sousa
20 Mar, 2016 - 09:00
Ministério da Educação vai abrir 100 vagas no próximo ano letivo

Ministério da Educação vai abrir 100 vagas no próximo ano letivo

Júlia de Sousa

Quase metade das vagas são para educadores de infância e professores de ensino especial.
 

O artigo continua após o anúncio

{%%affiliation_html_715%%}O Ministério da Educação anunciou a abertura de 100 vagas para professores no próximo ano letivo.

A informação foi publicada em Diário da República (portaria nº 43-A/2016) e define as vagas do concurso externo de professores para o ano letivo de 2016/2017.

Segundo a portaria, a maioria das vagas são para escolas das zonas de Lisboa e do norte do país e quase metade destas são para educadores de infância e professores de ensino especial.

Em termos práticos, o Quadro de Zona Pedagógica 7 (QZP 7), que abrange escolas na zona de Lisboa e na Península de Setúbal, é o que mais vagas vai receber (63 no total), seguindo-se o QZP 6, que abrange a Lezíria, o Oeste e o Médio Tejo, com 13 vagas abertas. Já para o QZP 1 (Braga, Viana do Castelo, Porto e Tâmega) foram atribuídas 9 vagas. 

Para o QZP 2 (que abrange as regiões do Douro Sul, Vila Real e Bragança) e QZP8 (Alto Alentejo e Alentejo Central) está definida apenas uma vaga para um professor do grupo de recrutamento de Espanhol.

A Educação Especial 1 é o grupo de recrutamento que mais vagas vai absorver (30 no total), seguindo-se depois a Educação Pré-Escolar (com 15 vagas), a Educação Moral e Religiosa Católica (com 9 vagas abertas), a Educação Física (com 7) e o 1.º Ciclo do Ensino Básico (com 5). 

No que ao ensino de línguas diz respeito, apenas o Espanhol vai ser alvo de recrutamento, existindo 5 vagas para professores para as zonas anteriormente mencionadas.

Enquanto não abrem, esteja atento a outras vagas de emprego para professores.
  {%%affiliation_html_716%%}
Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp