Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
24 Nov, 2020 - 14:15

Varanda dos Carqueijais: vista deslumbrante a caminho da serra

Mónica Carvalho

No ano em que se assinalam os 150 anos de elevação da Covilhã a cidade, nada melhor para celebrar do que com o renovado Miradouro Varanda dos Carqueijais.

Panorama da varanda dos carqueijais

O Miradouro Varanda dos Carqueijais parece flutuar sobre o vale como se fosse uma nuvem. A nova estrutura criada para revitalizar a zona, mas também para assinalar os 150 anos de Covilhã enquanto cidade, permite ver a superfície plana da Cova da Beira e, no fundo da encosta, a cidade da Covilhã que se prolonga até ao início da elevação da Serra da Estrela.

As vistas no local já eram incríveis, mas um muro de pedra limitava o local. Esta estrutura pedonal suspensa é ainda mais bonita e extraordinária, pois parece entrar pela paisagem adentro, proporcionando uma sensação de contacto com a natureza, quase como se a ela pertencêssemos desde sempre.

Visitar o local é, assim, um verdadeiro escape dos problemas, da rotina, de tudo o que não nos faz bem, para recuperarmos energias neste contacto tão próximo com o vale e com a serra.

Conheça melhor o miradouro suspenso

O Miradouro Varanda dos Carqueijais transformou “um local emblemático e que não deixava ninguém indiferente” e que já era paragem obrigatória de quem subia à Serra da Estrela, num ponto de interesse único, “com uma arquitetura feliz que entra pelo vale”, afirma Vítor Pereira, presidente da Câmara Municipal da Covilhã.

A estrutura suspensa está instalada num terreno com cerca de 800 metros quadrados de elevadas condições de segurança, até porque o local é ponto de paragem obrigatória para muitos visitantes. Com esta alteração inovadora, prevê-se que a afluência seja ainda mais intensa.

Esta varanda natural permite, então, usufruir do espaço e da paisagem envolvente de forma segura. Até porque, além do novo miradouro suspenso, com chão em vidro para uma maior amplitude de observação, foi também criado um anfiteatro que segue a morfologia natural do terreno, bem como uma plataforma de nível onde se poderá permanecer a absorver tudo aquilo que os olhos testemunham.

Trilhos para caminhadas

Associado a este espaço existe ainda uma rota de 7 percursos pedestres, que ocupam um total de cerca de 100 km, perfeitos para desafiar os espíritos mais aventureiros e que não dispensam um passeio ao ar livre.

O miradouro, e os percursos, representam um investimento de 270 mil euros e é apenas o primeiro de um conjunto de quatro miradouros que a Câmara Municipal da Covilhã planei construir. Os restantes, no Altos dos Livros, Covão e Nave de Santo António já têm concurso aberto para iniciar a construção.

Panorâmica da serra da estrela

Pontos de interesse na Covilhã

Quando visitar o Miradouro Varanda dos Carqueijais, aproveite para conhecer a cidade que o alberga. Covilhã, situada em plena Serra da Estrela, é o exemplo perfeito de uma cidade de montanha, um cenário raro no urbanismo português, o que a torna num destino muito especial.

É certo que a montanha é, assim, o principal atributo da cidade, visto que está localizada no coração da Serra da Estrela entre as ribeiras de Carpinteira e Goldra – historicamente tão importantes para a indústria da lã, que ainda hoje marca a região, ainda que de forma menos imponente.

A universidade, reestruturada na era contemporânea, é também outro dos polos importantes para impulsionar a economia, cultura e vida locais.  

Ribeira da Carpinteira

Quanto aos pontos mais culturais, então, sem dúvida que a ponte sobre a ribeira da Carpinteira é um local a conhecer. É uma das maiores pontes pedonais em Portugal, com 52 metros de altura – o equivalente a um edifício de 17 andares, 220 metros de comprimento e 4,40 metros de largura. A ponte é usada para caminhadas e ciclismo e está localizada sobre o vale da Carpinteira e as colinas de granito do fluxo do rio, onde ainda é possível observar as fachadas das fábricas vazias e as paredes de granito das estruturas de secagem de lã.

Com o objetivo de facilitar o acesso pedonal à zona antiga da cidade, foi construído o funicular Santo André, cuja visita poupa-lhe uma subida de 162 degraus e oferece-lhe mais uma perspetiva sobre a paisagem de cortar a respiração que a Covilhã tem para oferecer.

Paisagem dos trilhos da serra da estrela
Não perca 5 trilhos da Serra da Estrela para explorar uma paisagem única

Judiaria e termas

Naturalmente que visita a esta cidade não dispensa a antiga Judiaria, com as suas ruas estreitas e janelas manuelinas, a Capela de São Martinho, a Capela de Santa Cruz e o Museu dos Lanifícios.

E até para relaxar ali encontra uma excelente opção: as Termas de Unhais da Serra, integradas numa unidade hoteleira, são consideradas o primeiro spa de montanha de Portugal.  

E com tanto passeio, claro que a fome começa a apertar. Assim sendo, saiba que queijos, presunto e broa de milho são presenças frequentes à mesa, acompanhados de bons vinhos da região.

Veja também