Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
21 Nov, 2022 - 14:23

Toyota Prius: novo modelo é mais arrojado e chega em 2023

Valdemar Jorge

O Toyota Prius, desbrava novos caminhos tecnológicos, com esta arrojada quinta geração. Conheça o novo modelo, que chega em 2023.

Novo Toyota Prius

Desde 1997, ano em foi lançada a 1.ª geração, o Toyota Prius revelou-se um modelo inspirador do futuro da mobilidade sustentável.

A marca nipónica, que atualmente tem no seu portfólio uma gama de veículos que abrange diversas tecnologias, entre as quais estão, elétricos a bateria (BEV) e elétricos a pilha de combustível – fuel cell (FCEV), continua apostada em deixar uma pegada mais ecológica apresentando automóveis cada vez mais eficientes e com reduzida emissões de carbono.

O Prius foi pioneiro em 1997. E a nova geração (a 5.ª) apresentada (16 de novembro de 2022) no Japão e no Salão do Automóvel de Los Angeles, estreará na Europa dia 5 de dezembro, e continua a perseguir esse sucesso ao dar mais um importante passo. Na Europa estará disponível, exclusivamente, com proposta Plug-in Hybrid.

Inspirador de outros modelos o Prius, que já atingiu a posição de ícone no seio da Toyota, apresenta na 5.ª geração um sistema Plug-in Hybrid mais evoluído, mais potente e com apoio de uma bateria de alta capacidade.

Design: Toyota Prius com novo estilo

Ao longo dos anos, o design do Toyota Prius revelou-se pouco consensual. Por muitos era considerado um modelo do género “amas-me ou odeias-me”. Mas a tecnologia, a inovação, a eficiência, a economia e o prazer de condução cativavam os puristas da marca nipónica.

E o Prius foi conquistando cada vez mais espaço no seu segmento, ajudando a Toyota a chegar à fasquia de 20 milhões de veículos eletrificados comercializados em todo o mundo. Números que se refletem, ainda, na melhoria da qualidade do ambiente evitando que mais de 82 milhões de toneladas de emissões CO2 entrassem na atmosfera.

O Toyota Prius de 2023 rasga com o passado e apresenta um design moderno e muito elegante.

O modelo assenta na plataforma GA-C de segunda geração da Toyota New Global Architecture (TNGA) que de reduz o peso, aumenta a rigidez do automóvel e, ao mesmo tempo facilita o alojamento da bateria, que tem maior dimensão, e do tanque de combustível.

Mais curto, mas mais largo

A nova plataforma é ainda responsável por o Prius ser mais largo 20 mm e 50 mm maior entre eixos. No entanto, o automóvel regista um cumprimento 46 mm mais curto que o modelo da anterior geração. A razão é que as rodas estão colocadas mais próximo das extremidades da carroçaria.

Ainda no exterior, o destaque vai para o apelativo design que causa de imediato empatia a quem olha o novo Toyota Prius pela primeira vez.

A dianteira tem um desenho mais pontiagudo que faz lembrar as fortes linhas do SUV elétrico bZ4X. Os faróis recortados estão integrados na grelha e a ampla abertura inferior no para-choques faz sobressair o caráter dinâmico do Prius.

As linhas de força dos painéis laterais da carroçaria são mais ousadas. Terminam numa secção traseira esculpida com os farolins unidos por um elemento de iluminação linear tridimensional de LED (vermelho), em fundo preto, que domina toda a área e que, no centro, acolhe o logótipo do Prius.

Outro pormenor interessante é a não existência da maçaneta da porta traseira, agora integrada na coluna, de modo a não ser um elemento perturbador do fluxo de ar que circunda a viatura.

As jantes disponíveis podem adotar pneus de diâmetro maior, de até 19 polegadas.

Novo Prius a sair em 2023
O novo Toyota Prius pode fazer até 75 quilómetros em modo elétrico

Habitáculo moderno e tecnológico

À semelhança do exterior também no habitáculo do novo Prius tudo é novo. Desde logo está mais espaçoso, o que é uma mais-valia para quem nele viaje. Toda a conceção do habitáculo assenta no novo conceito “Island Architecture”, que evidencia um interior limpo e espaçoso.

A posição de condução é mais baixa sugerindo uma sensação mais desportiva ao condutor. O painel de instrumentos tem novo desenho e integra um grande ecrã de informação e entretenimento de 12,3 polegadas. É através deste equipamento que se interage com o Toyota Audio Multimedia, que tem capacidade de receber atualizações remotas “Over-the Air”.

Já o painel de instrumentos – ecrã LCD TFT de 7 polegadas – colocado bem na frente do condutor, acolhe todas as principais informações do automóvel. Este ecrã colocado em posição superior, bem na linha de visão do condutor, concentra todas as notificações do Toyota Safety Sense, além das tradicionais informações relativas à velocidade e alertas luminosos.

Um outro elemento que apresenta alterações é o volante, mais tecnológico. Este concentra diversos botões que permitem interação com o ecossistema do automóvel, sem que o condutor necessite tirar as mãos do volante. Muito à semelhança do que se passava com as anteriores gerações do Toyota Prius.

Notam-se ainda atualizações na consola central, nomeadamente no novo seletor da caixa de velocidades e nos comandos do ar condicionado (que são físicos e não digitais). Existem diversos porta-copos e espaços para arrumação de pequenos objetos de uso diário.

Da lista de opcionais do Toyota Prius, destaca-se a possibilidade de montagem de um painel fotovoltaico que pode gerar eletricidade a partir de uma fonte renovável.

Toyota Prius: 5.ª geração mais potente

O novo Toyota Prius recebe ainda um novo conjunto propulsor, mais moderno e avançado tecnologicamente. Na gíria, traduz mais potência.

O motor atmosférico de combustão a gasolina é agora um 2.0 litro que debita 148 cv. O motor elétrico é ainda mais potente atingindo 160 cv. A potência total combinada é de 223 cv. Muito perto do dobro da potência da geração anterior que tinha 122 cv.

Mas não é tudo. Para conseguir atingir estes números, a Toyota teve de adotar uma bateria de maior capacidade. Dos anteriores 8,8 kWh a capacidade da bateria passou para 13,6 kWh, o que reforça sobremaneira a autonomia em modo elétrico.

Note-se que a bateria está instalada sob o banco traseiro de modo a não prejudicar o espaço da bagageira.

O novo Prius deverá percorrer até 75 quilómetros em modo exclusivamente elétrico (ciclo WLTP). Recorde-se que o atual modelo alcança apenas 50 quilómetros em modo zero emissões.

O Toyota Prius da 5.ª geração reforça o prazer de condução, um dos fatores que o torna num modelo referência no seu segmento.

Resta esperar até à primavera de 2023 para descobrir se assim é!

Veja também