Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
18 Out, 2022 - 10:20

Existe uma ordem correta para lavar a loiça: siga os 6 passos

Catarina Milheiro

Sabia que há uma ordem correta para lavar a loiça? Descubra como deixar a bancada sempre arrumada de forma eficaz.

Nem sempre é fácil encontrarmos alguém que goste realmente de lavar a loiça. Mas e se lhe dissermos que existe uma ordem correta para lavar a loiça que vai tornar esta tarefa obrigatória menos desgastante?

A verdade é que reservar uns minutos para o fazer entre uma refeição e a outra e ter de mexer nos resíduos com gorduras dos alimentos não é muito agradável.

No entanto, se pensarmos bem, é possível seguirmos alguns passos simples que nos vão trazer praticidade para as nossas rotinas diárias e ajudar-nos com este hábito. Fique connosco e saiba como otimizar o seu tempo na cozinha.

A ordem correta para lavar a loiça: 6 passos para simplificar

Talvez nunca tenha refletido sobre qual a ordem correta para lavar a loiça. Mas a verdade é que ela existe e deve ser cumprida para que consigamos poupar tempo, energia e concluirmos com eficácia esta tarefa. Confira o passo a passo.

1.

Separe a loiça que precisa de ser lavada

Não há nada pior do que acabarmos de lavar a loiça e encontrarmos copos ou pratos sujos pela casa. Para que isso não aconteça e para que não tenha de perder mais tempo na cozinha é essencial que reúna toda a loiça suja espalhada pela casa.

Verifique se não há copos de água nos quartos ou, até mesmo, pratos de sobremesa que ficaram do pequeno-almoço ou lanche e coloque no lava-loiça.

À medida que vai recolhendo os pratos e talheres da refeição, experimente formar 4 grupos de loiça suja sobre a sua bancada: um com os copos e taças, outro com todos os talheres, o terceiro grupo é o dos partos e o quarto grupo corresponde ao das panelas, travessas e frigideiras. Desta forma, conseguirá poupar muito mais tempo.

A chave é a organização que precede a lavagem da loiça.

2.

Elimine o excesso de sujidade

Depois de reunir e separar toda a loiça que tem para lavar, chegou o momento de remover o excesso de sujeira das loiças. Para o efeito, coloque o caixote do lixo perto de si e comece a limpar os pratos com a ajuda de um guardanapo que esteja usado.

Neste passo, o importante é que os restos de comida não se depositem no lava-loiça. Afinal, isso pode causar entupimentos no esgoto e contribui para o mau cheiro e criação de bactérias.

3.

Deixe tudo de molho para otimizar tempo

Assim que tiver eliminado o excesso de sujidade das loiças, está na hora de reservar uns minutos para deixar tudo de molho com água e detergente. Este passo permite-lhe tornar a tarefa mais prática e ajuda-o ainda a economizar tempo no momento da lavagem.

A partir do momento em que começar a depositar loiça na bancada, coloque um pouco de água dentro dos copos, para evitar que os restos de líquidos acabem por ficar colado no fundo.

Depois, para não correr o risco de perder muito tempo, deixe os talheres dentro dos copos e panelas que possam estar com água no seu interior. Esta técnica permite que os restos de comida presentes nos mesmos fiquem amolecidos.

Como as panelas, tachos e frigideiras são os últimos a serem lavados, têm mais tempo para ficarem de molho. Por isso, deixe-os com água e um pouco de detergente enquanto lava o resto da loiça.

4.

Comece sempre pelo mais fácil

No momento em que temos de lavar a loiça, outro detalhe que faz também a diferença é a ordem que escolhemos para começar e terminar a tarefa. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, esta não deve ser uma escolha aleatória: deve ir das mais fáceis para as mais difíceis.

Ou seja, comece pelos copos e taças, que têm normalmente menos gordura e são bem mais fáceis de serem limpos. De seguida, passe para os talheres e depois para os pratos. O ideal é deixar os tachos, panelas ou outros recipientes maiores para o fim.

Por isso já sabe, se tiver dúvidas sobre qual a ordem correta para lavar a loiça, lembre-se que deve começar sempre pela loiça que tem menos gordura até chegar às mais gordurosas.

5.

Coloque água quente e detergente nas loiças mais sujas

Por vezes, mesmo deixando as panelas de molho durante alguns minutos, temos dificuldade em lavá-las. Para o ajudarmos também nesta tarefa, aquilo que deve fazer é colocar um pouco de água quente e algumas gotas de detergente na panela e levá-la ao fogão.

Ligue em lume baixo por apenas uns minutos. Verá que o calor e o sabão irão a ajudar na remoção da gordura.

Para além disto, é também importante relembrar que o óleo das frigideiras não deve ser despejado diretamente no lava-loiça. Ao fazê-lo, saiba que poderá entupir os canos e estará a contaminar o meio ambiente.

Para evitar esse problema, o melhor a fazer é ter sempre à mão uma garrafa ou qualquer outro recipiente para armazenar o resto do óleo utilizado na cozinha. Assim que estiver cheio, pode depositá-lo num oleão (atualmente estão disponíveis em quase todos os supermercados, por exemplo).

6.

Secar ou não secar a loiça lavada?

Há quem goste de pegar no pano da loiça e começar a secar tudo de imediato e há quem prefira deixá-la a secar naturalmente para que não tenha que perder tanto tempo.

Na verdade, neste passo não existe certo e errado. Tudo depende da sua disponibilidade e disposição no dia-a-dia. Se preferir secar a loiça e arrumá-la logo a seguir à lavagem, então ficará de imediato com uma cozinha com cara de limpa e arrumada.

Caso opte por deixar a loiça escorrer e secar naturalmente, basta guardá-la depois – neste caso, prepare-se para voltar à cozinha novamente.

Veja também