Maria Graça
Maria Graça
12 Jan, 2023 - 16:13

Penedono: o toque medieval que não vai querer perder

Maria Graça

Vista do castelo, Penedono é uma vila dos tempos medievais. Mas vista mais ao perto, há muito mais a ter em atenção. Siga o nosso roteiro.

Castelo de Penedono

O nosso país é rico em aldeias e vilas com muita história, património e heranças antigas. Penedono é uma delas. Localizada nos derradeiros limites da Beira, junto aos socalcos da Região Demarcada do Douro, a sua paisagem e arquitetura não deixam por quem lá passa indiferente.

Ainda no distrito de Viseu, com cerca de 1100 habitantes e a 923 metros de altitude, tem como monumento mais conhecido o seu imponente o castelo. No entanto não faltam outros lugares a visitar numa região que, aos poucos, vai conquistando o seu espaço no turismo interno.

O que fazer em Penedono

Visitar o castelo

No centro da vila de Penedono destaca-se o seu imponente castelo medieval, cuja construção remonta ao ano de 960.

O Castelo de Penedono, também conhecido como Castelo do Magriço, é uma fortaleza militar imponente, que serviu como palco de lutas ao longo do século XI. Esteve nas mãos de cristãos e em mãos islâmicas, e posteriormente dos reis D. Dinis, D. Fernando e D. Manuel I.

Em 1910, foi classificado como Monumento Nacional, e entre 1943 e 1953 sofreu trabalhos de restauro, o que permitiu a boa conservação da obra até aos dias de hoje.

Dentro das muralhas vai ainda encontrar elementos cheios de história, como a cisterna e o caminho de ronda. Não deixe de subir ao seu topo, a quase mil metros de altitude, para apreciar a paisagem.

Aos pés do castelo vai também encontrar o pelourinho, que é Imóvel de Interesse Público desde 1933, e que atrai muitos visitantes.

Ir à Feira Medieval

No início de Julho, a vila de Penedono oferece a miúdos e graúdos uma viagem ao passado, através de experiências medievais.

A Feira Medieval tem lugar no centro histórico e os visitantes têm a possibilidade de assistir a duelos de honra, atuações de bobos e almocreves, enquanto saboreiam a gastronomia local.

O ponto alto é, sem dúvida, o Assalto ao Castelo, onde dezenas de figurantes atuam com rigor histórico pela conquista e defesa do castelo.

Conhecer os Paços do Concelho

Também conhecido por Solar dos Freixos, o Antigo Solar dos Coutinhos, Condes de Marialva, foi construído na década de oitenta do século XX e doado à Câmara Municipal, para ser convertido no edifício dos Paços do Concelho.

Aqui funcionam grande parte dos serviços públicos do Concelho de Penedono. O acesso ao segundo andar é feito através de uma escadaria de pedra, a partir do pátio interior, onde se encontram algumas réplicas de armas de guerra medieval.

Não deixe também de visitar os jardins do espaço envolvente, composto por árvores centenárias.

Vista aérea de Penedono
A vila de Penedono remonta à fundação da nacionalidade

Prove a gastronomia local

O concelho, na sua maioria, vive principalmente da colheita da castanha, e tem como principal mercado, os Estados Unidos da América.

A gastronomia é rica em tudo o que a terra dá, e a simplicidade é chave. Os pratos tradicionais como o bacalhau ou o polvo, passando pela carne, como o cabrito assado no forno, sempre acompanhados de castanhas, são cartão de visita da vila.

A matança do porco, realizada nos meses frios de Inverno, continua a ser uma tradição em Penedono, não só porque junta as populações vizinhas, como as sustenta.

Dê um salto até Marialva

Não deixe de passar pelo concelho vizinho, a Guarda, e visite Marialva, uma das doze aldeias históricas de Portugal.

Marialva está dividida em três principais aglomerados populacionais: a Cidadela que corresponde às construções dentro das muralhas, a Vila que se desenvolveu fora das muralhas e onde os habitantes vivem, e a Devesa que corresponde aos territórios no sopé da montanha e que estão ligados ao pasto dos animais.

Marialva foi um dos principais palcos de guerra portuguesa, e ainda hoje exibe vários marcos, como o castelo.

Miradouro de São Salvador do Mundo

Se ficou com curiosidade não deixe de percorrer a rota das aldeias históricas e conhecer as outras onze aldeias, que têm tanto para ver e visitar.

Termine a jornada em São João da Pesqueira, com a vista sobre o rio Douro, que o Miradouro de São Salvador do Mundo oferece.

O miradouro tem como marca principal o vale do rio e os seus afluentes, originando uma paisagem de grande beleza, complementada pelas enormes encostas, que contrastam com os vinhedos, oliveiras e pomares.

Visitar Penedono é não só a certeza de voltar às raízes portuguesas, como também a certeza de dias de descanso entra a natureza e maravilhosas paisagens.

Veja também