ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Marta Maia
Marta Maia
06 Jul, 2021 - 17:49

Problemas no Multibanco: a quem pedir ajuda?

Marta Maia

A caixa Multibanco não lhe devolveu o cartão? As notas que pediu acabaram recolhidas? Saiba como resolver os problemas no Multibanco mais comuns.

Problemas no Multibanco

Os problemas no Multibanco não são muito habituais, mas de vez em quando atrapalham quem tenta realizar algumas operações automáticas. Quando acontecem, é importante saber quem contactar e que tipo de ajuda pode esperar de cada instituição.

Quem gere os problemas no Multibanco?

Antes de mais, importa saber que a SIBS é a entidade gestora das caixas Multibanco em Portugal. Assim, em primeira instância, é esta empresa que responde pela qualidade e segurança dos dispositivos e do software que usam.

Acontece, no entanto, que alguns dos problemas no Multibanco mais comuns estão relacionados com os bancos emissores dos cartões e até podem ser resolvidos nas agências bancárias onde a caixa Multibanco está instalada.

diferença entre ATM e multibanco
Veja também Caixas automáticas: afinal qual é a diferença entre ATM e Multibanco?

Como resolver os problemas mais comuns no Multibanco

São vários os problemas no Multibanco que pode ter de enfrentar enquanto utilizador. Se algum deles lhe acontecer, faça por manter a calma e por tentar identificar as causas do problema que ocorreu.

Em situação nenhuma abandone a caixa Multibanco sem confirmar que o seu cartão / dinheiro / talão não vai mesmo sair, para não ficar vulnerável a roubos ou fraudes.

O ideal é mesmo pedir ajuda quando ainda está no local e evitar que outras pessoas usem aquele terminal enquanto não falar com os responsáveis do banco.

Levantar dinheiro ATM
1

A caixa Multibanco não devolve o cartão

São vários os motivos pelos quais o seu cartão pode ficar “sequestrado” pela caixa Multibanco: excedeu as tentativas de acertar no PIN; o seu cartão expirou ou está inválido, o seu cartão está em lista negra, ou o banco desconfia de uma utilização fraudulenta do cartão.

Sejam estas ou outras as justificações para o terminal ficar com o seu cartão, deve entrar em contacto com o seu banco e relatar o sucedido, para que a instituição avance com as diligências de devolução.

Em alguns casos – por exemplo, quando o seu cartão está expirado -, não há lugar à devolução do cartão que a máquina reteve, mas antes a substituição por um cartão novo que, por motivos de segurança, pode ter um código PIN diferente.

2

O terminal manda recolher o cartão, mas ele não sai

Outro dos problemas no Multibanco que pode enfrentar é a discrepância entre o que a máquina manda fazer e o que consegue, de facto, fazer. Por exemplo, a máquina diz-lhe para recolher o cartão que inseriu, mas ele não está em lado nenhum.

Se isso lhe acontecer, e após aguardar alguns minutos para garantir que o cartão não vai mesmo sair, entre em contacto com o seu banco e alerte para o problema, identificando a caixa Multibanco que está a tentar usar.

Tenha também em atenção que este tipo de comportamento da máquina pode ser um sinal de fraude, por isso seja claro na descrição do problema e preste atenção às indicações do seu banco.

3

Não tirou o cartão a tempo…e foi recolhido

Este não é bem um problema no Multibanco, é mais um bom sinal: as caixas Multibanco têm um sistema de segurança que, após alguns segundos, volta a recolher o cartão se ele não sair da ranhura.

Se um episódio destes acontecer consigo, entre em contacto com o seu banco. Mesmo que o terminal em que isso aconteceu seja de outro banco, as instituições trocam os cartões entre si para facilitar os processos de devolução aos clientes.

4

O valor das notas que saíram é diferente do pedido

A falha na contagem das notas é outro dos problemas no Multibanco com que pode ter de lidar, embora não sejam muitas as vezes que acontece.

Nestas situações, é muito importante guardar consigo o talão da operação e procurar o seu banco para pedir que a situação seja corrigida.

Se não tiver o talão consigo, pode sempre identificar a caixa Multibanco onde a falha aconteceu (dando a localização do terminal e apontando a hora aproximada em que tentou fazer o levantamento), mas conte com um tempo de resolução do problema mais alargado.

Em qualquer dos casos, convém também confirmar antecipadamente se o valor total que tentou levantar foi debitado da sua conta corrente – o sistema às vezes percebe que houve um erro e corrige automaticamente, não sendo preciso intervir junto do banco.

5

Não tirou as notas a tempo e elas foram recolhidas

Tal como acontece com os cartões, as notas têm um tempo limite para serem retiradas da ranhura. Se não forem, a máquina volta a recolhê-las, por questões de segurança.

A parte pior destes episódios é que o valor é mesmo debitado na sua conta, mesmo que as notas voltem para trás. Terá, por isso, de contactar o seu banco para anular o débito ou levantar o valor ao balcão.

Tenha, no entanto, o cuidado de confirmar que as notas voltaram mesmo para trás e que mais ninguém as tirou da ranhura, porque se isso acontecer o banco já não se responsabiliza.

Notas estragadas
Veja também Tem notas estragadas? Saiba o que fazer para trocá-las
Veja também