Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
25 Out, 2019 - 17:40

Sabe quanto paga em impostos por cada 20 litros de combustível?

André Freitas

Quais são os factores que influenciam o preço do combustível? Os impostos têm um impacto elevado? Saiba porque é que o combustível é tão caro em Portugal.

combustível

O preço dos combustíveis tem vindo a subir nos últimos anos. Mesmo com breves diminuições de preço, no geral, o combustível está muito mais caro do que há alguns anos atrás. Mas porque é que o combustível é tão caro?

Esta é a pergunta à qual vamos responder com este artigo. Vamos explicar-lhe como se define o preço final que é pago pelos consumidores e analisar os fatores que influenciam esse valor.

Para facilitar todo o processo, vamos exemplificar estes valores com exemplos reais.

Acreditamos que quase todos, ou mesmo todos, sabem que uma parte considerável desse valor diz respeito a impostos. Mas quais são esses impostos? E qual é o seu valor exato?

Leia o artigo e descubra quanto paga de impostos por cada 20 litros de combustível que abastece.

Porque é que o combustível é tão caro: 5 factores a ter em conta

quanto paga em impostos por 20 euros de combustível

Para conseguir responder a uma das perguntas que, provavelmente, gera maior curiosidade temos primeiro que explicar como se calcula o preço do combustível

Para calcular o preço dos combustíveis, em Portugal, é necessário ter em conta as seguintes variáveis:

  • Preço do produto: quando sai da refinaria, e que corresponde às cotações internacionais do produto
  • Cotação da moeda: euro/dólar
  • Incorporação do biodiesel – no caso do gasóleo
  • Custos de logística: administração, distribuição e comercialização do produto, incluindo a margem de lucro);
  • Impostos: IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado) e ISP (Imposto sobre Produtos Petrolíferos).
O que faz variar o preço dos combustíveis?
Também pode estar interessado O que faz variar o preço dos combustíveis?

Sabe quanto paga em impostos por cada 20 litros de combustível?

Vamos agora passar aos exemplos em concreto, através de simulações no portal Mais Imposto, Menos Combustível.

À data do artigo (Outubro de 2019), um litro de gasolina custa, em média, 1.655€. Ao comprar 20 litros deste combustível, o consumidor pagará 33,10€. Mas sabe exatamente o que está a pagar? Nós dizemos:

  • pela cotação do produto: 10,60€ (32% do valor total)
  • pela administração, distribuição e comercialização do produto: 2,98€ (9% do valor total)
  • pelo biocombustível utilizado no produto: 0,33€ (1% do valor total)
  • pelos impostos: 19,19€ (58% do valor total). Destes, 6.19€ correspondem ao IVA e 13€ ao Imposto sobre Produtos Petrolíferos

No caso de se tratar de gasóleo, e se um litro custar 1.445€, ao comprar 20 litros deste combustível, pagará, no total 28,90€. Este valor é composto por:

  • cotação do produto: 10,34€ (35,8% do valor total);
  • administração, distribuição e comercialização do produto: 3,18€ (11% do valor total);
  • biocombustível: 0,58€ (2% do valor total);
  • pelos impostos: 14,80€ (51,2% do valor total). Destes, 5,4€ correspondem ao IVA e 9,4€ ao Imposto sobre Produtos Petrolíferos.

Através destes exemplos é fácil perceber que os impostos são mais elevados no caso da gasolina, o que acaba por se refletir no preço final pago pelo consumidor.

A percentagem de IVA e ISP a pagar por litro de gasolina representa 58% do valor pago pelo consumidor, enquanto que no caso do gasóleo, a percentagem fica nos 51,2%.

Mais de metade do valor final pago pelos consumidores são impostos. O ISP é, aliás, o imposto mais elevado e que representa um valor substancial no custo final de um litro de combustível.

Agora que já sabe porque é que o combustível é tão caro em Portugal, saiba ainda que em 2018, o ISP rendeu cerca de 3,5 mil milhões de euros ao Estado português.

Este imposto é uma fonte de receita fiscal muito importante, pelo que dificilmente será possível uma diminuição na fatura paga pelos consumidores.

Veja também