Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Graça
Ana Graça
03 Out, 2018 - 13:56

Raça Sphynx: tudo o que deve saber acerca deste felinos

Ana Graça

Os gatos da raça Sphynx são conhecidos pela sua aparência peculiar, em especial pela ausência de pelo, mas há muito mais curiosidades a descobrir!

Raça Sphynx: tudo o que deve saber acerca deste felinos

Os gatos da raça Sphynx, também apelidados de Esfinge ou Canadian Hairless, despertam muita curiosidade devido ao seu visual mais exótico, pela aparente ausência de pelo no corpo e pela pele bastante enrugada. Mas há muito mais a conhecer acerca da raça Sphynx!

Conhece a raça Sphynx?

Gatos de tamanho médio, cujo peso tende a oscilar entre os 3,5 e os 5,5 kg, tanto nos machos como nas fêmeas, são originários do Canadá. Uma mutação genética (do alelo recessivo hr) é responsável pela quase total ausência de pelo que caracteriza estes felinos da raça Sphynx.

A pele dos gatos da raça Sphynx, que pode ter todas as cores e padrões, tende a ser enrugada na cabeça, no corpo e nas patas, sendo lisa no resto do corpo. Alguns pelos finos e dispersos podem ser encontrados, pelo que não são totalmente desprovidos de pelagem.

Apesar da aparência incomum afastar o interesse de algumas pessoas, estes gatos parecem ter características de personalidade capazes de apaixonar qualquer pessoa. Quem convive com estes gatos diariamente descreve-os como arrebatadores, brincalhões, divertidos, vivaços e muito independentes. Tendem a ser bastante sociáveis e a adorar conviver tanto com gatos, como com cães. Nunca recusam mimo, pois são muito afetuosos, e não tendem a manifestar comportamentos agressivos.

são arrebatadores, brincalhões, divertidos, vivaços e muito independentes

Principais características físicas dos gatos da raça Sphynx

a) Cabeça

  • Cabeça de tamanho médio, ligeiramente triangular;
  • As maçãs do rosto são proeminentes e a testa achatada;
  • O nariz e o focinho são curtos;
  • Focinho arredondado.

b) Bigodes

  • Habitualmente, estes felinos não têm bigodes;
  • Quando os têm, tendem a ser curtos e bastante dispersos;
  • A ausência de bigodes pode fazer com que estes felinos tenham maiores dificuldades de equilíbrio e menor perceção do espaço envolvente, no entanto, parece não ser uma característica limitativa no seu dia-a-dia.

c) Orelhas

  • Bastante grandes;
  • Sem pelo no interior;
  • Alguns gatos podem ter uma penugem ligeira na parte de trás das orelhas.

d) Olhos

  • Grandes;
  • Os olhos tendem a estar afastados um do outro;
  • A cor dos olhos costuma coincidir com a cor da pelagem.

e) Membros

  • Patas compridas;
  • As patas da frente tendem a ser ligeiramente mais arqueadas;
  • Musculatura bem desenvolvida.

f) Cauda

  • Fina;
  • Com comprimento médio.

Complicações de saúde associadas à raça Sphynx

Algumas das patologias mais frequentemente encontradas nos felinos da raça Sphynx são:

1. Cardiomiopatia hipertrófica

É a doença mais comum em gatos e caracteriza-se pela hipertrofia do ventrículo esquerdo. Tem como consequência o aumento da rigidez ventricular e a redução da capacidade de relaxamento do miocárdio.

2. Problemas de pele

Maior propensão para desenvolver erupções cutâneas, dermatites, fungos e queimaduras solares.

Complicações de saúde associadas à raça Sphynx

Cuidados importantes a não esquecer!

Devido à quase total ausência de pelo no corpo, os gatos da raça Sphynx requerem alguns cuidados especiais, de forma a ter a sua saúde e bem-estar assegurados:

a) Não é aconselhável dar-lhe banho;

b) Todavia, ao contrário da grande maioria das espécies de gatos, os felinos da raça Sphynx transpiram pela pele, daí que seja fundamental limpá-los frequentemente recorrendo, por exemplo, a uma esponja ou a uma luva de banho;

c) As suas peculiares orelhas devem ser inspecionadas e limpas de forma periódica;

d) Os gatos da raça Sphynx têm uma grande sensibilidade à humidade, ao frio e ao calor. Durante as estações mais frias pode ser útil fornecer-lhe alimentos energéticos e nos meses de calor convém evitar a exposição solar e a ocorrência de queimaduras;

e) Devem ser mantidos no interior das casas;

f) Devem alimentar-se de ração própria para a raça. A quase total ausência de pelo requer uma alimentação nutritiva e rica em gorduras, de forma a manter a temperatura corporal;

g) Importa ter em atenção que estes gatos tendem a necessitar de ingerir maiores quantidades de comida, sobretudo nas estações mais frias;

h) Devem ter sempre disponível e acessível água limpa e fresca;

i) O corte regular das unhas com instrumentos próprios para o efeito, a vacinação e a desparasitagem são cuidados que não devem ser negligenciados.

Em suma

Os gatos da raça Sphynx são realmente diferentes da grande maioria dos gatos com os quais estamos habituados a conviver. Foi em 1966, no Canadá, que surgiram os primeiros felinos completamente sem pelo, sendo hoje uma raça perfeitamente estabelecida e reconhecida. Apesar do seu aspeto incomum transparecer para algumas pessoas um temperamento mais frio e menos agradável, os gatos da raça Sphynx são habitualmente muito inteligentes e desenvolvem relações muito especiais com quem deles cuidam dando muita vida à casa onde habitam.

Absolutamente inconfundíveis, estes felinos requerem, como vimos, cuidados de saúde e cuidados ao nível da alimentação e higiene que devem ser respeitados e cumpridos. Para além dos cuidados acima descritos, as visitas ao veterinário devem ser efetuadas de forma rotineira.

Veja também