Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarine Martins
Catarine Martins
28 Jan, 2020 - 12:19

5 dicas infalíveis ao escolher os sapatos para trabalhar

Catarine Martins

Escolher os sapatos para trabalhar ideais parece mais difícil do que realmente é. Não acredita? Continue a ler e surpreenda-se.

Mulher a mudar sapatos para trabalhar

Escolher os sapatos para trabalhar é um passo importante, na hora de decidir o que vestir nos dias da semana, certo?

A verdade é que há empregos que permitem alguma liberdade, enquanto outros têm um código de vestimenta rigoroso, que não permite ousar nos sapatos.

Contudo, há algumas dicas para escolher o par perfeito que são transversais a todas as áreas profissionais. Por isso, aponte-as e vai ver como é o fim das manhãs de drama, onde nunca sabe o que calçar.

5 Truques essenciais para escolher sapatos para trabalhar

1. Palavra de ordem: conforto

A primeira dica que tem mesmo que seguir quando for comprar ou escolher os sapatos para trabalhar é procurar um par confortável.

Independentemente de passar muitas horas de pé ou de trabalhar maioritariamente sentada, é imperativo que os seus pés não sejam uma preocupação, mantendo-se confortáveis.

Assim, opte sempre por sapatos ou botas de boa qualidade, que sejam exactamente o seu tamanho e que já tenha calçado algumas vezes, para ter a certeza de que se sente bem com eles.

2. Adapte-se ao ambiente de trabalho

O ambiente do seu local de trabalho é muito importante na hora de escolher os sapatos para trabalhar ideais.

Por exemplo, se trabalha numa empresa formal, opte por umas sabrinas em pele, uns mocassins ou uns sapatos fechados de meio salto.

Ao contrário, se trabalha numa empresa em que o ambiente é descontraído e jovem pode usar e abusar dos ténis e experimentar calçado diferente, com cores mais excêntricas. Ou seja, é importante que os seus sapatos se adequem ao ambiente.

Como usar ténis para trabalhar e ter ainda mais estilo
Veja também Como usar ténis para trabalhar e ter ainda mais estilo

3. Calce-se à imagem da sua profissão

A verdade é que a forma como se veste, no seu local de trabalho, é impreterivelmente influenciada pela natureza do negócio e profissão que desempenha.

Se for advogada ou bancária, por exemplo, é legítimo que tenha que usar um coordenado mais sóbrio e, nesse caso, optar por uns oxford shoes clássicos, por uns loafers ou por uns sapatos nude de salto médio, é uma boa solução.

Contudo, se trabalhar num ambiente mais descontraído pode usar o que quiser, de stilettos a ténis, consoante o seu estado de espírito.

Já se tiver como profissão, por exemplo, médica ou enfermeira, o conforto é mesmo a palavra de ordem e tanto pode usar alpercatas como sabrinas ou sapatilhas, consoante aquilo com que se sentir melhor.

4. Cuidado com os saltos

Se é uma mulher que adora saltos altos e não consegue pensar em ir trabalhar sem eles, opte pelos de tamanho médio, com o tacão grosso. Isto porque estes sapatos para trabalhar são muito mais confortáveis, sem descurar a elegância.

5. Seja fiel a si mesma

Por mais que todas estas dicas a ajudem a decidir quais os melhores sapatos para o seu trabalho, nunca se pode arriscar a perder a sua identidade. O que vestimos e, neste caso, calçamos diz muito sobre a nossa personalidade. E, é a personalidade que faz de nós únicos, certo?

Assim, mesmo que o seu trabalho tenha um ambiente bastante formal pode sempre conjugar um fato mais sóbrio com uns sapatos um bocadinho mais ousados, com um pormenor marcante ou um salto mais arrojado.

Onde comprar sapatos para trabalhar?

Hoje em dia é muito fácil encontrar sapatos para trabalhar em lojas como a Zara, a Massimo Dutti, a Eureka ou até a Uterque. Por isso, é tudo uma questão de  dar uma volta e escolher os seus preferidos.

Como vê, escolher os sapatos para trabalhar não tem que ser uma missão difícil. Aproveite as nossas dicas, e separe os sapatos que mais gosta de usar para trabalhar.

Isto vai ajudá-la a perceber quais os pares de sapatos para trabalhar que lhe fazem falta e, assim comprará apenas aquilo de que precisa e que irá, realmente, usar.

Veja também