Nuno Margarido
Nuno Margarido
14 Out, 2016 - 09:35
Sobretaxa de IRS pode não acabar em janeiro

Sobretaxa de IRS pode não acabar em janeiro

Nuno Margarido

António Costa admitiu que sobretaxa de IRS pode não acabar para todos os contribuintes em janeiro.

O artigo continua após o anúncio

“Iremos cumprir, seguramente no próximo ano, o compromisso de eliminar a sobretaxa de IRS. Mesmo que esse compromisso não seja integralmente cumprido no dia 1 de janeiro”, disse António Costa, numa entrevista ao Diário de Notícias e TSF.

Foi em vésperas de apresentação do novo Orçamento de Estado que o próprio primeiro-ministro admitiu a possibilidade de a sobretaxa de IRS não desaparecer para todos os contribuintes já em janeiro. Apesar de tudo, António Costa reiterou que esta vai ser eliminada por completo em 2017.

Apesar de tudo, o chefe do Governo fez questão de relembrar que “a esmagadora maioria dos portugueses neste ano já não foi tributada com a sobretaxa de IRS”. Para além disso, António Costa admitiu ainda orgulhar-se “muito” de ter conseguido “cumprir todos os compromissos” que assumiu, referindo ainda a reposição total dos vencimentos da função pública e de “praticamente” todas as pensões.

Recorde-se que António Costa esteve, durante os últimos dias, numa visita à China, enquanto decorriam em Lisboa as negociações para o Orçamento do Estado para 2017. Sobre o tema que tem estado na ordem do dia, o primeiro-ministro admitiu que “um orçamento é sempre um exercício complexo, dentro do Governo, com os parceiros parlamentares, e este processo não fugiu à regra”.


Veja também: