Ekonomista
Ekonomista
23 Set, 2019 - 11:10
Conheça a lista completa de todos os 'Carros do Ano' desde 1968

Conheça a lista completa de todos os ‘Carros do Ano’ desde 1968

Ekonomista

Confira a lista completa de todos Carros do Ano desde 1968. Saiba no que consiste o prémio, quais as entidades envolvidas e qual o recente veículo eleito.

O artigo continua após o anúncio

Fique a conhecer a lista completa dos Carros do Ano desde 1968. O evento ocorre anualmente e distingue aquele que os jurados acreditam ser um carro único, que conquista por um conjunto de requisitos, ligados à sua potência, design, acabamento e inovação.

O prémio é estabelecido na Europa pela organização Car of the Year e ocorre já desde o ano de 1964. Este é um evento que pretende igualmente destacar o mérito às demais construtoras de automóveis.  Através de um carro distinguido, acaba-se também por estabelecer um voto de confiança entre consumidores (condutores) e construtores.

Anteriormente reduzida a uma lista de 7 candidatos a Carro do ano 2019, o Car of The Year foi finalmente reduzido a um vencedor. Conheça o automóvel que conquistou mais recentemente o júri e fique também a conhecer a lista de todos os Carros do Ano desde 1968.

Lista completa de todos os Carros do Ano desde 1968

1968 – NSU Ro 80 (197 pontos)

1969 – Peugeot 504 (119 pontos)

1970 – Fiat 128 (235 pontos)

1971 – Citroën GS (233 pontos)

1972 – Fiat 127 (239 pontos)

O artigo continua após o anúncio

1973 – Audi 80 (114 pontos)

1974 – Mercedes-Benz 450S (115 pontos)

1975 – Citroën CX (229 pontos)

1976 – Simca 1307-1308 (192 pontos)

1977 – Rover 3500 (157 pontos)

1978 – Porsche 928 (261 pontos)

1979 – Simca-Chrysler Horizon (251 pontos)

1980 – Lancia Delta (369 pontos)

O artigo continua após o anúncio

1981 – Ford Escort (326 pontos)

1982 – Renault 9 (335 pontos)

1983 – Audi 100 (410 pontos)

1984 – Fiat Uno (346 pontos)

1985 – Opel Kadett (326 pontos)

1986 – Ford Scorpio (337 pontos)

1987 – Opel Omega (275 pontos)

1988 – Peugeot 405 (464 pontos)

O artigo continua após o anúncio

1989 – Fiat Tipo (356 pontos)

1990 – Citroën XM (390 pontos)

1991 – Renault Clio (312 pontos)

1992 – Volkswagen Golf (276 pontos)

1993 – Nissan Micra (338 pontos)

1994 – Ford Mondeo (290 pontos)

1995 – Fiat Punto (370 pontos)

1996 – Fiat Bravo and Brava (378 pontos)

1997 – Renault Mégane Scénic (405 pontos)

1998 – Alfa Romeo 156 (454 pontos)

1999 – Ford Focus (444 pontos)

2000 – Toyota Yaris (344 pontos)

2001 – Alfa Romeo 147 (238 pontos)

2002 – Peugeot 307 (286 pontos)

2003 – Renault Mégane (322 pontos)

2004 – Fiat Panda (281 pontos)

2005 – Toyota Prius (406 pontos)

2006 – Renault Clio (256 pontos)

2007 – Ford S-Max (235 pontos)

2008 – Fiat 500 (385 pontos)

2009 – Vauxhall/Opel Insignia (321 pontos)

2010 – Volkswagen Polo (347 pontos)

2011 – Nissan Leaf (257 pontos)

2012 – Chevrolet Volt/Opel/Vauxhall Ampera (330 pontos)

2013 – Volkswagen Golf(414 pontos)

2014 – Peugeot 308 (307 pontos)

2015 – Volkswagen Passat (340 pontos)

2016 – Opel/Vauxhall Astra (312 pontos)

2017 – Peugeot 3008 (319 pontos)

2018 – Volvo XC40 (325 pontos)

2019 – Jaguar I-Pace (250 pontos)

Revistas organizadoras

O prémio COTY (Car of the Year) conta com a representação de 7 países, pela participação dos seus jornalistas da imprensa automóvel. Localmente, a organização representante de cada uma das revistas especializadas na área, escolhe os automóveis finalistas a serem votados.

Esta seleção dá origem a 7 indicações, um por cada país. Desta forma, o prémio Carro do Ano conta com as seguintes revistas como organizadoras e premiadoras:

Vencedor do prémio Carro do Ano 2019

Jaguar i-pace

O automóvel vencedor do aclamado prémio Carro do Ano 2019 foi revelado no Salão de Genebra 2019 (Geneva Motor Show). O prémio COTY foi atribuído ao Jaguar I-Pace.

Se por um lado, assumia-se que este modelo, enquanto candidato ao prémio, era bastante inovador, foi esse mesmo critério e mérito por parte de toda a conceção do I-Pace que fez conquistar os jurados.

A Jaguar escolheu o setor dos crossovers para se estrear no domínio dos automóveis elétricos, ao mesmo tempo que definira um novo rumo para a marca.

Com 250 pontos, os jurados afirmaram que o que mais os surpreendeu neste crossover foi efetivamente a sua inovação no ponto de vista deste conferir quase 500 km de autonomia e apresentar soluções engenhosas, quer em termos estrutural do modelo quer em termos do design final apresentado.

Este Jaguar elevou a demanda dos SUVs refinados da marca e acentuou que os mesmos serão a próxima aposta corrente com base na necessidade de introduzirem mais carros com zero emissões dentro gama.

Conheça algumas das opiniões dos jurados face ao I-Pace

“Eu vou lembrar do I-Pace como o primeiro BEV (carro a bateria elétrica) que nos mostrou o que um carro elétrico pode realmente fazer.”

“Um carro muito refinado que fará viagens descontraídas com uma condução formidável de alta performance

“O I-Pace é bom em curvas na estrada, bem como em terrenos difíceis, graças ao eficiente sistema de tração integral.”

“O ponto de baixo centro de gravidade e os poderosos motores elétricos tornam o I-Pace melhor para conduzir do que a maioria dos carros tradicionais.”

“O I-Pace comprova que a Jaguar está no seu melhor ao não tentar seguir as marcas premium alemãs.”

“O veículo mais inovador entre os finalistas do COTY”

“O primeiro SUV totalmente elétrico premium a chegar ao mercado é um exemplo avançado de estilo e tecnologia.”

“A mobilidade elétrica ganhou um senso de diversão.”

Caso esteja curioso em assistir à cerimónia da apresentação dos prémios COTY 2019, pode ver ou rever aqui.

Importa ainda referir que existe também um prémio mundial atribuído, designado por WCOTY (World Car of the Year). A lista está agora reduzida a 3 candidatos e o vencedor será revelado no dia 17 de Abril de 2019.

Por enquanto, conheça os 3 candidatos ao título de World Car of the Year : Audi e-tronJaguar I-Pace e Volvo S60/V60.

Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp