Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
21 Ago, 2020 - 11:41

Viana do Castelo: a cidade onde bate o coração do Alto Minho

Márcio Matos

O coração de Viana do Castelo é símbolo nacional e assenta bem a esta cidade. Conheça este destino minhoto e deixe-se enamorar pelos seus encantos.

Igreja de Santa Luzia em Viana do Castelo

Viana do Castelo fica no Alto Minho e é uma cidade repleta de muitos encantos e de pequenos tesouros que deixam qualquer um maravilhado. O seu património natural é impressionante, havendo ainda um património histórico e monumental que torna esta cidade especial.

Por isso, conhecer Viana do Castelo é deixar-se envolver pela sua história, pela sua cultura e pelas suas tradições. Por isso, faça como a canção e cumpra o desígnio de que “Havemos de ir à Viana”…

Viana do Castelo: o que ver e visitar?

Panorâmica de Viana do Castelo

Há muito para ver e visitar em Viana do Castelo e os amantes da Natureza, por exemplo, encontrarão vários espaços para conhecer e também muitas paisagens com que ficar deslumbrado.

Recomenda-se uma ida à Marina de Viana do Castelo, com o porto de recreio próximo da intrigante ponte metálica Eiffel, tendo como fundo o belo rio Lima.

O centro histórico reúne diversas influências artísticas, havendo vários sítios por onde passear e por onde deixar caír os olhos… Há íncriveis exemplares do estilo Manuelino, Barroco, Art Deco, havendo ainda dos melhores exemplares nacionais da arte do azulejo.

Basílica de Santa Luzia

A Basílica de Santa Luzia (século XX) exige uma visita demorada ou não se se tratasse de um dos monumentos nacionais mais emblemáticos.

A construção deste templo arrancou em 1904, estendendo-se até 1959. A autoria é do arquiteto Miguel Ventura Terra, tendo-lhe sucedido o arquiteto Miguel Nogueira, após o falecimento do seu mestre em 1919.

A tipologia arquitetónica é de inspiração românico-bizantina, integrando-se na arquitetura revivalista que marcou a viragem de século. As suas imponentes rosáceas são as maiores da Península Ibérica e as segundas maiores da Europa.  

Pode-se subir ao Monte de Santa Luzia de funicular (elevador), de viatura ou através do escadório. Deste local domina-se um importante trecho do Vale do Lima e uma grande parte da orla marítima, a norte e a sul do estuário do rio, assim como a verdejante serra.

Senhora da Agonia

A Igreja da Senhora da Agonia (século XVIII) também tem uma importância histórica relevante, pelo que se torna um espaço de visita imperdível.

Embora haja registos de o local ser de culto desde meados do século XVII, é durante o século XIX que a igreja sofreu várias intervenções e ampliações, incluindo a construção da atual escadaria central. No interior, a nave apresenta uma planta octogonal, com a capela-mor no seu enfiamento.

Os retábulos e o púlpito estão decorados com a chamada «talha gorda» bracarense, da autoria . A tribuna representa o cenário do Calvário, com a imagem de Nossa Senhora da Agonia no cimo. Podem admirar-se vários quadros a óleo com retratos de evangelistas e cenas da Paixão de Cristo, da autoria do pintor italiano Pascoal Parente, bem como um órgão setecentista. O mais antigo ex-voto data de 1733.

Vista sobre o Santuário de Santa Luzia em Viana do Castelo

Museus e espaços culturais

O Museu de Artes Decorativas é uma referência cultural de Viana do Castelo. Quem visitar a cidade até final do mês de agosto, poderá ver o “Tapete da Ribeira”, um tapete florido da Ribeira, com 12 metros de comprimento e 2,5 metros de largura. Ele está presente no pátio interior do Museu de Artes Decorativas e serve de homenagem à tradição da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia.

O Museu do Traje é outra atração bastante interessante. Ele está localizado no centro histórico da cidade e dá a conhecer a vasta riqueza etnográfica dos tradicionais trajes vianenses.

O Navio-Hospital Gil Eanes foi construído em Viana do Castelo, em 1955, servindo hoje de Núcleo Museológico e Pousada da Juventude. É, portanto, um local memorável que vale a pena ficar a conhecer. Ele é, seguramente, um dos polos de atração de Viana do Castelo, recebendo muitos visitantes ao longo de todo o ano. 

Artesãos

O Coração de Viana é um símbolo local e nacional e a arte em filigrana é um motivo de orgulho para Portugal, mas o talento das gentes de Viana pode ainda ser confirmado pelos artesãos que fazem os Bordados Certificados de Viana do Castelo.

As mulheres de Viana embelezam as toalhas e outros panos destinados a momentos festivos, com flores estilizadas, elementos vegetais, entre outras inspirações.

Romaria da Senhora D’Agonia

Em 2020, a  incomparável e magnífica Romaria d’Agonia de Viana do Castelo acontece, mas num contexto diferente que impõe novas regras. A pandemia de COVID-19 impede que esta festa emblemática da cidade do país decorra da forma habitual.

Ainda assim, entre 19 e 23 de agosto, a Romaria d’Agonia 2020 vai ser vivida, mas em formato digital, celebrando-se a sua história, a qual está intrinsecamente ligada à história da própria Igreja d’Agonia.

Confira o programa das festividades e saiba mais aqui.

Aldeia de Lindoso no Gerês
Veja também Guia essencial para uma escapadinha no Gerês

viana do castelo: onde comer e dormir?

O que comer?

O “prato-ícone” de Viana do Castelo é o “Bacalhau à Viana”. Esta é uma criação gastronómica rica em sabores com que se identifica a cidade e as suas gentes. Alguns restaurantes maravilhosos, onde pode provar este petisco local são:

  • O Pescador (Largo de S. Domingos, nº35);
  • O Pipo, (Rua Prior do Crato, nº68);
  • Os 3 Potes (Beco dos Fornos, nº9);
  • Sr Bife Restaurante (Praça da Liberdade, Loja A5).

As “Bolas de Berlim do Natário são as melhores do mundo”. Por isso, aproveite para as experimentar, pois elas estão à venda precisamente em Viana do Castelo. Pode dizer-se que elas são tão famosas, quanto deliciosas e só precisa de ir à Pastelaria Cafetaria Natário (Rua Manuel Espregueira, nº37) e (com)provar por si próprio!

Cada bola de Berlim custa 1,10€ e difícil é mesmo ficar-se só por uma!…

Onde dormir?

Um local icónico da cidade é o seu Hotel Fábrica do Chocolate. Este espaço proporciona uma experiência maravilhosa, principalmente para os fãs de chocolate, já que ele coloca à nossa disposição todo um mundo feito de… chocolate!

A Fábrica do Chocolate integra um espaço com Hotel, Restaurante e Museu, três espaços inteiramente dedicados ao chocolate, onde podemos descobrir as origens do chocolate e a sua história. Há curiosidades que o deixarão… de boca aberta!

Portanto, aproveite para colocar dentro dela (da boca) muitos dos produtos lá presentes, os quais têm sabores inesquecíveis e que o farão fechar os olhos de satisfação! Um espaço encantador que fará o dia quer de miúdos, quer de graúdos!

Saiba mais, aqui.

Coração de ouro de Viana do Castelo

“Roteiros de Viana”

Sabia que há uma aplicação móvel “Roteiros de Viana? Nela pode conferir diversos roteiros da cidade e encontra toda a informação de que precisa para viver uma experiência única memorável!

Pode realizar o download da app no Google Play ou na Apple Store.

Veja também