ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Teresa Campos
Teresa Campos
17 Abr, 2022 - 20:01

Comeu de mais na Páscoa? 9 chás para combater os excessos

Teresa Campos

São muitos doces e muita comida. Basicamente, o Natal é época de muita fartura. Por isso, vai precisar destes chás para combater os excessos.

Os almoços e lanches da Páscoa regressaram após dois anos de festejos comedidos. Será que abusou à mesa? As delícias preparadas para as refeições e as doçuras tão tradicionais desta época são irresistíveis, já sabemos. Por isso, é bom ter à mão alguns chás para combater os excessos alimentares.

Festas: chás para combater os excessos alimentares

Chá de alcachofra e dente de leão (digestão difícil, gases, enfartamento e obstipação)

Os chás de alcachofra e de dente de leão facilitam a digestão, mesmo das refeições mais pesadas, pois estimulam a produção de saliva e de suco gástrico.

Além disso, melhoram também o funcionamento do fígado e da vesícula biliar na digestão das gorduras, uma vez que provocam o aumento da produção de bílis, combatendo ainda a obstipação. São desintoxicantes e diuréticos.

Chá de erva de príncipe (azia)

Este chá é muito agradável, principalmente para os apreciadores de limão. Por isso, pode bebê-lo mesmo durante as refeições. A sua ação antiespasmódica no tubo digestivo permite combater a indisposição e a azia.

Diferentes chás diuréticos
Veja também 5 chás diuréticos que o vão deixar a sentir-se mais leve

Chá de gengibre (enjoo)

O chá de gengibre ajuda na digestão, ao mesmo tempo que contribui para o tratamento e prevenção dos enjoos. Se gostar, junte canela, pois também é termogénica, acelerando o metabolismo.

Chá de lúcia-lima e hortelã-pimenta (cólicas abdominais)

A combinação destes dois chás ajuda a pôr fim às dores de estômago e intestino, reduzindo os espasmos musculares. Se preferir, também pode usufruir dos benefícios, bebendo-os isoladamente. A hortelã combate o inchaço, a azia e a flatulência.

Diferentes chás diuréticos

Chá verde, cavalinha e pés-de-cereja (retenção de líquidos)

Isoladas ou combinadas, estas ervas estimulam a eliminação de líquidos, através da urina. Outra vantagem é que, ao contrário do que acontece com a toma de diuréticos, no caso destes chás não há perda de sais minerais

Os três chás são, ainda, particularmente indicados em caso de edema, mais exatamente, pernas ou pés inchados, pois tem uma forte ação drenante, oferecendo uma sensação de maior leveza. A cavalinha, por exemplo, tem uma ação anti-inflamatória e desintoxicante.

Chá de hibisco (retenção de líquidos e digestão)

Além de outras vantagens, este chá queima gordura corporal, melhora a digestão e evita a retenção de líquidos, graças à sua ação diurética, digestiva, laxante, antioxidante e termogénica. Ao acelerar o metabolismo, também facilita a perda de peso.

Chás diuréticos de hibisco

Chá de lavanda (diurético e digestão)

Entre outros benefícios, a lavanda tem propriedades diuréticas que ajudam na eliminação de substâncias nocivas ao organismo, além de estimular a digestão.

Chá de ananás com hortelã (diurético e digestão)

O ananás e a hortelã resultam num chá com propriedades diuréticas e digestivas, contribuindo para a eliminação de líquidos e para a redução da sensação de barriga inchada. Basta juntar a 1 litro de água fervente as cascas de meio ananás.

Chá de rooibos (desintoxicante)

Além de uma ação desintoxicantes, este chá ainda controla os níveis de açúcar no sangue. É ainda uma bebida cheia de antioxidantes e minerais.

Sabemos que nem sempre moderação é a palavra de ordem. Se comeu (e bebeu…) um pouco mais do que é habitual, aposte nesses chás para balancear os efeitos dos excessos comuns às ocasiões festivas.

Veja também