Luísa Santos
Luísa Santos
06 Ago, 2019 - 14:55
Dicas sobre como acelerar o seu Windows

Dicas sobre como acelerar o seu Windows

Luísa Santos

Com pequenas técnicas, chega lá facilmente. Acelerar o seu Windows é algo que pode fazer a partir de casa de forma mais simples do que imagina.

O artigo continua após o anúncio

Não precisa de ir a correr para uma loja de reparação se notar que o seu computador está cada vez mais lento. A verdade é que, com o passar dos anos e com o tempo de utilização, esse tipo de dispositivos tende a demorar cada vez mais no tempo de resposta, mas há várias formas de solucionar o problema. Acelerar o seu windows é simples.

As 10 melhores maneiras para acelerar o seu Windows

homem usa computador windows

1. Remova os programas que arrancam ao iniciar

Quando liga o computador, há uma série de programas que se iniciam com ele e o mais provável é que nem dê conta disso. Após a instalação, a maior parte dos softwares tem, como predefinição, iniciar ao mesmo tempo que o computador, fazendo com que este demore ainda mais tempo a arrancar. E isto não ajuda nada quando quer acelerar o seu Windows.

Tudo o que precisa de fazer é de remover aqueles programas que não precisa que iniciem assim que o PC liga. Para isso, procure na barra inferior do Windows uma seta vertical, na qual deve carregar para ver quais os softwares que estão abertos nesse momento. Remova aqueles que não precisa e aceda ao Task Manager para impedir que a situação se repita novamente.

2. Desfragmente o disco rígido

Passe esta dica à frente caso tenha um computador Windows com um disco SSD. Os discos SSD e os HDD comportam-se de forma diferente e, como tal, não há necessidade de desfragmentar o primeiro. Caso tenha um disco mais antigo, utilize programas como o O&O Defrag, por exemplo, para que a performance do seu computador melhore a olhos vistos.

3. Faça um scan no antivírus

É altamente recomendável que tenha instalado um software antivírus para que tenha total controlo sobre o sistema. São muitos os casos em que pequenos malwares se instalam nos computadores sem aviso prévio, e sem que o utilizador perceba. Nesses casos (e não só), fazer um scan é o melhor conselho que lhe podemos dar.

4. Ajuste a quantidade de memória virtual utilizada pelo Windows

Normalmente, essa quantidade vem definida de fábrica, pelo que são poucas as pessoas que verificam este campo que, de facto, pode ser uma das razões pelas quais o seu computador está tão lento. Esta situação acontece, sobretudo, nos computadores que não têm tanta memória RAM quanto isso e que, portanto, precisam de um ajuste manual:

  1. Aceda às Definições do Windows e escolha a opção “Performance”;
  2. Selecione a opção “Ajustar a aparência e performance do Windows”;
  3. Carregue em “Definições Avançadas” e, depois, em “Alterar”;
  4. No menu abaixo, serão apresentados os valores recomendados e aqueles que estão a ser utilizados atualmente;
  5. Se o valor recomendado for inferior, clique em “Definir automaticamente o tamanho do arquivo de paginação para todas as unidades” e, de seguida, em “tamanho personalizado”;
  6. Introduza o valor recomendado e guarde as alterações.
mulher usa computador windows

5. Diminua (ou exclua) os efeitos visuais

Em computadores mais antigos, não faz sentido ter a quantidade de efeitos visuais a acontecer no sistema com tanta regularidade. Pode diminuir os mesmos, ou até ajustá-los automaticamente, nas definições avançadas do seu computador Windows.

6. Volte a instalar o Windows

Remover totalmente o sistema operativo e voltar a instalá-lo pode ser uma mais-valia, isto porque são eliminados todos os softwares que não usa, para além de ficheiros retidos na memória e eventuais malwares.  Pode fazê-lo diretamente a partir das Definições e manter conteúdos como vídeos e fotografias, ou fazer uma formatação completa, mas aconselhamos a que faça um backup antes. Verá que consegue logo acelerar o seu Windows.

O artigo continua após o anúncio

7. Atualize as aplicações e drives

São muitas as vezes em que os computadores ficam mais lentos por não terem todas as componentes devidamente atualizadas, já que essas muitas vezes causam bugs de funcionamento e, por isso, precisam de atualização. Confirme nas definições do Windows de todas as aplicações estão atualizadas, mas não se esqueça das drivers.

Caso tenha dispositivos como impressoras ou webcams ligadas ao computador, certamente precisou das respetivas drives para esses funcionarem e é importante que as atualize. Programas como o Driver Booster Free fazem todo o processo por si (desde verificar se existem atualizações até à instalação das mesmas).

8. Faça uma limpeza ao disco

A probabilidade de ter programas instalados que já não utiliza, para além de ficheiros e documentos que não precisa, é muito elevada e só contribui para que a performance do computador seja cada vez pior. Faça uma limpeza ao disco e confirme, caso a caso, tudo aquilo que quer eliminar.

9. Instale programas mais rápidos

Esta dica aplica-se a tudo aquilo que tem instalado no computador. Se, por exemplo, usa o Internet Explorer, substitua-o pelo Google Chrome. Se utiliza a suite do Microsoft Office, opte por uma das melhores alternativas a esse software, como é o caso do LibreOffice (que ocupa muito menos espaço).

10. Substitua alguns componentes

Como é o caso da memória RAM ou do próprio disco rígido. Aumentar a capacidade de memória ou substituir um HDD por um SSD são incrementos muito úteis e que fazem o computador funcionar muito mais rapidamente e há mais upgrades que pode fazer. Acelerar o seu Windows não é um bicho de sete cabeças.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp