Marta Maia
Marta Maia
16 Ago, 2019 - 08:00
Como e porquê fazer a contagem da luz e da água

Como e porquê fazer a contagem da luz e da água

Marta Maia

Aprenda a fazer a contagem da luz e da água e saiba quais as vantagens (para si) em ajudar os fornecedores a fazer as contas.

O artigo continua após o anúncio

É cada vez mais comum os consumidores ajudarem os fornecedores de energia e água a fazerem as contas no final do mês. Entregar, regularmente, a contagem da luz e da água é uma ajuda a quem fornece o serviço, mas também tem grandes vantagens para quem o consome. Descubra-as.

As vantagens de fazer a contagem da luz e da água

contagem da luz e da agua

Entregar, por iniciativa própria, a contagem da luz e da água é o primeiro passo para um orçamento familiar mais estável, sobretudo se viver numa zona periférica e não numa grande cidade.

O motivo é simples: com tantos milhões de clientes e um igual número de contadores espalhados por todo o país, é praticamente impossível para as empresas fornecedoras de energia e água anotar, todos os meses, os consumos de toda a gente a tempo de emitir as respetivas faturas.

A forma que estas empresas têm de contornar o problema da contagem da luz e da água é tudo menos vantajosa para o consumidor: elas analisam os consumos passados e, com base neles, estimam os consumos atuais. Simplificando um pouco, deduzem que as famílias gastam sempre a mesma quantidade de eletricidade ou de água, e cobram algumas mensalidades baseadas não no consumo real, mas num consumo estimado.

O problema destas estimativas é que elas nunca correspondem aos consumos reais, ou seja, as empresas nunca acertam na matemática. O resultado são os acertos: quando os funcionários das empresas vão a casa dos consumidores consultar os contadores, anotam o consumo real e detetam as discrepâncias.

Nesse mês, o consumidor vai ter uma surpresa: ou vai pagar o que consumiu e ainda tudo o que gastou e não foi cobrado nos meses anteriores, ou vai perceber que andou meses a pagar muito mais do que aquilo que consumiu. Em qualquer dos casos, não é uma novidade agradável.

Se entregar a contagem da luz e da água, no entanto, o consumidor protege-se das estimativas, porque diz às empresas fornecedoras quanto consumiu realmente. Vai, por isso, pagar apenas o que gasta e deixar de ficar à mercê de cálculos duvidosos.

Como fazer a contagem da luz?

contagem da luz e da agua

Para fazer a contagem da luz ou da água vai precisar, primeiro, de descobrir a plataforma de comunicação com o seu fornecedor. Na maioria dos casos existe uma aplicação que pode instalar no telefone, mas também há empresas que permitem a comunicação das contagens nos sites da internet. Confirme com os seus fornecedores qual a melhor opção para si.

O artigo continua após o anúncio

Uma vez encontrada a plataforma, só tem de aprender a “ler” o que o seu contador diz. Aqui o processo não é difícil, mas difere consoante o modelo do seu aparelho.

Num contador inteligente

O contador inteligente, que é o mais recente, está em contacto permanente com a operadora e por isso não há necessidade de ir consultar as contagens. Vai ser sempre cobrado pelo consumo real, mesmo que não tenha sido visitado por nenhum técnico.

Num contador eletromecânico

Anote todos os números que estão à esquerda da vírgula. Ignore todos os números que estão à direita da vírgula ou assinalados a vermelho.

Não se esqueça de anotar os consumos das horas de vazio, ponta e fora de vazio, caso tenha uma tarifa bi-horária ou tri-horária.

Num contador estático

Nestes contadores, o ecrã vai mostrando várias sequências de números. Observe o contador e espere até identificar, no ecrã, a informação com a data e depois a hora. Após a indicação da hora, o contador vai começar a dar-lhe os dados que precisa, pela ordem certa: o consumo na hora de vazio, na de ponta e na de cheia.

Num contador híbrido

Nestes contadores tem de clicar no botão de função para aceder aos números da contagem. Ao carregar no botão, os números vão aparecer acompanhados de símbolos: um sol para a contagem das horas de fora de vazio; uma lua para as horas de vazio e um “^” para as horas de ponta.

Ler a contagem da água

contagem da luz e da agua

Tal como faz para ler a contagem da luz, nos contadores da água só tem de anotar os números que estiverem à esquerda da vírgula, ignorando o que estão à direita da vírgula e/ou assinalados a vermelho.

Se se enganar na contagem da luz e da água

Se perceber que comunicou as contagens erradas ao seu fornecedor, deve entrar em contacto com a empresa com a maior brevidade possível. A empresa vai agendar uma visita de um técnico para anotar o consumo real atual do contador e proceder aos acertos na fatura desse mês.

O artigo continua após o anúncio

Nestes casos, prepare-se para uma surpresa: se tiver comunicado consumos em excesso, a fatura deste mês vai ser mais baixa (porque o fornecedor vai creditar o que pagou a mais); se tiver comunicado consumos a menos, a fatura deste mês vai ser mais alta, porque o fornecedor vai cobrar os valores em falta.

Se a diferença for muito grande – quer para menos, quer para mais – existe sempre a possibilidade de acertar as contas aos poucos, dividindo o acerto por várias faturas ao longo dos meses.

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp