Filinto Melo
Filinto Melo
18 Nov, 2021 - 10:46

12 dicas para poupar na fatura de eletricidade

Filinto Melo

A energia está cada vez mais cara e urge poupar na fatura de eletricidade. Conheça formas simples de o fazer, sem implicar grandes mudanças.

Dicas para poupar na fatura de eletricidade

Com o novo ano costumam vir novos aumentos. Um dos primeiros a ser anunciado é o do preço da eletricidade (em cerca de 2,4%). E com a subida generalizada dos combustíveis e da energia, não se pode esperar que a eletricidade escape nos próximos tempos. Por isso, o melhor é assimilar alguns truques para poupar na fatura de eletricidade.

Poupar na eletricidade em casa: 12 dicas

1

Controlo do frigorífico

É o grande consumidor da eletricidade da casa, pode chegar aos 30% da energia gasta, se for um combinado. Por isso, verifique amiúde as borrachas para ver se está bem vedado, evitando as fugas de frio. Evite guardar recipientes de comida ainda quente no frigorífico, vai obrigar a um reforço da refrigeração.

Já agora, Acerte o termostato para não ficar abaixo dos 3 graus, é dispensável e gasta mais. Ideal será à volta de 5 graus. Não esteja sempre a abrir e fechar a porta, gasta mais. Quando chega do supermercado alinhe todos os alimentos e coloque-os no frigorífico de uma vez. O mesmo com o congelador. Abra só o essencial e não deixe aberto. Já agora, vá limpando o gelo que se acumula pois ele vai implicar mais refrigeração para o manter. Seja limpinho.

2

Encha as máquinas de lavar e secar

Também responsáveis pelo peso da fatura da luz são as máquinas de lavar e secar. Por isso, ponha a lavar somente quando estiverem na capacidade máxima. Se tiver tarifas bi-horária ou tri-horária use essas horas para efetuar as lavagens, ou a secagem.

Sempre que possível lave no programa económico ou com a temperatura mais baixa. A 30 ou 40 graus, por exemplo, gastará menos energia e poupará a roupa.

3

Desligue o forno ou fogão minutos antes

Como a placa e o forno se mantêm quentes mesmo depois de desligados, apague-os uns minutos antes do fim da cozedura. No caso do forno, evite abrir a porta várias vezes. Nesta ação perde cerca de 25% do calor acumulado, necessitando de voltar a aquecer.

4

Compre eletrodomésticos classe A, A+ e A++

Já agora, se vai comprar um eletrodoméstico tenha em conta o seu gasto energético, preferindo modelos classe A ou superior. O que pagar a mais na compra será ganho na fatura da energia. No caso das televisões, se comprar uma nova garanta que é de baixo consumo (tecnologia LED ou superior).

5

Isole bem a casa

Depois dos eletrodomésticos, os maiores gastadores são os aquecedores, ventiladores e ares condicionados. No Inverno, a melhor forma de aquecer uma casa é impedir o frio de entrar, por isso mantenha ou melhore o isolamento. Calafete portas e janelas. E abuse dos tapetes e das mantas no Inverno, aproveitando as janelas abertas no verão.

Se não consegue dispensar estes aparelhos, controle a sua utilização. Por exemplo, o ar condicionado gasta muito menos se todos os meses mudar o filtro.

casal em casa
6

Desligue mesmo os aparelhos elétricos

É um dos maiores desperdícios de energia dentro de casa. Por isso, não deixe ficar em stand by os aparelhos, seja o televisor, a máquina de café, a impressora ou o computador. Apesar de estarem em modo suspensão continuam a gastar energia, mesmo que pouca, fica em gasto por várias horas, ou mesmo dias. Pode poupar mais de 20 euros por ano simplesmente desligando. Uma alternativa é utilizar tomadas com botão de corte de corrente, para desligar a box da televisão, por exemplo.

Já o micro-ondas deve manter-se com a porta fechada e o temporizador no zero, ou continua a gastar.

7

Não tenha as luzes acesas

Parece ser uma daquelas coisas que os nossos pais e avós nos diziam, mas continua a ser um belo conselho: se vai mudar de divisão da casa, apague a luz.

8

Não deixe o telemóvel a carregar noite fora

A partir do momento em que o seu telemóvel, ou tablet, está carregado é desnecessário continuar ligado à corrente. Contudo, se deixar, a eletricidade vai continuar a ser gasta. Se não estiver a carregar, retire o carregador da ficha.

9

Diminua o termostato do esquentador

O aquecimento da água também tem a sua dose de consumo de eletricidade. Diminuir o termostato até à temperatura necessária e escolher torneiros e chuveiros eficientes são passos essenciais para poupar na fatura de eletricidade.

Se tiver um termoacumulador, desligue-o quando não estiver a ser utilizado ou coloque um temporizador na ficha.

maquina-de-secar-roupa-consome-muita-energia
Veja também A máquina de secar consome muita energia. Aprenda a usar e poupar
10

Substitua as lâmpadas

Se ainda tiver lâmpadas incandescentes vá trocando por economizadoras ou de baixo consumo (apesar de serem mais caras consomem bastante menos e duram muito mais). Pode poupar 90% no gastos específicos das lâmpadas.

11

Invista em painéis solares

Uma das formas de poupar energia mas que implica um gasto significativo é a colocação de painéis solares. Mas o investimento acabará por ser amortizado, e ainda tem apoios do estado com o programa PAE+S, e pode partilhar parte dessa energia.

12

Procure a melhor tarifa para si

Os preços do mercado da energia variam e perante as várias ofertas pode simular a ideal para si no site da Entidade Reguladora do Setor Elétrico. Por outro lado, se pretender confirmar que tem a melhor tarifa tendo em conta os seus hábitos de consumo (e o período do dia em que utiliza energia) consulte o simulador da Deco. Verá que consegue poupar na fatura de eletricidade.

Veja também