Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
05 Jun, 2019 - 10:03

Côte d’Azur: 7 encantos da riviera francesa

Márcio Matos

A Côte d’Azur ou riviera francesa, como também é conhecida, é considerada uma das regiões mais luxuosas e sofisticadas de todo o mundo! Saiba o que visitar.

Côte d’Azur: 7 encantos da riviera francesa

A Côte d’Azur tem inúmeros pontos de interesse e locais para visitar. Se está a pensar ir até lá, mas não sabe ao certo o que visitar, nem o que ver, então vamos ajudá-lo, propondo-lhe uma série de ideias que vai gostar de conhecer.

Parta à descoberta de uma região repleta de história, património, Natureza e paisagens magníficas. Prontos para explorar tudo a Côte d’Azur tem para oferecer?

7 locais a visitar na Côte d’Azur

Nice

1. Nice

Em Nice, não deixe de explorar a zona antiga da cidade e de visitar o mercado de frutas e flores Cours Salaya (mesmo no pé da montanha). Fundamental é, também, passar pela Praça Masséna, assim como pela icónica Promenade des Anglais.

Entre o porto e a zona antiga de Nice, está o Parc de la Colline du Château, excelente para tirar uma fotos bem bonitas e marcantes. Usufrua das vistas e deslumbre-se com a paisagem desta icónica zona da Côte d’Azur.

2. Mónaco

Este principado fica num cantinho no sudeste de França, na Côte d’Azur, mas a sua influência cultural é impossível de medir. A Praça do Casino, o mosaico geométrico dos apartamentos da Marina e o Palácio dos Príncipes são tudo referências bastante presentes no imaginário de todos nós.

Todos eles remetem para o universo do Jet Set, da Princesa Grace e do mítico Grand Prix. Também muito presente na história deste local está o explorador marítimo Jacques Cousteau, diretor do Museu Oceanográfico durante mais de 30 anos.

3. Èze

A 500 metros acima do mar e a uma curta distância da costa, o cenário desta vila é verdadeiramente extraordinário. A torre ocre da Notre Dame de l’Assomption é um dos seus ícones, visível a grande distância.

A partir desta vila, é possível alcançar vistas incríveis sobre uma pequena baía, o Mediterrâneo e a Côte d’Azur. De passagem obrigatória é, também, o Jardin Exotique, com catos deslumbrantes.

4. La Croisette, Cannes

A elegância e sofisticação de Cannes não é novidade para ninguém e La Croisette é “só” a praia mais agradável da Côte d’Azur, com a sua areia dourada e ondulação tranquila.

No verão, a agitação aumenta e é fácil ver muitos turistas ao longo da marginal, entre o Mediterrâneo e as lojas de moda. Em maio, deve ainda passar pelo Palais des Festivals et des Congrès, onde se realiza o Cannes Film Festival.

nice

5. Saint-Jean-Cap-Ferrat

Perto do topo de Saint-Jean-Cap-Ferrat, encontra-se uma mansão repleta de história. Construída nos princípios do século XX, esta era a casa da família de banqueiros Rothschild e Ephrussi e destinava-se, mais concretamente, a Béatrice Ephrussi de Rothschild.

A villa tem várias vistas sobre o Mediterrâneo; um património riquíssimo de obras de arte e objetos decorativos; e 9 jardins que fazem parte da lista dos jardins mais marcantes de França. Cada um destes jardins tem um tema distinto, desde o jardim japonês (com o seu pavilhão), ao jardim das rosas que se pinta de flores cor-de-rosa, no verão. O interior é o de um verdadeiro palácio, com um gosto setecentista.

6. Le Suquet, Cannes

Esta zona antiga da cidade merece uma visita. As suas ruas estreitas (como a rue Saint-Antoine) estão repletas de edifícios com restaurantes no seu rés-do-chão. No passado, esta região acolhia uma comunidade piscatória.

Por aqui, pode ainda visitar o museu que possui uma coleção eclética de arte primitiva de todo o mundo, artefactos antigos provenientes do Mediterrâneo e vários instrumentos musicais. Perto do museu, a igreja quinhentista também merece uma visita, mas o maior atrativo local é mesmo a fabulosa vista sobre o porto e Croisette.

7. Saint-Paul-de-Vence

Outra das zonas antigas da riviera francesa, Saint-Paul-de-Vence encontra-se a alguns quilómetros do mar. Esta é uma vila medieval muito bem conservada, onde os carros tem várias restrições de circulação. Por essa razão, a nossa sugestão é que calce uns sapatos bem confortáveis e percorra as suas ruas, repletas de galerias de arte e lojas de artesãos locais.

Nesta localidade moraram várias personalidades importantes do século XX, tais como os escritor James Baldwin, o ator Donald Pleasance e o artista Marc Chagall.

Veja também: