ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
31 Jul, 2018 - 11:19

Cruzeiro Régua-Pinhão: um dia diferente e mágico

Mónica Carvalho

O Douro oferece uma paisagem única e incomparável no mundo. Conheça as opções para um cruzeiro Régua-Pinhão e passe um dia mágico.

Cruzeiro Régua-Pinhão: um dia diferente e mágico

Do vinho aos socalcos, às paisagens deslumbrantes, à comida deliciosa: fazer um cruzeiro Régua-Pinhão é testemunhar o melhor que o Douro tem para oferecer e ser feliz assim, com tão pouco…

Um rio que corta o vale de forma sinuosa, a mão humana que soube transformar a paisagem em algo melhor e útil, um vinho que enriquece qualquer mesa no mundo e uma das paisagens mais inesquecíveis do mundo fazem do Douro um local sem comparação em beleza e magnitude.

Fazer um cruzeiro Régua-Pinhão permite-lhe desligar deslizar pelas águas tranquilas do rio, ladeadas pelos socalcos cheios de vinhedos, faz-nos abrir a alma e o espírito para os verdadeiros prazeres da vida. E aqui percebemos: são mesmo os momentos especiais que nos fazem feliz.

4 opções de cruzeiro Régua-Pinhão para todos os bolsos

O Douro é uma das regiões demarcadas mais antigas do mundo e proporciona momentos de puro contacto com a Natureza, como se lhe pertencêssemos. Confira algumas opções de cruzeiro Régua-Pinhão para um dia de sorrisos garantidos.

Porto Douro

Esta empresa realiza o cruzeiro Régua-Pinhão sempre no período da tarde, com embarque no Cais da Régua. O destino final é o Pinhão, passando pela Barragem de Bagaúste, que apresenta um desnível de 27 metros. O regresso à Régua deverá ser por sua conta, sendo que aconselhamos fazer a v iagem de comboio, podendo assim conhecer a bonita Estação do Pinhão, que fica bem próxima do Cais.

Preço: 25€ / crianças até aos 3 anos: grátis / crianças dos 4 aos 11 anos: 12,50€

Ver cruzeiro >>

Roteiro do Douro

Os Cruzeiros Régua / Pinhão / Régua proporcionados pela Roteiro do Douro percorrem um dos mais belos percursos da zona Norte de Portugal. Se não acredita, atente: o Cruzeiro passa pelas pontes da Régua, pela barragem de Bagaúste, Folgosa do Douro, Covelinhas, várias quintas do Douro, entre as quais a Quinta de Santo António, Quinta do Pégo, Quinta do Seixo – onde é produzido o conhecido vinho Sandeman, e a Quinta das Carvalhas junto ao Pinhão. Existem várias opções de cruzeiros, onde pode até almoçar ou lanchar a bordo.

Preço: a partir de 25€

Ver cruzeiro >>

Douro.com

Aproveite as férias de verão ou o fim de semana para desfrutar de uma bela tarde em plena sintonia com o Douro, embarcando num passeio de barco entre a Régua e o Pinhão e, assim, descobrir um dos percursos mais emblemáticos da região vinhateira, repleto de socalcos e paisagens de cortar a respiração. Esta viagem apenas inclui a subida do rio, pelo que a viagem de regresso à Régua deverá ser feito de autocarro ou comboio.

Preço: 30€

Ver cruzeiro >>

Cruzeiros no Douro

Com uma subida e descida de barco pelo Rio Douro, esta empresa propõe-lhe conhecer uma das regiões mais emblemáticas e ricas em cultura e história em todo o mundo. Embarque no Cais da Régua, passe pela Barragem de Bagaúste, delicie-se com um cálice do vinho do Porto e almoço a bordo e só depois chegará ao Pinhão, com calma, seguindo sempre caminho rio acima. Quando chegar ao destino, o Pinhão, desfruta dos pequenos grandes encantos desta vila e aproveite bem o tempo, pois quando chega a hora do regresso, a nostalgia vai tomar conta de si.

Preço: 64€

Ver cruzeiro >>

Sobre o Peso da Régua

regua

Esta região é dona de uma beleza única que enche a alma de qualquer visitante, principalmente para os apreciadores do mundo vinícola. Na verdade, são mesmo as vinhas que despertam de imediato a atenção de quem visita a localidade e essa conexão está bem espelhada no Museu do Douro, que se encontra instalado na Casa da Companhia. É um edifício do século XVIII, que em tempos abrigou um centro de vinificação e armazenamento.

Sobre o Pinhão

pinhao

A bonita vila de Pinhão localiza-se na margem direita do rio, no coração do Alto Douro Vinhateiro onde poderá encontrar muitas das principais quintas produtoras de vinho do Porto. O seu nome deve-se ao facto de estar inserido na foz do rio Pinhão, um dos afluentes do Douro, logo, uma zona aninhada entre os dois rios, o que lhe confere uma beleza de cortar a respiração.

Um dos edifícios mais valorizados na vila é, curiosamente, a estação de comboios, construída durante o século XIX e muito conhecida pelos azulejos representativos da produção do vinho do Porto, desde as vindimas, ao pisar das uvas, sem esquecer o momento do transporte do vinho em barcos rabelo rio abaixo, até às caves em Vila Nova de Gaia.

Veja também: