Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marta Maia
Marta Maia
04 Out, 2019 - 13:40

Datas de pagamento da Segurança Social em outubro

Marta Maia

Conheça agora as datas de pagamento da Segurança Social em outubro, caso a caso, e organize as suas finanças pessoais para este mês.

Já foram anunciadas as datas de pagamento da Segurança Social em outubro e o cenário é semelhante aos outros meses: enquanto uns recebem logo nos primeiros dias do mês, outros têm de esperar quase até novembro para verem o dinheiro cair na conta bancária.

Tal como habitual, também os subsídios de doença, parentalidade e desemprego são pagos em duas parcelas – uma no início e outra no fim do mês. Confira os detalhes.

Datas de pagamento da Segurança Social em outubro

2 de outubro

As primeiras datas de pagamento da Segurança Social em outubro são para os que os beneficiam de pensões e subsídios de doença profissional. Ao dia 2 são processadas as transferências bancárias e a partir do mesmo dia começam a ser enviados os vales de correio, que entretanto podem demorar alguns dias a chegar aos destinatários.

8 de outubro

Ao dia 8 chega a vez dos mais velhos: o complemento solidário para idosos é transferido para os beneficiários que aderiram ao pagamento por transferência bancária.

Há, no entanto, uma boa notícia: os vales de correio, por esta altura, já foram processados – ou, pelo menos, quase todos processados. É que a Segurança Social começa a tratar destes vales no primeiro dia útil do mês, que neste caso é mesmo o dia 1 (terça-feira). O processamento é feito por ordem alfabética, por isso se o seu nome começar por uma das primeiras letras do calendário pode contar com uma boa surpresa mais cedo.

Também os beneficiários da prestação social para a inclusão estão abrangidos pelas primeiras datas de pagamento da Segurança Social em outubro. Ao dia 8 podem contar com a transferência bancária e com as cartas-cheque, que começam a ser emitidas na mesma data.

Criança com deficiência que vai passar a receber PSI
Veja também Prestação Social para a Inclusão alargada a crianças e jovens até aos 18 anos

O mesmo acontece com as pensões da Segurança Social: ao dia 8 são processadas as transferências bancárias, mas os vales de correio começam a ser enviados logo a partir do dia 1, pelo que, por este dia, já a maioria dos beneficiários deverá ter recebido o seu apoio.

16 de outubro

Os beneficiários de prestações familiares que recebem o dinheiro por transferência bancária podem anotar o dia 16 de outubro como dia de receber; os que recebem por vale de correio ou, no caso das ilhas, os que recebem por carta-cheque têm de esperar mais um pouco – estes documentos só começam a ser processados mesmo no dia 16, por isso podem ainda levar uns dias até chegar ao destino final.

Se está doente, desempregado ou a gozar da licença parental, saiba que a data de pagamento da Segurança Social em outubro a partir da qual começa a ser paga a primeira prestação dos respetivos subsídios é dia 16.

A segunda parcela do subsídio chega ao dia 28 de outubro por transferência bancária e pouco depois por carta-cheque, já que as cartas-cheque começam a ser processadas ainda no dia 27.

23 de outubro

Os últimos a constar na lista de datas de pagamento da Segurança Social em outubro são os beneficiários de Ação Social. Estes cidadãos só podem respirar de alívio ao dia 23, que é quando a Segurança Social processa estas transferências bancárias. Os que recebem por carta-cheque, então, ainda têm de aguentar mais um pouco enquanto esperam que os correios lhes entreguem aquilo a que têm direito.

Acelerar o pagamento da Segurança Social

Se os seus apoios da Segurança Social tardam a chegar-lhe às mãos e sente que isso lhe dificulta as contas todos os meses, pondere aderir ao pagamento por transferência bancária.

O pagamento de apoios sociais por transferência bancária é gratuito, cómodo e rápido. Será sempre um dos primeiros a receber o dinheiro na conta (porque o processo é imediato), não tem de ir a lado nenhum levantar cheques e ainda beneficia de maior segurança, já que não passa pelo risco de ser assaltado à porta dos correios.

Para aderir ao pagamento dos apoios por transferência bancária, vá ao portal da Segurança Social na internet, autentique-se e adira aos pagamentos automáticos. Se não se sentir à vontade com este processo, vá a um balcão da Segurança Social e adira pessoalmente ao serviço. Não paga nada e tem mais vantagens.

Veja também