Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Alexandra Nunes
Alexandra Nunes
07 Jun, 2018 - 09:00

Doar roupas: dê nova vida ao que já não veste

Alexandra Nunes

Todos os anos enche um caixote de roupa que já não quer mas nunca sabe a quem ou onde doar roupas? Nós temos uma lista de ideias.

As mudanças de estação são, normalmente, uma boa altura para fazer uma limpeza aos armários e guarda-vestidos. Se quer doar roupas usadas há uma imensidão de opções ao seu dispor.

Facilmente se enche um saco ou caixote com peças que já não servem, que passaram de moda, que estão gastas ou que simplesmente não usa. No entanto, estas roupas podem ser ainda muito úteis para outras pessoas, que não têm dinheiro para comprar e aceitam roupa doada.

Se quiser ajudar pessoas carenciadas oferecendo roupa pode doar de forma mais direta, a associações, ou simplesmente depositando as roupas num contentor de doações.

8 sítios para doar roupas

1. Plataformas online

Se quer doar roupas sem ter grande trabalho, pode contactar a plataforma Dar e Receber e eles resolvem. Só tem que dizer o que quer doar e eles indicam a organização humanitária que precisa desses bens e fazem a ponte.

2. Associações humanitárias

Com frequência, as associações humanitárias fazem recolha de roupa seja para venda de Natal, para dar a famílias carenciadas ou para enviar para projetos internacionais. A Humana Portugal é um bom exemplo disso. A associação tem contentores e lojas (Lisboa e Porto) onde pode doar roupas que já não quer, ou até comprar coisas usadas.

3. Lojas solidárias

As lojas solidárias existem para financiar projetos ou organizações de ação humanitária. Na sua cidade talvez encontre uma. Se se identificar com a causa e quiser ajudar pode doar roupas a estas lojas. Os itens são vendidos a preços muito reduzidos, como peças em segunda mão, e o dinheiro é usado para os projetos.

4. Contentores de doações

Normalmente, junto aos ecopontos encontra contentores de metal destinados a quem quer doar roupas. Estes contentores pertencem a associações de solidariedade social, ou a autarquias, que depois distribuem as doações por pessoas carenciadas.

5. Lojas no shopping

Atualmente, lojas famosas recolhem roupas para lhes dar uma nova vida. Por exemplo, a Zara tem protocolos com associações humanitárias como a Cruz Vermelha e a Cáritas Espanhola para distribuir a roupa doada pelos mais necessitados. As roupas velhas são transformadas em novos tecidos. A H&M também tem uma campanha de retoma de roupa usada, oferecendo vales para descontar numa futura compra por cada saco de roupa que doar.

6. A famílias carenciadas

Tente doar roupas diretamente a famílias carenciadas. Se não conhecer ninguém pessoalmente, pergunte a amigos, familiares ou vizinhos. De certeza que lhe vão indicar alguém e até podem mediar a doação.

7. Casas de acolhimento

Há várias casas de acolhimento para mulheres e crianças que ficariam gratas por receber roupas para os seus utentes. Instituições como as Aldeias de Crianças SOS ou a Ajuda de Mãe têm centenas de mulheres e crianças ao seu cuidado e precisam desse tipo de doações.

8. Igrejas

As paróquias recebem de bom grado doações de roupa, calçado e outros bens, como brinquedos. Os padres, e até catequistas, conhecem bem as famílias carenciadas da comunidade e encaminham as roupas para quem lhes pode dar bom uso.

Veja também